Normandia

Onde ficar na Normandia

A região da Normandia abrange um território de 30 mil km² no noroeste da França (pouco maior que o estado de Alagoas). As atrações estão espalhadas por toda a área, incluindo quase 600 km de litoral. Os locais mais procurados pelos visitantes são o Monte Saint-Michel, as Praias do Dia D, as falésias de Etretat e os Jardins de Monet, em Giverny. Quem deseja viajar por toda a Normandia e visitar várias atrações precisará trocar de hospedagem ao longo da viagem.

A Normandia é muito bem abastecida de hotéis e não será difícil encontrar hospedagem de todos os padrões, qualidade e preço. É possível escolher entre grandes redes hoteleiras, pequenas fazendas em áreas rurais, casas com arquitetura em estilo normando e até incríveis quartos em elegantes châteaux. Certamente, você encontrará o estilo que melhor retrata a sua viagem. E como o automóvel é o meio de transporte mais utilizado para "turistar" na Normandia, vale até experimentar passar um dia em cada cidade, por que não? Elas são pequeninas, charmosas e oferecem atrações únicas. Desprenda-se do hábito de passar todos os dias no mesmo hotel e aproveite tudo o que a Normandia tem a oferecer.

Onde ficar no Monte Saint-Michel 

Localizado a 350 km de Paris, o Monte Saint-Michel é uma das atrações mais visitadas da França. Se você está com tempo sobrando na viagem, não deixe de passar uma noite por lá. A cidade murada é hipnotizante durante o dia, porém é à noite que ela mostra a aura mágica de um vilarejo medieval. E só quem fica por lá poderá ver o espetáculo das luzes com a passagem do pôr do sol para o crepúsculo. É mesmo de emocionar qualquer viajante!

Quem deseja curtir totalmente o Monte Saint-Michel poderá se hospedar dentro da cidade medieval murada. É uma experiência única e absolutamente incrível. Com o cair da noite os turistas se vão e a vila fica apenas para os poucos felizardos que estão hospedados por lá. A oferta de quartos dentro do Monte Saint-Michel é bastante limitada e as vagas se esgotam muito rapidamente. Caso deseje passar uma noite por lá, programe-se com uma antecedência de, pelo menos, três meses. Vale ressaltar que durante os finais de semana e nos dias de maré as hospedagens são ainda mais disputadas.

Seguindo a lei da oferta e procura, se hospedar dentro dos muros não é muito barato. Uma diária sai, em média, por EUR 180. É o preço a se pagar para ter o Monte Saint-Michel praticamente só para você e poder desbravar todas as vielas depois do anoitecer. A experiência é impagável!

É importante ressaltar que não é possível chegar até os pés do Monte Saint-Michel de carro. Todos os veículos ficam estacionados a 2 km da atração, de onde sai um shuttle gratuito. Por isso, sugerimos que a mala seja deixada no carro e que o viajante passe a noite apenas com o necessário, evitando assim carregar muito peso até chegar ao hotel. Todos os hotéis localizados dentro de Saint-Michel oferecem um estacionamento privativo. O custo é pago pelo hóspede e varia de acordo com o tempo de permanência, o preço médio da diária é de EUR 15. Antes de embarcar, solicite ao seu hotel o código que deverá ser inserido na entrada do estacionamento.   

Fora do Monte Saint-Michel também é possível encontrar boas opções de hotéis. A rua que dá acesso ao local oferece várias opções de hospedagem com preços que variam entre EUR 50 e EUR 200. É uma excelente relação custo x benefício para quem deseja passar a noite na região, mas não está disposto a pagar as altas tarifas dentro do muro. A área está a poucos metros do estacionamento público que serve de base para pegar o shuttle gratuito até o Monte Saint-Michel. Não haverá nenhuma dificuldade para se deslocar até lá. O único problema é ter horário para voltar, já que os shuttles não funcionam durante a madrugada. No entanto, a caminhada entre o Monte Saint-Michel e os hotéis é de apenas 2 km. Por isso, quem se hospeda fora dos muros poderá aproveitar igualmente a paz do Monte Saint-Michel depois do cair da noite, com a única diferença de enfrentar uma caminhada na volta para o hotel.  

Na região ao redor do Monte Saint-Michel, há vários pequenos vilarejos que concentram belas propriedades rurais e châteaux, que recebem os visitantes dispostos a vivenciar um pouco da atmosfera campestres da Normandia. Quem não se importar em ficar um pouco mais distante da atração principal, poderá se hospedar cercado de lindas paisagens e experimentar um pouco do modo de vida normando. Seja qual for a opção escolhida, o importante é dar ao menos um pulo no Monte Saint-Michel durante a noite. É, sem dúvida, um dos melhores passeios de toda a região.

Onde ficar nas Praias do Dia D

A região conhecida pelo desembarque das tropas aliadas em 06 de junho de 1944, chamado de Dia D, abrange uma longa faixa do litoral da Normandia. São cinco praias ao todo em 80 km de extensão, que concentram vários sítios históricos, museus e resquícios da Segunda Guerra Mundial. Quem desejar visitar a região com calma, precisará de pelo menos quatros dias, porém dois serão suficientes para conhecer as principais atrações.

Boas opções para quem busca uma base na região do Dia D são as cidades de Bayeux e Caen. A pequena cidade de Bayeux foi a primeira a ser libertada pelas tropas aliadas durante a Batalha da Normandia. Ela está bem no centro das principais atrações das Praias do Dia D, o que permite um deslocamento muito fácil entre todas elas. A cidade também é ponto de partida para vários tours especializados no tema. Apesar de não oferecer muitas atrações, Bayeux é um excelente ponto de apoio para visitar a região. A cidade é pequena, porém oferece bons hotéis e restaurantes.

Outra opção com farta oferta de hotéis é a cidade de Caen. Bem maior que Bayeux, Caen por si só já merece uma visita. Com boa oferta de restaurantes, museus e comércio, ela vai além de cidade dormitório e recebe o visitante para belos dias de passeio. A desvantagem em relação a Bayeux é a localização. Caen está no extremo leste das principais atrações, aumentando assim o tempo de deslocamento para os passeios. Enquanto Bayeux está localizada a 23 km de Omaha Beach (centro das atrações), Caen está a 50 km. Entretanto, diante da qualidade das estradas, a distância não chega a ser um problema.

Ao longo de toda a faixa litorânea há várias opções de hotéis. Caso você esteja de carro, poderá optar também por hospedagens mais baratas em regiões menos visadas pelos turistas. Você poderá encontrar um hotel com linda vista para o mar a preços bem abaixo do que encontraria em regiões mais movimentadas. O preço médio para as praias do desembarque varia entre EUR 40 e EUR 200.  

Onde ficar em Giverny

Apesar de os Jardins de Monet serem mais procurados para passeios de um dia, a região de Giverny onde está a atração é tão bela que vale ficar por lá um pouco mais. Você poderá se hospedar em um dos charmosos hotéis boutique na Rue Claude Monet e assim ser transportado para a realidade onde vivia o pintor impressionista. Repleta de flores, a rua é extremamente aconchegante e permite curtir os jardins-não só os da Fundação Claude Monet-muito mais intensamente. Os hotéis recebem os turistas como se estivem na própria casa e os deliciosos cafés e restaurantes completam a experiência. Quem é apaixonado pelo trabalho de Monet não pode perder a oportunidade de explorar com calma toda a região.

Ficar tão próximo dos sonhos de Claude Monet tem um preço, e ele é bem alto. As hospedagens localizadas na rua que leva o nome do artista se esgotam com meses de antecedência e dificilmente sairão por menos de EUR 130. Além de Giverny, os visitantes encontrarão também hospedagens em Vernon, cidade vizinha onde está a estação de trem que traz os visitantes de Paris.

Onde ficar em Étretat

As falésias de Etretat estão entre as mais lindas paisagens de toda a França. Não se deixe levar pela ideia de que ela merece apenas uma visita rápida. O ideal é permanecer no vilarejo ao menos uma noite. No primeiro dia, você poderá encarar as trilhas que passam pelo alto das falésias, e no segundo, se aventurar pelas praias, caminhando por dentro das passagens criadas na rocha. A cidade é bem aconchegante e pequenina, mas oferece bons hotéis. Alguns até presenteiam os viajantes com a vista para a praia. Os hotéis estão todos concentrados em uma pequena área e em qualquer um deles o turista estará bem localizado. As diárias em Étretat têm preço médio entre EUR 50 e EUR 100. 

Outras cidades da Normandia para se hospedar

A Normandia é repleta de belas cidades e muitas delas merecem mais do que uma visita rápida de poucas horas. Para quem está viajando pela região e deseja uma parada para curtir dias sem obrigações a cumprir, duas excelentes opções são as vizinhas Deauville e Trouville. Localizadas à beira-mar, as duas cidades aliam praia ao romantismo da arquitetura normanda e bons restaurantes. Tanto Deauville quanto Trouville são famosos balneários franceses. 

A arquitetura normanda também está presente em Honfleur. A charmosa cidade portuária guarda características medievais e é um dos melhores polos gastronômicos da Normandia. A cidade está entre as prediletas dos franceses e vive constantemente lotada de turistas. Hospedar-se por lá é como uma viagem no tempo. Honfleur oferece muitas opções de hotéis e é um bom ponto de apoio para visitar Deauville e Trouville. 

A cidade de Rouen, apesar de um pouco afastada das principais atrações da Normandia, também merece uma visita. Famosa por ter sido o local da morte de Joana d’Arc, Rouen oferece aos visitante um lindo centro histórico medieval. A cidade é uma das maiores da Normandia e tem boas opções de hotéis. Dê preferência para hospedagens próximas ao centro histórico, onde se concentram quase todas as atrações. Rouen é uma das raras cidades normandas a ter uma vida noturna agitada, por isso, se você sentir falta de passear à noite, não deixe de se hospedar por lá. 

Esse texto sobre Onde ficar na Normandia faz parte do guia de Normandia no Melhores Destinos

Comentários para Onde ficar na Normandia

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.