Restaurantes em Praga

Basta um giro rápido pelo centro de Praga para entender a importância que a gastronomia tem na cultura local. Isso porque, pelo caminho, é impossível ficar indiferente ao aroma das salsichas e da carne de porco assando na brasa, quanto mais resistir ao trdelník, pão doce assado no espeto, entre outras delícias.

Comida de rua é realmente algo muito comum em Praga e faz parte da experiência do turista que visita a cidade. A boa notícia é que, além de experimentar essas e outras iguarias deliciosas, o visitante gasta menos do que se fosse a um restaurante convencional. Um pão do tipo francês (porém enorme), com salsicha de páprica e mostarda ou ketchup, por exemplo, custa em torno de 70 CZK. Já o trdelník tradicional — sem o recheio de nutella ou sorvete — custa entre 70 e 80 CZK.

Comida-de-rua-na-praca-da-cidade-antiga-praga

Comer nos restaurantes e cafés de Praga, no entanto, também não é nada de outro mundo em termos de preços. Em lugares menos turísticos, paga-se algo em torno de 150 CZK num menu de almoço, já o jantar completo para duas pessoas — em restaurantes próximos a pontos como a Praça da Cidade Antiga e a Ponte Charles — deve custar a partir de 500 CZK, incluindo bebidas alcoólicas.

O que e onde comer em Praga

Visitamos o restaurante Mlejnice pela primeira vez em 2011 e, ao voltar em 2017, constatamos que a comida continuava deliciosa e os preços super em conta, mesmo sendo um restaurante situado na área turística.

Desta vez, esbaldamo-nos com uma coxa de pato assada, com a carne "soltando do osso", acompanhada de bolinhos de batata e chucrute. Para acompanhar a refeição, uma caneca da famosa cerveja Pilsner Urquell (feita na cidade tcheca de Plzeň) e, de sobremesa, strudel de maçã com sorvete. Por essa refeição, desembolsamos 340 CZK, o equivalente a R$ 42,51 na cotação do dia e sem gorjetas (leia mais sobre isso aqui). A dica é reservar antes — por telefone, somente —, porque o lugar é concorrido! Confira aqui o cardápio completo.

Coxa-de-pato-do-restaurante-mlejnice-praga

Outra delícia que você não pode deixar de experimentar na República Tcheca é o goulash, um substancioso e reconfortante ensopado de carne, em geral, servido com bolinhos de pão. Durante nossa estada, experimentamos o do restaurante/cervejaria Mincovna, que fica a poucos passos da Praça da Cidade Antiga. Pela refeição, que ainda teve um steak tartare de entrada, pagamos 390 CZK sem gorjetas, mais ou menos R$ 54. Para fazer uma reserva, clique aqui.

O schnitzel — carne de porco ou vitela empanada, frita e supercrocante — também é popular em vários países da Europa, entre eles a República Tcheca. Em Praga, um bom lugar para experimentá-lo é a U Supa, que se autointitula a cervejaria/restaurante mais antiga da cidade. Pelo generoso (no tamanho) schnitzel de lá, acompanhado de purê de batatas, pagamos 279 CZK — o equivalente a R$ 38 — mais uma caneca de 500 ml de cerveja, que custou 29,50 CZK. Menu completo e reservas aqui

Outros clássicos da gastronomia tcheca, a exemplo do coelho recheado com bacon defumado e das bochechas bovinas ao vinho tinto, são servidas no U Medvídků, cuja cervejaria foi fundada em 1466. Os pratos principais dessa cervejaria e restaurante muito tradicional de Praga custam a partir de 169 CZK (R$23); ao visitar o local, não deixe de experimentar a Budvar original. Menu completo aqui

Caneco-de-cerveja-pilsen-praga

Tortas

Para fechar essa lista de restaurantes com chave de ouro, não poderíamos deixar de mencionar um estabelecimento que pode ser encontrado em vários endereços na cidade e é bem queridinho dos locais. Estamos nos referindo ao Lokal, um lugar que surpreendeu pela qualidade da comida, da cerveja e do ambiente.

No dia em que estivemos no Lokál U Bílé kuželky, em Malá Strana, experimentamos um schnitzel muito crocante e também um steak tartare servido com pão frito e um dente de alho separado, para esfregar no pão. Além disso, as cervejas de lá são um capítulo à parte e costumam agradar a todos os gostos. Reservas no Lokal podem ser feitas por telefone.

Mas se você é um apaixonado por doces, provavelmente vai gostar de conhecer o Café Louvre, aberto em 1902 e que já foi frequentado pelo escritor Franz Kafka e até Albert Einstein. Os cafés e as tortas desse lugar supercharmoso são simplesmente divinas, entre elas a cremosíssima chocolate mousse, porém o café no estilo parisiense também tem um cardápio cheio de delícias da gastronomia local, entre eles o goulash. Menu completo e reservas aqui.

  Torta-de-chocolate-do-cafe-louvre-praga Tartare-de-carne-do-restaurante-lokal-praga Trdelnik-vendido-nas-ruas-de-praga Salsichas-tipicas-no-molho-do-restaurante-u-medvidku Pizza-do-restaurante-pepenero-praga Presunto-do-restaurante-lokal Schnitzel-do-u-supa-praga

Gastronomia mundial

Como toda cidade grande, Praga tem restaurantes das mais diversas partes do mundo, sem contar com grandes redes de fast food. Aqueles que curtem uma boa pizza, não podem deixar de colocar o restaurante Pepenero no roteiro. Situado em Josefov — o quarteirão judeu —, o local também tem massas deliciosas no cardápio, além de uma carta de vinhos bastante completa. Quando estivemos lá, em um dia frio do mês de abril, optamos pela pizza quatro queijos (290 CZK), massa crocante e bastante recheio, e, de sobremesa, um apetitoso tiramissú. Reservas aqui.

Se a intenção é variar completamente o cardápio, também vale a pena conhecer o tailandês Noi: ambiente descolado, bom atendimento e comida deliciosa. Os curries do local são realmente muito saborosos, entre eles o Kang Phed Kai: filé de frango cozido no molho de curry vermelho, com leite de coco e bambu (150 CZK). Outro clássico da culinária tai servido no local é o Phad Thai (220 CZK), macarrão oriental com frango, queijo tofu, ovos, cenoura, entre outros ingredientes. Huuum, deu fome só de pensar! 

Tudo que você precisa saber sobre Praga!

Esse texto sobre Restaurantes em Praga faz parte do guia de Praga no Melhores Destinos

Comentários para Restaurantes em Praga

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.