Transportes em Montreal

Montreal é uma cidade grande, com ótimas áreas para serem exploradas a pé ou de bicicleta, que é um meio de transporte popular entre os moradores da cidade e muito agradável de circular. Quando as distâncias forem longas, utilize o transporte público, que é bom e muito pontual. 

A pé

Embora seja uma cidade espalhada, as caminhadas são uma ótima maneira de conhecer algumas áreas de Montreal, em especial a região antiga da cidade, conhecida por Vieux-Montreal e Centre-Ville (centro). Essas regiões podem facilmente ser conhecidas a pé e concentram vários dos principais pontos turísticos de Montreal.

Quando considerar as distâncias muito longas, utilize ônibus ou metrô. 

Bicicleta

Certamente um dos meios de transporte mais utilizados como forma de locomoção entre os “montrealers”, as bicicletas fazem parte do modo de vida da cidade e são diversas as vias onde há ciclofaixa. Pedalar é realmente muito comum na parte francesa do Canadá e há muitas pessoas que vão para o trabalho de bicicleta ou pedalam de casa até uma estação de metrô para realizar suas atividades diárias. 

Para quem quer alugar uma bicicleta, nossa sugestão é o BIXI Montreal, um sistema de transporte público de bicicletas. O BIXI foi criado para trajetos rápidos e tem mais de 460 pontos de aluguel e postos de autoatendimento em Montreal. Ao chegar a um dos terminais, você deve escolher por quanto tempo pretende alugar sua bicicleta, efetuar o pagamento do valor estipulado para que sua bike seja liberada e, a partir daí, sair pedalando pela cidade. As bicicletas podem ser retornadas para qualquer um dos demais terminais espalhados por Montreal, não sendo necessário devolvê-la no mesmo local em que foi retirada. 

Para mais informações, acesse o site da BIXI Montreal e baixe seu app para usá-lo em Montreal.

Transporte público

O transporte público de Montreal é feito pela STM (Société de Transport de Montréal) e é composto pelos ônibus e metrô. A cidade tem um transporte público eficiente, pontual e que funciona de maneira integrada, ou seja, uma passagem comprada para utilizar o metrô funciona também para completar um trajeto de ônibus. Os tickets têm validade por até 120 minutos a partir do primeiro momento de uso e podem ser comprados no metrô (venda a partir de duas passagens) ou nos ônibus (que só aceitam pagamento em moedas no valor exato, pois não há possibilidade de troco).

Caso queira pagar a viagem de ônibus no próprio ônibus, tenha todo o valor da viagem em moedas e deposite-as em uma urna na área frontal do veículo, onde você irá retirar seu transfer. Em alguns momentos do dia, os vagões e ônibus ficam sobrecarregados, por isso, se puder evitar horários de pico, como o horário de entrada e de saída do trabalho, evite. 

São 4 linhas de metrô em Montreal que atendem a diversos bairros e, inclusive, algumas estações estão ligadas à cidade subterrânea, RÉSO. As localidades onde o metrô não alcança podem ser acessadas pelos ônibus, que têm um raio de alcance maior. Muitas vezes, as linhas de ônibus passam perto das estações de metrô para facilitar o deslocamento. Sugerimos a utilização de aplicativos de transporte, como o Google Maps e o app da STM, para facilitar o deslocamento pela cidade. 

Caso você não queira caminhar muito e prefira se deslocar com o transporte público, procure hospedar-se próximo a uma estação de metrô ou ponto de ônibus. 

A passagem unitária no transporte custa $3,25. Para quem vai ficar em Montreal alguns dias e usará com bastante frequência o transporte público, pode valer a pena comprar os passes ilimitados de 1 dia ($10), 3 dias ($19) ou uma semana ($26,25) ou ainda comprar o Opus Card ($6), o cartão recarregável usado nos ônibus e no metrô, que também pode ser utilizado na Cidade de Quebec. 

Dica: no transporte público, as estações têm nomes em francês e essa é a língua utilizada na maior parte dos lugares. Fique atento ao metrô para não perder a estação em que você deve descer do vagão. 

Táxi e Uber

Certamente esta não é a maneira mais barata de circular pela cidade, mas, em algumas situações, pode ser uma mão na roda, como em dias de chuvas, por exemplo. Os táxis funcionam com taxímetro e podem ser encontrados em ruas de grande movimento, próximos a pontos de interesse ou pedidos através do telefone e de apps, como o Téo Taxi. Os taxistas aceitam dinheiro e cartão de crédito e falam francês; alguns não têm inglês muito fluente, mas podem conversar o básico. Já o Uber funciona como em outras cidades — o carro é pedido através do app e você pode saber o valor total da corrida de antemão. É uma boa ideia baixar o Teo Taxi ou outro aplicativo para chamar táxis em Montreal e o Uber — assim você pode conferir as tarifas em dois aplicativos e ver qual vale mais a pena naquele momento. 

Carro

Como Montreal oferece um serviço público de qualidade, alugar um carro não é uma necessidade para a maioria dos viajantes. Estacionar em Montreal pode ser uma dificuldade e pode ser caro, por isso, se optar pelo aluguel, veja se seu hotel oferece estacionamento gratuito ou o seu valor diário. Você pode dirigir na província de Quebec com sua CNH brasileira por até 6 meses; a PID (Permissão Internacional para Dirigir), emitida pelo Detran, não é obrigatória, mas poderá facilitar eventuais problemas no país, pois o documento é traduzido para o inglês. Procure digirir com mais cautela e com os pneus corretos quando estiver nevando. Veja aqui mais informações e baixe o P$ Mobile Service, que permite pagar através do app o estacionamento nas ruas de Montreal.

Tudo que você precisa saber sobre Montreal!

Esse texto sobre Transportes em Montreal faz parte do guia de Montreal no Melhores Destinos

Comentários para Transportes em Montreal

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.