Torres del Paine

Vida Noturna na Patagônia Chilena

O dia cheio de atividades pede um bom descanso no final. É hora de programar a próxima jornada pela quase inexplorada Patagônia. E nada melhor do que um drink para relaxar, relembrar as maravilhas vistas no passeio e, ainda, pensar no dia seguinte. Escolha a bebida que mais combina com a sua aventura e brinde à inesgotável beleza do sul chileno.

Pensou em algo bem tradicional? O pisco está para o Chile assim como a cachaça está para o Brasil. Mais típico, impossível! A aguardente de uva – também produzida no Peru – está presente em grande parte dos drinks da região. A bebida de boas-vindas mais comum é o Pisco Sour (tão famoso quanto a nossa caipirinha). Diferente do drink peruano, no Chile, não se usa ovo. A mistura é de limão, açúcar, angostura e gelo - além de três doses de pisco, claro! A doçura da bebida engana os desavisados. O pisco tem até 40% de teor alcoólico. Outra combinação famosa é com refrigerante de cola, comumente chamado de Piscola. O drink é mais popular entre os jovens.

Outro ingrediente que não pode faltar é o calafate. A fruta da família das berrys é de roxo intenso e recheia doces e drinks regionais. O famoso Sex on the Beach ganha uma releitura para se adequar às tradições locais. Na ausência de praias, lá ele é chamado de Sex on the Paine, em referência às montanhas de mesmo nome. A receita leva martini. O Calafate Sour mantém a cor intensa da fruta na receita, que leva licor e limão, finamente decorado com açúcar de confeiteiro.

Se drinks não lhe atraem, não há por que sofrer. O Chile está entre os maiores e melhores produtores de vinho do mundo. Até entre os vinhos há características típicas chilenas. A uva Carménère só é produzida naquele país. Aproveite para experimentar os rótulos que não chegam ao Brasil. Se bater saudade de casa, Puerto Natales não vai decepcionar; cervejas produzidas artesanalmente na cidade podem levá-lo, por alguns minutos, ao seu lar.  

 

  • Puerto Natales

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Porta de entrada para o Parque Torres del Paine, Puerto Natales é base para grande parte dos viajantes. A 250 quilômetros de Punta Arenas — onde está o último aeroporto da região —, a pequenina e pacata cidade tem menos de 20 mil habitantes. A capital da província de Última Esperanza está no centro para...

  • Restaurante-the-singular-patagonia

    The Singular Patagônia

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    Uma experiência que vai além da gastronomia. O hotel ocupa as instalações originais de um frigorífico de 1915, agora desativado. A sofisticação fica por conta dos móveis antigos e da harmoniosa convivência de metal, madeira, vidro e concreto aparente. Um ambiente elegante e retrô, que convida o cliente a...

  • Baguales-brewery-restaurant

    Baguales Brewery + Restaurant

    Nota:  de 10 (0)

    Nada como um lugar descontraído e uma boa cerveja depois de um dia cheio de aventuras. No Baguales, a iguaria é artesanal e feita na própria casa. Para garantir a autenticidade da cerveja – dark, pale ale ou rúbia –, você pode visitar a pequena fábrica, no fundo do bar. Tiradas com maestria pelo simpático staff, as...

  • Remota-hotel

    Remota Hotel

    Nota:  de 10 (0)

    O ambiente rústico do Remota ajuda a relaxar depois de um dia de passeio. No hotel, nada de sons ambientes. A intenção é que toda a sua atenção esteja voltada para o modo patagônico de vida. E assim também é o restaurante. Os pratos preparados com ingredientes locais nos levam a um passeio pela região....

Tudo que você precisa saber sobre Torres del Paine!

Esse texto sobre Vida Noturna na Patagônia Chilena faz parte do guia de Torres del Paine no Melhores Destinos

Comentários para Vida Noturna na Patagônia Chilena

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.