Melhores Destinos
Salar de Uyuni
Camille Panzera Entusiasta da fotografia, curiosa por outros idiomas, culturas, costumes e histórias!☺️

Hotéis no Salar de Uyuni

Como você já deve saber, as acomodações do passeio feito pelo Salar de Uyuni são bem básicas. No passeio tradicional, que é compartilhado com pessoas de diferentes origens, os quartos normalmente são também compartilhados, como em um albergue. Chamam esse tipo de acomodação de "refúgio" e são locais bem simples, com pouca estrutura, onde você encontrará chuveiro, banheiros e deverá fazer o jantar e tomar o café da manhã. A hospedagem nesses refúgios está incluída no valor pago pelo passeio. 

HOTEL NOTA LINK
Eucalyptus Uyuni 9.2 Ver preços
Casa de Sal - Salt Hotel 9.2 Ver preços
Hotel Cristales De Sal 8.8 Ver preços
Hotel Jardines de Uyuni 8.8 Ver preços
Piedra Blanca Backpackers Hostel 8.8 Ver preços
Hostal Jerian 8.1 Ver preços
Hotel Julia 7.9 Ver preços
Rummy Hostal 7.9 Ver preços
Asian House 7.9 Ver preços
Hostal Nichkito 7.8 Ver preços
Onkel Inn Wagon Sleepbox Uyuni 7.7 Ver preços
Le Ciel d'Uyuni 7.5 Ver preços

Para quem faz o passeio particular e quer mais conforto, há a possibilidade de ficar em hotéis com melhor estrutura, que são da rede Tayka. A rede tem 4 hotéis nas redondezas do Salar de Uyuni.

Cada empresa de turismo que leva turistas ao Salar de Uyuni tem o seu próprio refúgio. No nosso caso, fizemos o passeio de 4 dias e 3 noites com a Cordillera Traveller. Achamos as camas confortáveis e os cobertores suficientes para suportar o frio que fazia à noite (viajamos em dezembro). Ressaltamos, no entanto, que um saco de dormir é conveniente para deitar em um local limpo... Certamente as roupas de cama dessas camas que utilizamos não são lavadas todos os dias. Com um saco de dormir pessoal, mesmo que não seja resistente ao frio, sabemos que estamos dormindo em um local limpo e não em um local onde muitas outras pessoas já se deitaram. 

Fizemos o passeio saindo de San Pedro de Atacama, então a "ordem" de parada de quem começa o passeio em Uyuni será inversa a nossa apresentada abaixo. 

Primeira noite:
O refúgio da primeira noite ficava localizado em um povoado próximo à Laguna Colorada. Nos quartos havia 6 camas e cada pessoa do nosso grupo do carro ocupou uma delas. 
Havia um banheiro compartilhado com três vasos sanitários e, em um cômodo, dois chuveiros. A água dos chuveiros e da torneira eram geladas, o que tornou o banho uma verdadeira aventura, principalmente considerando que estávamos a mais 4.000 metros de altitude, o que deixou a água bem gelada mesmo. 

Segunda noite: 
O refúgio da segunda noite era o que chamam de "hotel de sal". Embora a gente possa pensar que "hotel de sal" é apenas um lugar, na verdade não há apenas um "hotel", e sim vários. Nesse lugar, tudo era construído de sal, inclusive as paredes, as mesas e até o chão (era como uma areia, mas era sal). 
Nessa acomodação havia vários quartos disponíveis. Alguns quartos tinham duas camas, outros tinham três. Algumas pessoas do nosso grupo de passeio dormiram sozinhas, outras com mais uma pessoa e outras em trio. As camas eram confortáveis o suficiente. 
No hotel de sal havia um banheiro compatilhado, com 4 sanitários e 2 chuveiros em funcionamento. Havia água quente nos chuveiros e o banho era bom, considerando as circunstâncias. 
Detalhe: não havia luz elétrica nos quartos, apenas na área comum onde foram feitas as refeições, por isso uma lanterna foi extremamente necessária. 

Terceira noite: 
Na terceira noite ficamos em um refúgio pequeno, mas que tinha quartos com duas ou três camas. No banheiro havia apenas uma pia, dois vasos sanitários e dois chuveiros. A água da pia era fria, mas existia a opção de pagar 10 bolivianos pela água quente do chuveiro (que não funcionou nada bem, mesmo pagando pelo valor cobrado). Os vasos sanitários estavam sujos e a higiene não era o forte desse lugar. 
As camas eram de mola, mas suficientemente confortáveis para uma noite. 

Melhores Hotéis