Nova Zelândia

Campings e Hotéis na Nova Zelândia

Viajar pela Nova Zelândia implica em mudar constantemente de cidade base. Dificilmente um turista vai ao país para explorar apenas um local, por isso a escolha da hospedagem não se limita a somente um hotel que sirva a todo o roteiro. O mais comum é escolher vários hotéis ou campings durante a viagem. Vale até uma hospedagem diferente a cada dia, o que não é incomum por lá, especialmente para quem está viajando de motorhome ou campervan. Muitas vezes, a hospedagem vai além de simplesmente um local para dormir e se torna parte da experiência de viajar pela Nova Zelândia. E podemos dizer, sem nenhuma dúvida, que é uma experiência maravilhosa!

Nova-zelandia

A Nova Zelândia oferece boas opções de hospedagem em todas as regiões turísticas do país e não será difícil encontrar um bom pouso para passar a noite. Entre os neozelandeses, a maneira mais comum para se hospedar, principalmente em regiões onde não há grandes cidades, é nos campings do país. E eles são bem diferentes e muito melhores do que estamos acostumados no Brasil. Já os grandes hotéis são mais comuns em cidades maiores, como Auckland, Wellington, Christchurch e Queenstown. Em regiões mais isoladas e cidades pequenas, especialmente em Parques Nacionais, a oferta é de hotéis menores.   

O custo de hospedagem na Nova Zelândia não é muito camarada com o bolso dos turistas. Uma diária de NZD 200 é comum para hotéis de padrão barato. A melhor maneira de economizar em hospedagem no país é viajar de campervan ou motorhome e se hospedar nos campings, que têm custo médio entre NZD 10 e NZD 50 por pessoa, mas podem também ser gratuitos. Até mesmo quem viaja de carro pode encontrar nos camping opções de quartos mais em conta. Holstels também são uma boa alternativa para quem não deseja gastar muito. A verdade é que dá pra viajar pela Nova Zelândia gastando quase nada com hospedagem, mas o custo também pode ser bem alto a depender do padrão de hotel escolhido.

Queenstown

Como funcionam os Campings na Nova Zelândia

Esqueça tudo o que você imagina sobre campings! Esse é o primeiro passo para entender o que são os campings neozelandeses. Os espaços destinados a camping na Nova Zelândia podem ser de grandes campos abertos em meio a uma paisagem espetacular e com custo zero até grandes estruturas com cozinha, banheiro, lavanderia, piscina, salão de jogos, churrasqueiras e muito mais. Há campings no país para todos os tipos de viajante, dos que procuram maior contato com a natureza até os que desejam conforto sem pagar muito.

A maior e grande vantagem de se hospedar nos campings é a liberdade total de roteiro. Não é necessário fazer reserva com antecedência e o preço não varia no balcão. Sendo assim, você terá toda a liberdade de viajar no ritmo que desejar, sem a obrigação de chegar a uma cidade apenas porque tem uma reserva de hotel a cumprir e não pode perder dinheiro. Reservas de camping são aconselháveis apenas na alta temporada de verão, quando mais neozelandeses viajam. Ainda assim, é possível ligar no mesmo dia e fazer a reserva por telefone para aquela noite. Vale ficar atento ao horário de fechamento da recepção dos campings tipo Holiday Parks. Eles costumam aceitar hóspedes até às 20h. Confira a cada dia o horário de chegada para não ficar sem ter onde passar a noite.

Nova-zelandia

O primeiro passo para entender os campings neozelandeses é saber que elas estão divididos basicamente em três categorias: Free Campsites; DOC Campsites; e Holiday Parks. Cada categoria tem características específicas e atendem a um determinado tipo de turista, porém nada impede que se faça um mix entre todas as opções de campings. Ah! No país, há centenas de campings, porém não é permitido acampar (mesmo em campervan ou motorhome) em qualquer lugar. Por isso, nada de querer passar a noite com aquela vista maravilhosa para o Mount Cook em um local onde não é permitido acampamento. Você poderá ser multado.

Lago-tekapo

Free Campsites – Os Free Campsites são áreas públicas, muitas vezes em meio à natureza, onde é permitido o acampamento, o estacionamento de vans e de motorhomes. No geral, são autorizados nos Free Campsites apenas veículos self contained, ou seja, que possuem local para descarte de resíduos sanitários (veja mais sobre campervans e motorhomes). Os veículos autorizados têm um adesivo azul na parte traseira, o que evita multas. Nas áreas de Free Campsite, não têm infraestrutura, ou seja, é uma grande área sem nada. Não há banheiro, cozinha, lavanderia, restaurante ou mesmo pontos de energia. A vantagem? Muitas dessas áreas estão em lugares espetaculares, com vistas incríveis e são uma experiência única de contato com a natureza. Os Free Campsites não são ideais para todos os dias de viagem, mas certamente podem ser uma boa base para quem deseja um lindo lugar para acordar. Esse tipo de camping é especialmente interessante para quem está viajando de campervan e motorhome com banheiro. Os Free Campsites são sempre gratuitos, o que ajuda em uma emergência de falta de grana. Basta chegar, estacionar o carro e curtir. Não há controle de acesso ou cancelas. Não é preciso fazer reserva para esse tipo de camping.

Nova-zelandia

DoC Campsites – Os DoC Campsites são os campings que fazem parte do Departamento de Conservação da Nova Zelândia e estão localizados em áreas de parques nacionais. Os DoC Campsites variam entre grandes áreas livre e gratuitas (como os Free Campsites) até campings com infraestrura como: água; chuveiro (frio ou quente); cabanas; cozinha; banheiro público; e vagas com energia para o carro (powered sites). O custo dos DoC Campsites com benefícios é de até NZD 20 por pessoa e o pagamento algumas vezes é feito em uma caixinha, sem controle de acesso, ou seja, conta com a honestidade dos visitantes. Os DoC Campsites também estão localizados em belas áreas em meio à natureza e são uma ótima opção para quem deseja economizar, mas não abre mão de um banheiro e chuveiro de verdade. Como os DoC Campsites diferem bastante entre eles, é preciso buscar informação sobre quais amenidades estão disponíveis em cada um. Assim, você não corre o risco de passar aperto. Esse tipo de camping é mais recomendado para quem tem campervans e motorhomes com boa infraestrura, como banheiro e água. Para os DoC Campsites com mais infraestrutura, é aconselhável fazer reserva na alta temporada.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Holiday Parks – Esses são os campings que oferecem melhor infraestrutura para os viajantes. Os Holiday Parks são excelentes opções para quem precisa economizar, mas não abre mão de conforto. Nesse tipo de camping, sempre há estrutura de apoio para os viajantes e os benefícios são muitos. No geral, os Holiday Parks têm: cozinha; churrasqueira; banheiro; chuveiro quente; lavanderia; vagas de estacionamento com e sem energia (powered e non powered sites); área de lazer; sala de convivência; e Wi-Fi (nem sempre gratuito). Há vários níveis de Holiday Parks e o preço acompanha o padrão de infraestrutura. Os mais baratos têm custo médio entre NZD 10 e NZD 20 por pessoa, enquanto os mais caros saem por NZD 30. Há alguns, de padrão bem superior, que podem custar até NZD 40 (ainda bem mais em conta se comparado a uma diária de hotel). O custo também varia de acordo com o tipo de vaga de estacionamento, se com ou sem energia externa para o veículo. O pagamento nos Holiday Parks é quase sempre feito no check-in e cartões de crédito são amplamente aceitos.

Lago-taupo-e-tongariro-national-park

Os Holiday Parks funcionam em áreas particulares e sempre têm uma recepção onde é feito o primeiro atendimento. Não é obrigatório fazer reserva e o mais comum é escolher o camping apenas no dia, de acordo com o itinerário da viagem. Reservas antecipadas, especialmente para quem deseja um powered site, são aconselháveis apenas em alta temporada. Na recepção, você poderá contratar o serviço de hospedagem (a vaga para a sua campervan e motorhome ou o local para a barraca) e também adicionais, como lavanderia e Wi-Fi (nem sempre incluídos no valor). Você receberá o número da vaga, um mapa do camping e já poderá ir estacionar. No local do estacionamento, no caso de um powered site, haverá uma tomada onde você colocará o cabo de energia da campervan. Voilà! Você terá uma casinha com luz, aquecedor, geladeira, tomadas o que mais tiver disponível na sua campervan ou motorhome.

Lago-tekapo

A qualidade das instalações dos Holiday Parks varia muito, mas dificilmente serão ruins. Os banheiros são sempre limpos e alguns bem melhores que os de casa. Há chuveiros com tempo de água quente livre e outros limitados de sete a dez minutos. As lavanderias são cobradas à parte, mas o custo é bem baixo e dificilmente passa de NZD 5 pela lavagem e o mesmo valor pela secagem. Muito eficiente para quem deseja levar mala pequena e pretende lavar durante a viagem.

As cozinhas têm estrutura completa e bem funcional. Elas costumam oferecer acessórios como: panelas, talheres, temperos e até alguns alimentos deixados por outros hóspedes. O dever de cada um é usar e deixar tudo limpo. Alguns campings oferecem lojinhas com produtos básicos de higiene e alimentação, porém não conte com isso para emergências, já que não é padrão. Melhor comprar tudo em supermercados. Não é comum ter restaurantes dentro dos campings.

Nova-zelandia

Muitos campings são independentes, mas há também algumas redes de Holiday Parks que existem em todo o país. A vantagem de se hospedar nessas redes é ter a certeza do padrão de qualidade das instalações, além de poder ganhar descontos. Para isso, basta se cadastrar nos programas de fidelidade das empresas e acumular diárias a cada noite de hospedagem. Fidelização gera bons preços e descontos! As principais redes de Holiday Parks na Nova Zelândia são a Top 10 Holiday Parks, a Holiday Parks e a Kiwi Holiday Parks, as três com programas de benefícios.

Queenstown

O horário de check-out dos campings é quase sempre às 10h, ou seja, você precisa retirar o carro até esse horário. Fique atento para não perder muito tempo pela manhã. Se necessário, deixe para tomar o café em um belo cenário fora do camping. O melhor é botar o pé na estrada logo cedo para curtir a viagem!

Como escolher os Campings na Nova Zelândia

Uma das maiores dúvidas de quem deseja se hospedar em campings é como escolher entre tantas opções. Antes de viajar, parece ser bem mais complicado, porém, depois de experimentar o primeiro camping, tudo fica mais fácil. Durante a nossa viagem pela Nova Zelândia, nós usamos três aplicativos para smatphone diferentes: Rankers, Camper Mate e Wiki Camps. Os aplicativos ajudam a localizar os campings em cada região, mostram a faixa de preço de cada um deles, as avaliações e fotos de usuários e também fazem uma lista de tudo o que está disponível de serviço e comodidade em cada camping. Os apps são tão eficientes que é possível até mesmo usar os filtros disponíveis para pedir que sejam mostrados apenas campings em determinada faixa de preço, com linda vista, Wi-Fi, powered sites, lavanderia, cozinha e chuveiro, por exemplo. São muitas opções de filtros que ajudam a chegar exatamente ao camping que você precisa.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Os apps ainda oferecem aos usuários descontos exclusivos, opções para buscar postos de combustíveis, supermercados, dump stations (lugares para despejar os dejetos da campervan), sinal de Wi-Fi e mostram ainda as principais trilhas e atrações em cada lugar. São realmente muito bons!

O ideal, antes de viajar, é consultar nos apps os arredores de cada região por onde você irá viajar e “favoritar” os seus campings prediletos. Eles ficarão selecionados de maneira diferente e durante a viagem será fácil saber para onde ir em cada dia. Ah! Os aplicativos podem ser baixados para uso offline, o que facilita um bocado nas estradas. Apenas o GPS não irá funcionar. Caso seja necessário encontrar um camping de última hora, não há problemas. É só abrir o app e escolher o mais próximo.

Hotéis na Nova Zelândia

A Nova Zelândia tem grande número de hotéis em todo o país, porém em áreas menos populosas, especialmente na Ilha Sul, a oferta diminui bastante e o preço aumenta consideravelmente. Cidades e regiões muito turísticas também costumam ter tarifas mais elevadas, principalmente na alta temporada do verão. É preciso pesquisar bem para não gastar demais nos hotéis. Vale dizer que muitos campings oferecem quartos a preços mais acessíveis, o que pode ser uma boa maneira de economizar.

Auckland

Os hotéis têm a vantagem óbvia do conforto e comodidade de um quarto com banheiro e café da manhã. É a opção ideal para quem não deseja se preocupar com nada. A desvantagem, especialmente se tratando de Nova Zelândia, é o roteiro menos flexível. Hospedar-se em hotéis significa fazer reservas com antecedência, o que diminui bastante a possibilidade de flexibilizar as rotas. Nada de ficar um dia a mais na cidade para curtir um passeio de última hora ou fazer mais uma trilha. O roteiro será bem mais rígido. Os mais corajosos e desapegados podem tentar a sorte de reservar os hotéis apenas no dia, mas saiba que é muito arriscado, principalmente em períodos de alta temporada como o verão. Veja os melhores hotéis na Nova Zelândia e nos locais abaixo sugestões de hotéis em cada uma das principais regiões turísticas do país.

Marlborough

Hostels na Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um destino muito procurado por mochileiros e, como tal, não poderia deixar de oferecer uma boa rede de hostels. Eles estão espalhados por todo o país e atendem os viajantes mais econômicos e descolados. É uma boa maneira de economizar, especialmente para quem não está disposto a viajar de campervan e ficar em um dos campings. As principais redes de hostel na Noza Zelândia são: Base HostelsNomads Hostels e YHA Hostels. Assim como os campings, vale a pena fazer a carteirinha dos hostels e se tornar sócio para economizar nas estadias. Alguns aceitam apenas sócios, por isso é bom verificar antes. A mesma dica dos hotéis vale para os hostels: é preciso fazer reserva com antecedência, principalmente na alta temporada de verão.

  • Aoraki-mount-cook-national-park-e-lake-pukaki

    Aoraki Mount Cook National Park e Lago Pukaki

    Nota:  de 10 (0)

    A imensidão do Mount Cook atrai turistas de todo o mundo para o centro da Ilha Sul na Nova Zelândia. Do alto de seus 3754 metros, o Mount Cook está entre as mais espetaculares paisagens do país. E esse cenário grandioso acompanha os turistas muitos quilômetros antes de chegar até ele. Ainda na estrada, margeando o Lago Pukaki...

  • Arrowtown

    Arrowtown

    Nota:  de 10 (0)

    O outono de Arrowtown atrai milhares de turistas em busca de cliques dos maravilhosos tons quentes que tomam conta das árvores da região. Localizada na Ilha Sul, no caminho entre as cidade de Wanaka e Queenstown, Arrowtown é uma ótima parada para curtir sem pressa. A vida por lá anda devagar, no ritmo ideal para se deliciar com o...

  • Auckland

    Auckland

    Nota:  de 10 (0)

    Porta de entrada de quase todos os turistas brasileiros que visitam a Nova Zelândia, Auckland é a maior cidade do país e onde está o principal aeroporto para quem chega em busca de dias maravilhosos em terras neozelandesas. Visitar a Nova Zelândia sem ao menos dar uma passadinha por Auckland, na Ilha Norte, é tarefa quase...

  • Christchurch

    Christchurch

    Nota:  de 10 (0)

    Christchurch é a maior cidade da Ilha Sul e porta de entrada para muitos turistas que pretendem viajar pela região. Sede de um dos principais aeroportos de South Island, a cidade é um ótimo ponto de partida para roteiros circulares. Em pleno processo de renovação e reconstrução devido ao grande terremoto sofrido em...

  • Coromandel-e-a-cathedral-cove

    Coromandel e a Cathedral Cove

    Nota:  de 10 (0)

    A Península de Coromandel, localizada na Ilha Norte e a 170 km de Auckland, está entre os destinos prediletos dos neozelandeses para dias de praia e sol, especialmente na alta temporada de verão. A região é marcada pela famosa Cathedral Cove, praia que tem como destaque uma passagem pela rocha entre duas faixas de areia que lembra o...

  • Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

    Fiordland National Park com Milford Sound e Doubtful Sound

    Nota:  de 10 (0)

    A dramaticidade do cenário que envolve a Fiordland é mesmo de apaixonar. Classificado, desde 1990, como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e localizado no sudoeste da Ilha Sul da Nova Zelândia, o Fiordland National Park está entre as mais remotas e grandiosas regiões do país. Com paisagens que envolvem florestas, picos...

  • Glaciar-franz-josef

    Glaciar Fox e Glaciar Franz Josef

    Nota:  de 10 (0)

    A incrível formação de geleiras tão próximas ao Mar de Tasman é o grande destaque do Westland Tai Poutini National Park, localizado na Costa Oeste da Ilha Sul da Nova Zelândia. Bem próximos à areia da praia, crescem os espetaculares Glaciar Fox e o Glaciar Franz Josef. O cenário é...

  • Hawke-s-bay

    Hawke's Bay e Napier

    Nota:  de 10 (0)

    A região de Hawke’s Bay atrai os turistas pela grande produção de vinhos. Segunda maior região produtora da Nova Zelândia, Hawke’s Bay agrada os visitantes que buscam roteiros enogastronômicos. Hawke’s Bay está localizada na Costa Leste da Ilha Norte e, além de ser um ótimo polo para apreciadores...

  • Lago-taupo-e-tongariro-national-park

    Lago Taupo e Tongariro National Park

    Nota:  de 10 (0)

    O grandioso Lago Taupo, com 616 km² de área e profundidade de até 186 metros, reserva aos visitantes paisagens maravilhosas ao redor do vulcão Taupo. Maior lago da Nova Zelândia em área de superfície, o Taupo chama atenção pela maravilhosa e imponente Huka Falls e pela atividade geotérmica, ainda muito...

  • Lago-tekapo

    Lago Tekapo

    Nota:  de 10 (0)

    O Lago Tekapo, localizado no centro da Ilha Sul e parte da região de Mackenzie, é famoso pelo intenso azul turquesa que toma conta da água e pelas lavandas em tons de lilás que compõem a moldura da paisagem junto aos Alpes do Sul. Além da coloração do lago e da bela vegetação, o céu também...

  • Marlborough

    Marlborough

    Nota:  de 10 (0)

    Localizada no extremo norte da Ilha Sul e casa do famoso vinho Sauvignon Blanc neozelandes, Marlborough atrai os turistas que buscam um delicioso roteiro de vinhos aliado à boa mesa e passeios relaxantes. Além das vinícolas, que estão por toda a região, Marlborough também não desaponta no quesito paisagens e oferece aos...

  • Matamata-e-hobbiton-movie-set

    Matamata e Hobbiton Movie Set

    Nota:  de 10 (0)

    Vivenciar e sentir um pouco do que foram as trilogias "O Senhor dos Anéis" e o "O Hobbit" é o sonho de muitos fãs do Tolkien. E a Nova Zelândia é o destino perfeito para quem é apaixonado pelos contos da Terra Média. O país foi cenário de grande parte dos filmes das duas trilogias e, em uma...

  • Mount-aspiring-national-park-e-as-blue-pools

    Mount Aspiring National Park e as Blue Pools

    Nota:  de 10 (0)

    A paisagem que cerca o Mount Aspiring National Park está entre as mais belas da Nova Zelândia. Esse imenso parque nacional, com mais de 3500 km² de área, abriga lindas atrações, como o próprio Mount Aspiring, as Blue Pools e também uma das mais belas trilhas neozelandesas, a Routeburn Track, com 32 km de trajeto. O...

  • Paparoa-national-park-e-as-rochas-de-punakaiki

    Paparoa National Park e as Pancake Rocks de Punakaiki

    Nota:  de 10 (0)

    À beira do Mar de Tasman e localizado em Punakaiki, na Costa Oeste da Ilha Sul, o Paparoa National Park encanta pelas diferentes formações rochosas, que lembram incríveis montes de panquecas. A semelhança é tanta que o local recebeu o nome de Pancake Rocks. O visual é ainda mais espetacular quando aliado à força...

  • Queenstown

    Queenstown

    Nota:  de 10 (0)

    Centro dos esportes de aventura na Nova Zelândia, Queenstown atrai os turistas que buscam fortes emoções. A fama de uma das melhores cidades do mundo para sentir um pouco de adrenalina não é à toa. Queenstown, localizada em meio à lindíssima Ilha Sul, oferece atividades para todos os níveis de aventura, dos...

  • Rotorua-e-os-parques-de-atividade-geotermica

    Rotorua e os parques de atividade geotérmica

    Nota:  de 10 (0)

    A intensa atividade geotérmica da região ao redor de Rotorua atrai turistas ávidos por cenários impressionantes e fenômenos naturais raros. Localizada sobre o Anel de Fogo do Pacífico, na Ilha Norte da Nova Zelândia, Rotorua oferece paisagens realmente impressionantes, sempre acompanhadas da intensa ação da...

  • Waitomo-e-as-cavernas-de-waitomo

    Waitomo e as Glowworm Caves

    Nota:  de 10 (0)

    A cidade de Waitomo, na Ilha Norte da Nova Zelândia, atrai os turistas pelas belas formações de cavernas na região. E não é apenas a presença de incríveis salões repletos de estalactites e estalagmites que chama a atenção. Em Waitomo, as grandes estrelas são os vermes luminosos — ...

  • Wanaka-com-lake-hawea-e-lake-wanaka

    Wanaka com Lago Hawea e Lago Wanaka

    Nota:  de 10 (0)

    A cidade de Wanaka é cenário de uma das mais famosas imagens da Nova Zelândia: uma única árvore que cresce em meio ao lago e durante todo o dia e ano presenteia os visitantes com espetaculares cenas. A simplicidade da atração pode causar estranheza à primeira vista, mas basta uma pesquisa simples por “That Wanaka...

  • Wellington

    Wellington

    Nota:  de 10 (0)

    Capital da Nova Zelândia e segunda cidade mais populosa do país, Wellington — localizado ao sul da Ilha Norte — está entre as cidades prediletas do visitantes que buscam um clima mais descontraído para curtir a área urbana do país. Repleta de cafés, cervejarias artesanais, espaços culturais e lojinhas...

Tudo que você precisa saber sobre Nova Zelândia!

Esse texto sobre Campings e Hotéis na Nova Zelândia faz parte do guia de Nova Zelândia no Melhores Destinos

Comentários para Campings e Hotéis na Nova Zelândia

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.