Nova Zelândia

Campervan e Motorhome na Nova Zelândia

Viajar de campervan ou motorhome é o sonho de muitos viajantes. E a Nova Zelândia é o lugar perfeito para isso! O país é seguro, as estradas são tranquilas, o cenário é maravilhoso e a economia com hotel e alimentação ao final será imensa! Com tantos predicados, nada mais justo que essa seja a melhor — e mais divertida — maneira de viajar pela Nova Zelândia.

Qual a diferença entre uma campervan e um motorhome e o que tem em cada um?

Campervans são vans adaptadas para viagem. As campervans podem ser de vários tamanhos e, no geral, oferecem cama e cozinha compacta (com fogão e às vezes microondas). As mais caprichadas têm frigobar, mesa, armários, TV, DVD, caixa de som, aquecedor e água quente na pia. Já as categorias mais caras costumam ter chuveiro e sanitário. As campervans acomodam de uma a três pessoas (quatro será bem desconfortável).

Aoraki-mount-cook-national-park-e-lago-pukaki

Os motorhomes, por sua vez, são veículos mais robustos, compridos e maiores, com cabine traseira independente. Os motorhomes são mais bem equipados (têm tudo o que a campervan oferece, porém em maiores proporções), têm mais espaço interno, sanitário e chuveiro e são ideais para famílias ou grupos de duas a seis pessoas. Os custos do motorhome, claro, são bem mais altos que os de uma campervan, porém o conforto e grau de independência dos campings é bem maior.

Lago-tekapo

Tanto os motorhomes quanto as campervans costumam ter incluídos no aluguel equipamentos básicos de cozinha (pratos, talheres, panelas, copos e outros), travesseiros, roupas de cama e de banho. Não é preciso levar a casa toda do Brasil. No momento do aluguel, confira todos os itens incluídos e leve apenas o que considerar obrigatório. Ter esses itens à disposição permite que você tenha mais liberdade para escolher onde comer e dormir.

Quais as vantagens de viajar de campervan e motorhome?

As maiores vantagens de quem viaja de campervan ou motorhome são a economia com hospedagem e refeições e também a liberdade total de roteiro, além, é claro, de ser uma experiência maravilhosa, especialmente para os brasileiros que não estão acostumados a esse tipo de viagem. Essa é a melhor maneira de explorar o país e as fantásticas paisagens por toda a Nova Zelândia!

Nova-zelandia

Quem viaja de campervan e motorhome pode ficar hospedado em campings em vez de hotéis. A opção por campings faz com que o custo com hospedagem seja bem menor. E quando falamos em bem menor, não estamos exagerando. O custo de uma hospedagem em hotel de padrão médio na Nova Zelândia custa por volta de NZD 200, já o custo do camping fica entre NZD 10 e NZD 30 por pessoa (sem contar que há campings gratuitos). A facilidade de ter uma cozinha na campervan e no motorhome também ajuda muito na economia. Em vez de gastar em restaurantes (que têm preços bem elevados na Nova Zelândia), será possível comprar comidas nos supermercados. O preparo pode ser tanto na cozinha do camping quanto na cozinha do veículo. Veja mais sobre como funcionam os campings na Nova Zelândia.

Nova-zelandia

Viajar de campervan também ajuda a ter um roteiro bem mais flexível. Não será necessário fazer reservas em hotéis com antecedência e a cada dia você poderá escolher onde dormir, sem necessidade de reserva prévia. Sem contar que é possível parar a campervan em locais com vistas incríveis simplesmente para tomar um café, uma taça de vinho ou fazer um lanche. A campervan e o motorhome em pouco tempo se tornarão a sua casa. 

Lago-tekapo

Entre todas as vantagens de viajar em uma campervan ou motorhome nenhuma supera o fato de você levar a sua casa com você! Em poucos dias, é fácil se habituar ao veículo, às rotinas dos campings e até à bagunça. Não será necessário carregar a mala de hotel em hotel e a cada dia você estará mais apegado à camper. Na hora de ir embora, dá até uma tristeza de devolver pra locadora.

Lago-tekapo

Quais as desvantagem de viajar de campervan e motorhome?

Claro que as campervans e motorhomes não são perfeitos. Para quem não é acostumado com campings, a experiência pode ser mais complicada. Dividir banheiros com desconhecidos (por mais que os banheiros sejam de ótima qualidade) não é para todo mundo. E esse é um dos principais pontos a serem considerados. Caso você não queira dividir o banheiro, mas ainda assim deseja a experiência de viajar em um motorhome, escolha os que oferecem sanitário. Caso não tenha sanitário, não vamos negar, pode dar uma preguiça de ir ao banheiro do meio da noite, por exemplo. É o ônus a se pagar, mas é possível desenvolver técnicas alternativas para ao menos garantir o xixi durante a noite, sem precisar sair. Cada um que crie o seu método, rs.

Nova-zelandia

Bem… Ter banheiro elimina um problema, mas cria outro. Os dejetos produzidos pelos viajantes e a água utilizada na pia e no banheiro não irão sumir espontaneamente, ou seja, será preciso despejá-los em algum lugar. E há locais específicos para isso. Para despejar os dejetos da campervan, será necessário procurar as dump stations. Na prática, elas são buracos no chão, com um encanamento, por onde escorre todo o material retirado da campervan. A tarefa é um pouco chata e a primeira vez será mais difícil. Ao final, você já estará craque! Para retirar os desejos, basta conectar a mangueira (disponível em todas as campervans) no bocal indicado no veículo, inserir a outra ponta na dump station e abrir a “torneira”. Pronto! Os dejetos irão para o buraco sem nem que você os veja. Não se preocupe! A locadora ensinará o passo a passo. Há dump stations em todos os campings e também em alguns locais públicos.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Outro ponto negativo é a necessidade de abastecer o veículo com água. Esse processo pode ser sempre feito no mesmo momento que despejar os dejetos na dump station. Normalmente há torneiras onde se conecta a mangueira de água (não é a mesma dos dejetos) para reabastecer o compartimento da campervan ou motorhome.

Para viajar de campervan e motorhome, é preciso um certo grau de organização e limpeza, ou a sua "casa" irá se torna uma bagunça. É preciso arrumar a cama, lavar a louça, varrer o chão e, sempre que for dirigir, fechar todas as gavetas e guardar tudo dentro dos armários para que as coisas não saiam voando no caso de uma freada brusca. Também será preciso lembrar sempre de fechar todas portas e, preferencialmente, esconder todos os bens de valor. A Nova Zelândia é um país muito seguro, mas furtos a veículos não são tão incomuns em estacionamentos de pontos turísticos. Fique sempre alerta!

Nova-zelandia

Como alugar um motorhome e uma campervan e o que prestar atenção na hora da escolha?

Alugar um motorhome ou uma campervan exige paciência e muita pesquisa. É preciso ver atentamente os itens incluídos no veículo para ter certeza de que ele cumpre todas as suas exigências. Depois de escolher o modelo que melhor se adequa às suas expectativas, é hora de fazer uma pesquisa de preço. Quanto mais dias você alugar, mais barata será a diária. Um bom site para comparativo de preços e modelos é o Rankers. Ele oferece a possibilidade de definir os pré-requisitos básicos para a locação e envia o pedido de orçamento para várias empresas ao mesmo tempo. Você receberá no email algumas cotações e terá uma boa noção de preço. Uma diária de campervan custa a partir de NZD 40, enquanto a de um motorhome dificilmente será menos de NZD 100. Caso receba um aviso de que não há veículos disponíveis, entre em contato diretamente com a locadora.

Glaciar-fox

As locadoras costumam oferecer três tipos de aluguel: sem seguro e com caução total; com seguro e caução parcial; e com seguro total e sem caução. Nós recomendamos que o aluguel seja feito com seguro total, por mais que isso aumente um pouco os custos de locação. Consulte a locadora para ter certeza da opção pela qual está pagando. Outra dica que pode ajudar a economizar é não pegar ou devolver o veículo em dia de domingo ou feriado. Muitas empresas cobram taxa extra para trabalhar nesses dias. Se possível, evite.

Ao escolher uma campervan ou motorhome, pergunte todos os detalhes sobre tipo de combustível; quilometragem média por litro; tipo de câmbio (manual ou automático); a planta interna do mobiliário; quais eletrodomésticos estão incluídos (fogão, microondas, frigobar, aquecedor, TV, DVD); e quais itens estão disponíveis (roupa de cama, roupa de banho, talheres, panelas, copos, taças, potes, produtos de limpeza). 

Nova-zelandia

Um item é muito importante de ser observado no momento da escolha das campervans e motorhomes. Alguns campings da Nova Zelândia permitem apenas o camping de veículos self contained. E o que é isso? Ser self contained significa ter um meio próprio de armazenar os desejos sanitários produzidos pelos passageiros. Pode ser um banheiro de verdade, como nos motorhomes, ou um tipo de penico mais elaborado (que fica escondido sob os móveis), no caso das campervans. Ser self contained permite parar em todos os campings. Apesar de, normalmente, apenas os free camps exigirem veículos self contained, é importante ter esse item para o caso de uma parada de emergência. Veículos que não são self contained podem ser multados se pararem nesses locais. Na prática, há banheiro em todos os campings pagos, por isso o uso dos “penicos" será mesmo para emergências. Raramente ele é usado.

Nova-zelandia

No dia a dia da viagem, a campervan e o motorhome são bem mais práticos de serem usados do que parece na teoria, especialmente para quem nunca dirigiu um. Depois da primeira noite, você já estará craque e amando a casa nova.

Veja mais sobre campings e hotéis na Nova Zelândia e dicas de como se locomover e dirigir no país.

Sugestões de empresas para locação de campervans e motorhomes

  • Rankers – Site para pesquisa de preços em várias empresas ao mesmo tempo e onde é possível ver uma grande lista de companhias especializadas no aluguel de carros, campervans e motorhomes. Tudo com reviews e notas dos usuários.
  • Jucy – Uma das mais populares empresas e que oferece grande frota de carros e campervans em vários tamanhos. Sem burocracia, permite fazer tudo pelo site (testada pelo Melhores Destinos).
  • Cruzy Campers – Empresa familiar com poucas opções de campervan, mas boa qualidade (testada pelo Melhores Destinos).
  • Euro Campers – Empresa de porte médio que oferece todo tipo de veículo.
  • Spaceships – Para aluguel de vans pequenas e populares com valores bem econômicos.
  • Britz Campervans – Uma das empresas mais famosas da Nova Zelândia, com ampla frota de campervans e motorhomes.
  • Maui – Grande empresa para aluguel de motorhomes. Uma das mais vistas nas estradas neozelandesas.
  • Mighty Campers– Empresa que oferece aluguel de campervans de porte médio.
  • Apollo Camper – Para aluguel de campervans e motorhomes. 

Tudo que você precisa saber sobre Nova Zelândia!

Esse texto sobre Campervan e Motorhome na Nova Zelândia faz parte do guia de Nova Zelândia no Melhores Destinos

Comentários para Campervan e Motorhome na Nova Zelândia

  • Missing William Santos de Moraes há mais de 2 anos

    Parabéns pelo conteúdo, ajuda muuuuuito os viajantes, principalmente àqueles que vão pela primeira vez para fora do País.

  • Vw622 Fernanda Oliveira há mais de 2 anos

    Parabéns pelo conteúdo. Bastante esclarecedor. Gostaria de saber sobre a carteira de habilitação para dirigir uma campervans. Existe a distinção de categorias como no Brasil ou a de automóvel (cat B) é suficiente?

  • Moniquerenne Monique Renne há mais de 2 anos

    Fernanda, a CNH B é suficiente, mas o ideal é você ter também a PID.

  • Rtamx Lucas Rafael há 2 anos

    Boa tarde Galera, vocês acham que precisa ter o inglês fluente para fazer uma viagem dessas ? primeira internacional e quero dar uma olhada no País pois é um dos melhores países para se imigrar atualmente, 3 semanas da pra conhecer bastante coisa ? Valeuuu

  • Airbrush20181226111639 JOSELITO FERNANDES DE LUCENA há quase 2 anos

    Suas dicas são maravilhosas e bem completas, Monique Renne. Pelo que entendi, a categoria B da nossa habilitação no Brasil, mais o PID, são suficientes para dirigir uma van dessas?

  • Airbrush20181226111639 JOSELITO FERNANDES DE LUCENA há quase 2 anos

    Caro Lucas, eu passei 30 dias no Japão, visitei 24 cidades, inclusive lugares não triviais, onde nem o inglês servia, e, detalhe, eu não falo quase nada da língua inglesa, porém, com muito planejamento, bons aplicativos e dicas diversas, além do "gesticulez", não vi problemas. Apesar que os japoneses têm empatia ao extremo, e isso supera até a educação. Foram amáveis demais, fiquei super surpreso.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.