Como chegar a Jordânia

Localizada no coração do Oriente Médio, a Jordânia é facilmente acessível por terra, ar e mar. A proximidade com destinos turísticos já consolidados, como Israel e Egito, faz do país um "desvio" rápido e conveniente, mesmo para aqueles que embarcam em excursões de apenas um dia em seu território. A maioria dos viajantes vem de Israel, cruzando a fronteira terrestre ao sul (Eilat/Aqaba), o que também pode ser feito por conta própria.

Jordania

Não há voos diretos do Brasil para a Jordânia. Quem optar pelo trajeto aéreo terá de fazer ao menos uma conexão na Europa ou Oriente Médio. Alguns voos são operados em codeshare com a companhia nacional Royal Jordanian, uma ótima oportunidade de se ambientar à cultura local antes mesmo de pousar. Durante a alta temporada, algumas companhias low cost, como a Ryanair, vendem voos de capitais europeias (Atenas, Roma, Berlim etc) para Aqaba, no litoral da Jordânia, a partir de € 20 ida e volta. Voos saindo de Israel também estão disponíveis, embora nem sempre baratos devido às taxas.

VISTO PARA A JORDÂNIA

Brasileiros precisam de visto de turismo para a Jordânia, que pode ser obtido diretamente na chegada ao aeroporto. O custo é de 40 JD (~U$ 55) para o visto de entrada única, válido por até 2 meses; e 120 JD (~U$ 170) para múltiplas entradas, válido por até 6 meses. Grupos de cinco ou mais pessoas que cheguem através de uma agência turística da Jordânia estão isentos das despesas com vistos.

No entanto, desde a implantação do Jordan Pass, viajar para a Jordânia ficou bem mais prático. O Jordan Pass é um ticket combo que inclui ingressos para diversas atrações e também isenta o custo do visto para estadias superiores a 3 noites (4 dias). O passe é válido por até 12 meses após a data da compra e expira 2 semanas após a primeira entrada em uma das atrações participantes. O ticket inclui nome, nacionalidade e um QR code, além de especificar o tipo de pacote (Wanderer, Explorer ou Expert).

Jordania

Todos os pacotes incluem entradas para mais de 40 atrações (confira as atrações incluídas no Jordan Pass), folhetos digitais para download e isenção do pagamento de visto para estadias superiores a 3 noites (4 dias). No entanto, os preços variam de acordo com o número de dias desejados para visitar Petra:

  • JORDAN WANDERER
    1 dia de visita a Petra. Preço: 70 JD (~U$100)
  • JORDAN EXPLORER
    2 dias de visita a Petra. Preço: 75 JD (~U$105)
  • JORDAN WANDERER
    3 dias de visita a Petra. Preço: 80 JD (~U$115)

O certificado internacional de vacinação contra febre amarela é exigido para viajantes brasileiros.

COMO CHEGAR À JORDÂNIA POR TERRA SAINDO DE ISRAEL

Quem está em Israel e deseja atravessar a fronteira com a Jordânia conta com duas opções: a Ponte Allenby/Rei Hussein, do lado palestino, e a fronteira de Wadi Araba, entre a cidade de Eilat (Israel) e Aqaba (Jordânia). Apesar de a primeira fronteira ser mais próxima de Jerusalém, os procedimentos são burocráticos e exigem um visto previamente obtido na embaixada. Não há emissão de vistos, tampouco o Jordan Pass é aceito na Ponte Allenby/Rei Hussein.

Atravessar pela fronteira de Eilat, ao sul de Israel, requer um deslocamento de pelo menos 4h saindo de Jerusalém, mas se mostra uma alternativa mais prática, já que a entrada com o Jordan Pass é aceita e isenta o viajante de visto. O itinerário é da seguinte maneira:

  • Vá à Rodoviária Central de Jerusalém (estação "Central Station" do veículo leve sobre trilhos de Jerusalém), ao custo de 5,90 NIS (~ U$ 1,60);
  • Procure o guichê da companhia Egged e compre o ticket para o ônibus número 444, ao custo de 70 NIS (~U$ 20). Confira os horários de ônibus de Jerusalém para Eilat;
  • Você pode solicitar ao motorista para descer na parada de Eilot Crossing, de onde é possível seguir andando por 1 km ou pegar um táxi até a fronteira. Também é possível descer na parada final, em Eilat, e de lá seguir de táxi;
  • Pague a taxa de saída por terra do lado israelense da fronteira, ao custo de 105 NIS (~ U$ 28);
  • Atravesse a fronteira e passe pelas formalidades da imigração jordaniana. Não se esqueça de apresentar o Jordan Pass para se isentar da taxa de visto.

Note que a fronteira de Wadi Araba, em Aqaba, é relativamente distante do centro da cidade. É normal que muitos taxistas se aproximem oferecendo seus serviços, entretanto a existência de uma "máfia" é famosa na região. Alguns motoristas tentarão cobrar muito mais caro do que o normal. Não aceite! Há uma placa bem na saída da fronteira informando todos os valores corretos. Por exemplo: 11 JD até o centro de Aqaba; 37,5 JD até o deserto de Wadi Rum; 53 JD até Petra e 106,50 JD até Amã.

Jordania

É perfeitamente possível dividir o carro com outros turistas ou viajar em grupos de três. Não acredite nas informações contrárias dos taxistas. Em caso de problemas, exija o preço correto e ameace denunciá-los ao Ministério de Turismo.

SAINDO DO AEROPORTO DE AMÃ

O aeroporto da capital Amã fica literalmente no meio do deserto. Não há metrô disponível, as únicas opções para sair são táxis e ônibus expresso.

As tarifas de táxi são tabeladas em 20 JD (~U$ 28), que podem ser pré-pagas diretamente nos estandes. Guarde o recibo, será necessário entregá-lo ao motorista ao término do trajeto. Passageiros de companhias low cost como a Ryanair, Easyjet e Norwegian podem contar com um serviço de shuttle para o centro de Amã ao custo de U$10. Reserve com antecedência.

O ônibus expresso do aeroporto funciona das 6h às 18h com saídas a cada 30 minutos, ao custo de 3,25 JD. A viagem do aeroporto até a estação de Tabarbour dura entre 45 minutos a 1 hora, com uma parada na região do 7th Circle (saiba onde ficar em Amã). De lá para o centro da cidade, o recomendável é pegar um táxi, que não deve custar mais do que 2 JD.

Jordania

Tudo que você precisa saber sobre Jordânia!

Esse texto sobre Como chegar a Jordânia faz parte do guia de Jordânia no Melhores Destinos

Comentários para Como chegar a Jordânia

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.