Namíbia

Luderitz e Kolmanskop

0 avaliação
0% recomendam
0

A cidade de Luderitz é marcada pelo período do auge da exploração de diamantes no país na primeira metade do século XX. Com traços da arquitetura germânica, Luderitz ainda é pouco explorada pelos visitantes, porém é lá onde está uma das mais interessantes atrações do país, especialmente para os amantes de fotografia. Nos arredores de Luderitz, está a cidade fantasma de Kolmanskop, um rico vilarejo que servia de base para a busca de pedras preciosas e que hoje está abandonado e tomado pelo deserto. Um daqueles cenários espetaculares e raros que merecem todos os registros fotográficos. Além de kolmanskop, quem visita Luderitz pode ver outro visual raro: pinguins e flamingos juntos, na mesma ilha. Com direito a golfinhos no caminho!

O que fazer em Luderitz e Kolmanskop

Localizada entre o deserto e o Oceano Atlântico, Luderitz tem um clima bastante particular. Sob efeito da corrente de Bengela, Luderitz vai do intenso calor ao frio extremo em poucas horas no mesmo dia. Com ventos fortíssimos e mar gélido, Luderitz foge completamente ao esperado de uma cidade na Namíbia. Um passeio pela ruas de Luderitz revela que a influência germânica é fortíssima na região. Os pequenos edifícios seguem a arquitetura daquela região na Europa e os tons pastéis nos remetem a décadas passadas. Um passeio rápido permite conhecer toda a cidade, que se dedica à pesca e exploração de diamantes.

Para conhecer mais de Luderitz, vale fazer um passeio de barco pela região. Uma curiosidade sobre a cidade é que ela foi ponto de partida para o navegador Amyr Klink realizar a travessia do Atlântico e que resultou no livro “Cem Dias Entre Céu e Mar”. Você partirá do mesmo píer rumo à Halifax Island, onde está a maior colônia de pinguins da África. Com sorte, será possível ver, na mesma ilha, pinguins e flamingos. Uma cena raríssima em todo o mundo. O caminho é repleto de vento frio, mas o tempo muda logo que os turistas avistam golfinhos e lobos-marinhos, muito comuns nas águas da região. Prepare-se com casacos reforçados e não deixe de tomar o chocolate quente oferecido durante a viagem. Os passeios, com duração de três horas, têm custo entre NAD 400 e NAD 600.

Os arredores de Luderitz também atraem pela junção da paisagem de deserto e mar. Um passeio em carro 4x4 ajuda a conhecer a costa e ver os inóspitos cenários da região. Para quem estiver de carro, compensa ir até o Diaz Point, local que marca o ponto de chegada do explorador português Bartolomeu Dias na região, primeiro europeu na região. Localizado a apenas 21 km de Luderitz, Diaz Point oferece um percurso lindo pela península de Luderitz em meio ao deserto, com ponto de chegada de frente para o mar. No caminho, não deixe de parar na Second Lagoon para ver os flamingos que ocupam as áreas alagadas da região.   

Ainda que Luderitz seja uma cidade ótima para um passeio, a principal atração da região é mesmo Kolmanskop. A cidade, localizada a 13 km de Luderitz, surgiu no início do século XX, quando diamantes foram descobertos na região. Construída pelos germânicos com padrões de alto luxo, Kolmanskop foi abandonada nos anos 50, quando os diamantes ficaram escassos. Desde então, o deserto tomou conta da área e hoje oferece a fotógrafos e turistas um cenário surreal para retratos.

Kolmanskop, apesar de ser uma cidade fantasma, é um ponto turístico e não permanece aberta para visitação 24h por dia. A região é cercada e é necessário adquirir um ingresso para fazer a visita. A maneira mais comum de conhecer o local é com uma visita guiada. O tour, com custo de NAD 85, acontece de segunda a sábado, às 9h30 e 11h e aos domingos e feriados, às 10h. Depois da visita, é possível ficar em Kolsmanskop até 13h por conta própria, quando os portões são fechados. Para quem deseja ter mais tempo na cidade, o ideal é pagar a entrada para fotógrafos, que permite visitas do nascer ao pôr do sol. E é exatamente no início e final do dia que a luz está ideal e o cenário se torna ainda mais apaixonante. A permissão para fotógrafos tem custo de NAD 230. Os tíquetes podem ser adquiridos direto no portão de Kolmanskop ou no Luderitz Safaris & Tours, na cidade de Luderitz.

Empresas que realizam tour e passeio de barco em Luderitz

O que fazer próximo a Luderitz e Kolmanskop

Luderitz costuma ser ponto de parada para quem está a caminho ou voltando do Fish River Canyon. Entre as duas atrações, vale uma parada para ver os cavalos selvagens de Garub. Entre as cidades de Aus e Luderitz, uma placa à beira da pista alerta para os animais que podem ser apreciados de um observatório no alto das rochas. É um belo espetáculo de animais que vivem há dezenas de anos soltos na região de Aus. Para saber a localização exata, Garub está a 90 km de Luderitz e 34 km de Aus. Olhos atentos à pista para não perder a entrada que está em meio ao deserto.

Como chegar e se locomover em Luderitz

Será necessário alugar um carro ou ir em um safári que leve até a cidade para visitar Ludertiz. Não há transporte público entre Luderitz e as atrações próximas. Luderitz é um bom ponto de parada para quem está viajando entre o Fish River Canyon e Sesriem. Outras cidades que podem servir de apoio para quem está a caminho de Ludertiz são Aus e Keetmanshoop. Esta região da Namíbia tem estradas bem desertas e longos trechos sem postos de combustíveis. Sempre que tiver oportunidade, pare para abastecer o tanque do carro.  

Para se locomover em Luderitz, será necessário o uso do carro. Outra solução é pegar um dos táxis disponíveis. Assim como em grande parte da Namíbia, não há um transporte público eficiente na cidade.

Onde se hospedar em Luderitz

A cidade de Luderitz é bastante pequena e não será difícil escolher a hospedagem, até porque as opções são bem limitadas. A melhor região para se hospedar em Luderitz é de frente para o mar, como no Luderitz Nest Hotel, onde tem até uma prainha particular com espreguiçadeiras. Com sorte, da própria janela do quarto, será possível ver golfinhos saltando ao pôr do sol. No entanto, há um ponto especial que deve ser levado em consideração: venta muito na cidade! Por isso, mesmo que as hospedagens preferenciais sejam por campings, abra uma exceção e fique hospedado em um hotel em Ludertiz. Passar a noite em barraca com vento fortíssimo e frio pode não ser uma boa ideia e a economia nem sempre compensa a aflição. Veja mais opções de hospedagem em Luderitz. Se a intenção for fazer uma parada em Aus no meio do caminho, experimente o Klein Aus Vista, em total contato com a natureza, ou o Bahnhof Hotel Aus, dentro da cidade.


Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop Luderitz-e-kolmanskop
Avalie Luderitz e Kolmanskop