Nova Zelândia

Auckland

0 avaliação
0% recomendam
0

Porta de entrada de quase todos os turistas brasileiros que visitam a Nova Zelândia, Auckland é a maior cidade do país e onde está o principal aeroporto para quem chega em busca de dias maravilhosos em terras neozelandesas. Visitar a Nova Zelândia sem ao menos dar uma passadinha por Auckland, na Ilha Norte, é tarefa quase impossível, por isso aproveite a parada para se acostumar ao novo fuso horário, fazer algumas compras e pegar a sua campervan, motorhome ou carro e dar início à viagem. Ah! Mas se for embarcar rumo a outras cidades de avião, não há com que se preocupar: Auckland tem voos para várias regiões da Ilha Norte, Ilha Sul e também é a principal porta de embarque para voos internacionais.

Auckland oferece atividades capazes de manter o turista ocupado por alguns dias, mas lembre-se de que o país é repleto de boas atrações, sendo assim, não se prenda por muito tempo. Dois ou três dias serão suficientes para percorrer os principais pontos turísticos e se ambientar com o país e com o novo fuso. Apesar de ser a maior cidade da Nova Zelândia, a região mais interessante para os turistas é bem pequena e pode tranquilamente ser percorrida a pé. Para isso, prefira hospedagens no centro da cidade. Se estiver com campervan ou motorhome, deixe para pegar o veículo apenas no último dia. A cidade não é muito favorável a grandes veículos e os campings ficam mais afastados do centro. Aproveite os primeiros dias para curtir e se recuperar do sono. Nada de dormir ao volante!

Auckland

O que fazer em Auckland

Auckland é uma cidade muito moderna, cheia de jovens e, ao mesmo tempo, bem tranquila. Dizer que ela é a maior cidade da Nova Zelândia nos faz lembrar São Paulo, mas não é bem assim. Auckland tem apenas um milhão e meio de habitantes e, aos olhos brasileiros, parece ser bem pequena. Aproveite então para conhecer o máximo possível e invista nos passeios a pé. A cidade é linda e o centro bem convidativo aos pedestres.

Para começar o passeio, faça uma visita à Sky Tower, o maior edifício de Auckland, com 328 metros. Do alto do mirante de 220 metros, será possível entender melhor a cidade e, claro, fazer lindas fotos. Dê preferência ao horário próximo ao pôr do sol e aproveite para também ver a cidade à noite. Se tiver com coragem e disposição, experimente saltar do alto do prédio com o Sky Jump ou, se preferir, caminhar pelo alto do edifício na Skywalk. O ingresso para subir a Sky Tower tem custo a partir de NZD 29. 

Auckland

Ao sair da Sky Tower, desça até a orla e faça um passeio pelo Britomart, o Viaduct Harbor e o Wynyard Quarter, três regiões vizinhas à beira-mar. A área toda é um delicioso passeio em dia de sol. Aproveite para registrar a skyline da cidade e ver a imponente Sky Tower em meio à paisagem. No porto, há diversos restaurantes, lojinhas descoladas e também espaços culturais, como o Museu Marítimo. O passeio rende bastante! Não deixe de curtir as grandes espreguiçadeiras de madeira, que são um convite a relaxar, e espere a ponte levadiça subir para uma bela foto com a cidade ao fundo.

Para quem gosta de museus e espaços verdes, uma boa pedida é ir o Auckland War Memorial Museum, localizado em meio ao Jardim Botânico e ao Auckland Domain Park, maior área verde da cidade e ponto alto de um dos vulcões inativos da região: o Pukekawa. Também remanescente de um vulcão (o mais alto de Auckland), o Mount Eden é um pequeno parque que oferece linda vista e uma cratera cercada de verde. Outro programa interessante para curtir ao ar livre é o Albert Park, uma bela área verde em meio ao centro e que ainda oferece como vizinha a Auckland Art Gallery Toi o Tamaki, um dos melhores espaços destinados à arte em Auckland. 

Auckland

Se quiser descasar as pernas, mas ainda assim conhecer a cidade, experimente o Explorer Bus, ônibus panorâmico do tipo Hop On Hop off. São duas rotas que passam pelas principais atrações e ajudam a ter uma boa visão geral de Auckland. O tour faz paradas em locais como a Sky Tower, o Auckland Museum, o Bastion Point lookout, o Viaduct Harbor, o Eden Park e o Mount Eden. Os ingressos têm custo a partir de NZD 45 e podem ter duração de um a três dias. O Explorer Bus é uma boa pedida também para os turistas que não querem andar muito, já que ele serve como meio de locomoção.

Para quem vai passar mais tempo em Auckland, a pedida é investir nos passeios mais distantes do centro, onde estão algumas das mais belas paisagens da região. Entre os prediletos dos moradores estão as ilhas do Hauraki Gulf, que podem ser visitadas utilizando os ferries que partem do terminal localizado no porto do centro de Auckland. Entre as ilhas mais procuradas estão a Tiritiri Matangi, grande santuário de pássaros e vida selvagem com diversas trilhas para caminhada; a Waiheke Island, com belas praias, trilhas e vinícolas; e Rangitoto Island, bem pertinho de Auckland, com linda vista para a skyline da cidade e uma boa trilha sobre o cume da mais recente formação vulcânica da Nova Zelândia, com cerca de 600 anos.  

Os viajantes que estão em busca de mar podem ir também à Costa Oeste — West Auckland — para conhecer algumas das praias banhadas pelo Mar de Tasman. Uma das mais famosas porções de areia é a Piha Beach, praia com terreno acidentado, areia negra, mar agitado e point entre os surfistas. Outras opções próximas são Whatipu Beach, Karekare Beach, Bethells Beach e Muriwai Beach, todas com areia escura, grandes ondas e belas formações rochosas.

Para se locomover por Auckland e conhecer os principais pontos turísticos, oriente-se pela Queen Street, principal avenida da cidade e onde há grande concentração de comércio. A Queen Street corta o centro de Auckland e leva até Quay Street, avenida à beira-mar que também merece um longo e delicioso passeio. Auckland é uma cidade pequena, que pode ser conhecida em um ou dois dias. Não há muitas obrigações turísticas a cumprir e o gostoso de lá é caminhar e aproveitar a vida do maior centro urbano da Nova Zelândia antes de botar o pé na estrada para conhecer as grandiosas paisagens do país. 

Auckland

Onde se hospedar em Auckland

A região que atrai os turistas em Auckland está localizada entre a Queen Street e a Quay Street. O triângulo formado pelas duas avenidas é o principal ponto de interesse para quem tem pouco tempo na cidade. Utilizar o Sky City — complexo hoteleiro onde está a Sky Tower — como ponto de referência é uma boa maneira de ter certeza de estar no centro de tudo. Não faltarão opções de hospedagem em Auckland. Maior cidade da Nova Zelândia, Auckland é porta de entrada do país não só para os brasileiros, mas também para turistas de todo o mundo. Os preços agradam a todos os bolsos. 

Para quem pretende viajar de campervan ou motorhome, o ideal é deixar para pegar o carro apenas a partir de Auckland. A cidade não é muito receptiva a grandes veículos e estacionar pode não ser tarefa fácil. Prefira ficar a pé e só no final sair de carro para as aventuras pela Nova Zelândia.

Para estar no meio dos acontecimentos e bem pertinho de tudo, confira o SKYCITY Grand Hotel Auckland e os hotéis nos arredores, como o CityLife Auckland, o Crowne Plaza Auckland, o Grand Millennium Auckland, o Cordis Auckland by Langham Hospitality Group, o Best Western President Hotel Auckland, o Rydges Auckland e o Ibis budget Auckland Central. Mais perto do porto e do mar, veja o Hilton Auckland, o Stamford Plaza Auckland, o Grand Mercure Auckland, o Waldorf Stadium Apartments Hotel, o Waldorf Stadium Apartments Hotel e o econômico JUCY Snooze. Se você precisar de um hotel apenas para passar a noite depois de chegar do aeroporto ou antes de partir, o Ibis Budget Auckland Airport e o Jet Park Airport Hotel são boas pedidas e com custo baixo.

Auckland

Como chegar a Auckland

Auckland está localizada na Ilha Norte da Nova Zelândia e oferece aos viajantes o principal aeroporto do país, por onde chega grande parte dos turistas estrangeiros. O Aeroporto Internacional de Auckland (AKL) recebe os principais voos internacionais e é o destino final das rotas operadas pela Air New Zealand e Latam, as duas empresas que levam a maioria dos brasileiros à Nova Zelândia. O Aeroporto Internacional de Auckland também recebe voos de grande parte dos aeroportos domésticos do país, por isso será fácil retornar à cidade depois de viajar por toda a Nova Zelândia. 

Para quem viaja de carro e campervan, as principais rodovias de acesso são a SH 16 (que contorna a Costa Oeste da Ilha Norte) e a SH 01 (com trajeto pela Costa Leste da Ilha Norte e depois seguindo até Rotorua). De ônibus, a Intercity opera trechos que ligam Auckland a Waitomo, Matamata, Rotorua, Coromandel e outras cidades. 

Auckland, Ilha Norte, Auckland

Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland Auckland
Avalie Auckland