Nova Zelândia

Coromandel e a Cathedral Cove

0 avaliação
0% recomendam
0

A Península de Coromandel, localizada na Ilha Norte e a 170 km de Auckland, está entre os destinos prediletos dos neozelandeses para dias de praia e sol, especialmente na alta temporada de verão. A região é marcada pela famosa Cathedral Cove, praia que tem como destaque uma passagem pela rocha entre duas faixas de areia que lembra o formato de uma catedral. Cathedral Cove ganhou ainda mais notoriedade depois de ser cenário do filme As Crônicas de Nárnia. Independente de ser palco cinematográfico, Coromandel merece a visita pela intensa beleza, que cerca toda a região recoberta por florestas nativas e reservas marinhas. Apesar de ser uma península e oferecer diversas possibilidades de passeios, grande parte dos turistas que chegam a Coromandel está mesmo é em busca das praias entre Hot Water Beach (onde é possível cavar piscinas de água quente na areia) e Cathedral Cove. Sendo assim, se estiver fazendo um roteiro pela Ilha Norte da Nova Zelândia, não deixe de incluir uma parada na Península de Coromandel.

Coromandel-e-a-cathedral-cove

Cathedral Cove

Principal atração da Península de Coromandel, a Cathedral Cove é uma das imagens mais difundidas da Nova Zelândia. A passagem pela rocha à beira dessa linda enseada tem formato de catedral e oferece infinitas possibilidade de lindas fotos. A cada hora do dia e da maré, o cenário na enseada muda, o que torna o passeio ideal para um dia inteiro, especialmente para os apaixonados por fotografia. Dos dois lados da passagem na rocha, há belas porções de areia com pedras que parecem foguetes prestes a alçar voos em meio ao mar. Um visual bem diferente do que temos em praias brasileiras. A areia de Cathedral Cove é branquinha, a paisagem estonteante e a água, não vamos mentir, quase sempre gelada. Os mais corajosos até ensaiam alguns mergulhos, mas quase ninguém permanece no mar por muito tempo. 

Coromandel-e-a-cathedral-cove

A maneira mais comum de visitar a Cathedral Cove é percorrendo a pé a trilha à beira-mar. O trajeto mais longo é saindo de Hahei Beach e contornando o litoral. Para encurtar um pouco o caminho, vale ir de carro até o estacionamento no início da trilha principal e de lá seguir a pé. Serão 45 minutos de caminhada em trilha muito bem sinalizada. Não é um percurso difícil, mas algumas subidas exigem mais do fôlego. No trajeto, há outras lindas paradas em praias quase desertas. Aproveite e faça a trilha com calma para curtir cada uma delas. Antes de chegar à Cathedral Cove, o percurso leva a Gemstone Bay, Stingray Bay e Mares Leg Cove. Há diversos mirantes e banquinhos estrategicamente posicionados para quem deseja passar um tempo curtindo a vista. 

Ao final do percurso, os viajantes chegam a Cathedral Cove, onde a famosa passagem pela rocha em formato de catedral encanta os turistas. Dos dois lados, há porções de areia para curtir tranquilamente o cenário magnífico da Península de Coromandel. Não tenha pressa de voltar e aguarde o momento em que o sol está mais baixo, só então entre pela passagem na rocha, deixe ainda mais mágico o passeio.

Coromandel-e-a-cathedral-cove

A caminhada até Cathedral Cove é maravilhosa, porém vale também investir em passeios de caiaque e lanchas rápidas, que oferecem a possibilidade de conhecer as ilhas próximas e ver mais de perto a vida marinha da região, afinal, estamos falando de um parque marinho. Os passeios de lancha costumam sair da cidade de Whitianga e têm custo entre NZD 60 e NZD 95. Durante o passeio, é possível ver várias ilhas com formações incríveis nas rochas, focas, pássaros, golfinhos e, com um bocado de sorte, algumas orcas e pinguins. A rota de passeios costuma passar pela Te Whanganui-A-Hei Marina Reserve (também chamada de Cathedral Cove Marine Reserve), Lonely Bay, Shakespeare Cliff, Cooks Beach e Hahei Beach. Quem preferir percorrer o mar com mais tranquilidade poderá investir em um passeio de caiaque. O passeio parte de Hahei Beach, tem duração de 3h a 4h e custo a partir de NZD 105.

Nova-zelandia

Hot Water Beach

Só o mar e a paisagem de Hot Water Beach, localizada na Mercury Bay, já seria motivo suficiente para uma visita a essa praia, mas há um plus que leva dezenas de turistas todos os dias até lá: as fontes termais à beira-mar. Quem visita Hot Water Beach pode curtir a experiência de ter a sua própria fonte geotérmica na praia. Para isso, basta cavar alguns centímetros da areia e ver minar a água quente na sua piscininha. A água alcança até 64°C. É o sonho de toda criança (e adulto) à beira-mar. Para ver o fenômeno, será necessário fazer a piscina durante a maré baixa, sendo assim, é importante consultar a tábua das marés antes de ir. Para ajuda os turistas, lojas da região oferecem o aluguel de pás que auxiliam na hora de cavar os buracos na areia. Bem melhor e mais prático que cavar com as mãos.

Empresas que realizam passeios pela Cathedral Cove e a Península de Coromandel

Coromandel-e-a-cathedral-cove

Outros passeios pela Península de Coromandel

Quem tiver mais tempo na Nova Zelândia e quiser investir em mais dias na Península de Coromandel poderá aproveitar e conhecer outras regiões. Uma boa pedida para explorar a natureza do Coromandel Forest Park (no centro da península) é fazer a Pinnacles Walk, no Kauaeranga Valley. Essa trilha, com 4h a 5h de duração, segue por dentro da mata preservada e oferece lindas vistas para a Península de Coromandel. O trajeto passa pela trilha que servia de caminho para os animais de carga que transportavam metais preciosos no início do século XX. A Pinnacles Walk pode ser percorrida em um ou dois dias. O acesso de carro à trilha é pelo Department of Conservation-Kauaeranga Visitor Centre, na ponta sul do Coromandel Forest Park.

Se o objetivo for ver outras belas porções de areia, invista em um passeio até New Chum Beach. Considerada uma das mais bonitas da Nova Zelândia, essa praia é pouco frequentada até mesmo pelos moradores, por isso é ótima pedida para quem gosta de lugares mais tranquilos. A trilha que leva até lá tem 1,5 km e é de nível fácil. O melhor horário para visitá-la é na maré baixa e o acesso é pela Whangapoua Beach, localizada a 35 km de Whitianga.

Onde se hospedar para visitar a Cathedral Cove e a Península de Coromandel

A principal base de hospedagem na Península de Coromandel é Whitianga, cidade que oferece mais opções de hotéis, restaurantes e passeios na região. Whitianga está localizada a 37 km do acesso principal para da trilha da Cathedral Cove. Outra opção para hospedagem na região é a pequena Hahei, cidade à beira de uma linda praia e de onde partem passeios de barco e com mergulho para Cathedral Cove e arredores. Para quem está viajando de campervan, motorhome ou busca uma hospedagem com preços mais acessíveis, vale conferir o Hot Water Beach Top 10 Hollyday Park, o Hahei Holiday Resort e o Harbourside Holiday Park. Veja outras opções de hospedagem na Península de Coromandel.

Coromandel-e-a-cathedral-cove

Como chegar a Coromandel

Coromandel forma uma península na Costa Leste da Ilha Norte da Nova Zelândia. O acesso de carro é pela SH 25, que corta toda a região. Para quem pretende viajar por via áerea, o aeroporto mais próximo é o Aeroporto de Auckland (AKL), distante 156 km de Coromandel. Vale também tentar voos para o Aeroporto de Tuaranga (TRG), a 173 km, e para o Aeroporto de Hamilton (HLZ), distante 157 km, mas com bem menos opções de voo se comparado a Auckland.

Coromandel, Ilha Norte, Coromandel

Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove Coromandel-e-a-cathedral-cove
Avalie Coromandel e a Cathedral Cove