Nova Zelândia

Fiordland National Park com Milford Sound e Doubtful Sound

0 avaliação
0% recomendam
0

A dramaticidade do cenário que envolve a Fiordland é mesmo de apaixonar. Classificado, desde 1990, como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e localizado no sudoeste da Ilha Sul da Nova Zelândia, o Fiordland National Park está entre as mais remotas e grandiosas regiões do país. Com paisagens que envolvem florestas, picos nevados, fiordes, lagos cristalinos e belas cachoeiras, Fiordland é o paraíso tanto para amantes de trilhas quanto turistas que preferem a comodidade de passeios com fácil acesso. Todos poderão entrar em contato com cenários incríveis, como os dos fiordes Milford Sound e Doubtful Sound

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Fiordland é formada por quatorze fiordes, sendo muitos deles cortados por algumas das mais famosas trilhas do país, entre elas a Milford Track, a Kepler Track e a Routeburn Track. Quanto mais você desejar conhecer, mais tempo deverá investir no Fiordland National Park, afinal, esse é o maior parque nacional da Nova Zelândia e cobre uma área de 1,2 milhão de hectares. Para ver as atrações mais populares, que estão a caminho do Milford Sound, será necessário um dia inteiro na região. O tempo é suficiente para fazer o famoso cruzeiro pelo Milford Sound e também algumas pequenas paradas ao longo da estrada para ver o Mirror Lakes e o Lago Gunn, os dois apenas para observar e fazer algumas fotos. 

Se quiser investir também no cruzeiro pelo Doubtful Sound, fique mais um dia na Fiordland. Entretanto, se o desejo for mesmo de encarar uma das trilhas da Fiordland, serão necessários mais dias de aventura. Estamos falando de uma região com mais de 500 km de trilhas a serem percorridas pelos turistas apaixonados por trekking e as principais rotas levam entre três e cinco dias para serem vencidas.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Milford Sound

Milford Sound é uma das mais populares e famosas atrações da Nova Zelândia. Esse fiorde, com 16 km de extensão até o mar, é o único acessível por estrada. Por esse motivo, é o mais visitado do Fiordland National Park. Apesar de a estrada levar até a beira do fiorde, é no passeio de cruzeiro pelas águas entre as montanhas que se pode perceber toda a imensidão do lugar. A natureza que envolve o Milford Sound é de causar comoção entre os turistas. Os paredões rochosos são imponentes e as quedas d’água, que se multiplicam em dias de chuva, alcançam até cem metros de altura. A depender do dia, será possível até ver focas e golfinhos em Milford Sound. Tudo é cercado por uma água escura, repleta de mistérios e que a todo momento reflete a natureza como um espelho, duplicando a beleza da região.

A melhor maneira de ver Milford Sound de perto é em um passeio por dentro do fiorde. O tour mais famoso e procurado entre os turistas é o cruzeiro de barco, que percorre as águas entre as enseadas e mostra bem de perto toda a natureza que recobre esse cenário mágico da Nova Zelândia. O cruzeiro pode ser feito durante o dia ou à noite, com direito a dormir no barco e acordar em meio ao fiorde. Uma experiência sensacional! Várias empresas oferecem diferentes roteiros de barco. Entre as mais famosas está a Real Journeys, que tem tanto o tour diurno quanto norturno. O custo de um cruzeiro, com duas horas de duração, é a partir de NZD 75. O pernoite em barco no fiorde é a partir de NZD 330.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Quem preferir uma experiência mais intimista, pode experimentar o passeio de caiaque pelas águas de Milford Sound. O tour permite ver de perto os paredões rochosos e algumas das quedas d’água que enriquecem a paisagem. O passeio de caiaque tem custo a partir de NZD 120 e o tempo médio do percurso é de 4h. 

Se o seu negócio não é água, que tal um sobrevoo pelo fiorde? Em Milford Sound, há passeios de helicóptero para quem deseja ver a Fiordland por outro ângulo. O preço é salgado e um sobrevoo não sai por menos de NZD 330, sendo que as melhores rotas de voo podem chegar a NZD 1000.

Como chegar a Milford Sound

As cidades mais próximas de Milford Sound são Te Anau e Manapouri. A via de acesso a Milford Sound é a State Highway 94, também chamada de Milford Road. A partir de Queenstown, são 290 km e o tempo médio da viagem é de 4h. Para quem sai de Te Anau (cidade base mais próxima) são 120 km percorridos em 2h30. O tempo é válido para viagens sem paradas. Entretanto, como a estrada é linda e há belas atrações no caminho, calcule mais tempo para chegar a Milford Sound. Com uma boa sobra, você não correrá o risco de perder o cruzeiro de barco. A estrada é em pista simples, passa pelo espetacular túnel Hommer (cavado dentro da rocha) e costuma ter trânsito lento. Mantenha sempre a atenção, mas não deixe de dar uma espiadinha na paisagem e de parar nas atrações do caminho, como o Mirror Lakes.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Para quem está em Queenstown e quer conhecer o Milford Sound, vale pegar um passeio com transfer ou o ônibus que faz paradas em Te Anau e Milford Sound. O passeio, com serviço de transfer, tem custo a partir de NZD 150. Já a passagem de ônibus, com trecho operado pela InterCity, tem custo médio de NZD 44. O ideal é comprar a passagem com antecedência e, no caso de fazer o cruzeiro no mesmo dia, sair no horário mais cedo de Queenstown.

Atenção! Não há postos de combustíveis em Milford Sound. O último ponto de abastecimento é Te Anau. Fique atento e saia com tanque cheio.

Doubtful Sound

Doubtful Sound é o mais profundo e o segundo mais longo fiorde da Nova Zelândia (três vezes mais longo que o Milford Sound). As águas calmas desse fiorde alcançam mais de 400 metros de profundidade e é possível percorrê-lo por mais de 40 km até o encontro com o mar. É um cenário grandioso, porém menos visitado e menos famoso que o vizinho Milford Sound. Apesar de ser bem menos conhecido, Doubtful Sound é um belo passeio para os amantes de paisagens. 

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

O passeio pelo Doubtful Sound é bem diferente se comparado ao Milford Sound, a começar pelo fato de que não é possível chegar até ele de carro. O trajeto que leva a esse fiorde começa com um passeio de barco pelas águas do Lago Manapouri. Na sequência, um ônibus leva os viajantes até o acesso ao fiorde. A estrada, que segue pelo Wilmot Pass, oferece lindas paisagens, com direito a vista para a densa floresta que recobre a Fiordland. 

Ao chegar à beira do fiorde, os viajantes poderão fazer passeios de barco ou caiaque, assim como no Milford Sound. O percurso pelo Doubtful Sound segue em meio ao fiorde, onde é possível ver cachoeiras, golfinhos e chegar até o Mar de Tasman, por lá, encantadoras focas completam o visual. O ponto alto do passeio é a parada em um ponto inóspito onde o que reina é o silêncio da natureza. O passeio pelo Doubtful Sound tem 3h de duração, mas o trajeto total leva mais de 7h. O custo da viagem, se comparado ao Milford Sound, é bem salgado: o tour para Doubtful Sound não sai por menos de NZD 240. Se puder fazer apenas um dos passeios pelos fiordes, recomendamos o do Milford Sound.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Como chegar a Doubtful Sound

A cidade base para realizar o passeio até Doubtful Sound é Manapouri, de onde partem os cruzeiros que levam até o fiorde. Não é possível chegar de carro até Doubtful Sound, por isso um tour é obrigatório. O trajeto de Queenstown até Manapouri tem 170 km e o tempo médio da viagem é de 2h30. A partir de Te Anau, o trajeto até Manapouri tem 21 km.

Onde se hospedar para visitar a Fiordland

As principais cidades para quem deseja visitar a Fiordland são Te Anau e Manapouri, além de Queenstown, já bem mais distante. Te Anau é a cidade mais próxima do Milford Sound (120 km) e também a maior da região. Em Te Anau será fácil encontrar opções de hospedagem, restaurantes e lojas de serviço. A cidade também oferece aos visitantes o Lago Te Anau, de onde se tem um belo pôr do sol para descansar ao final do passeio pela Fiordland.

Se estiver viajando de campervan e motorhome e quiser uma bela vista para o Lago Te Anau, tente hospedagem no Te Anau TOP 10 Holiday Park, no Te Anau Lakeview Kiwi Holiday Park & Motels e no Te Anau Kiwi Holiday Park and Motels. Outras boas pedidas, também de frente para o lago, são o Lakeside Motel & Apartments, o Fiordland Lakeview Motel and Apartments e o Kingsgate Hotel Te Anau. Para economizar, vá ao YHA Te Anau. A cidade é bem pequena e nenhuma localização será ruim, mas é claro que uma boa vista para o Lago sempre agrada!

Veja mais opções de hospedagem em Te Anau.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Manapouri é uma cidade bem pequena à beira-lago e tem pouco mais de trezentos habitantes. A região é especialmente interessante para quem pretende fazer os passeios pelo Doubtful Sound. Caso opte por se hospedar em Manapouri, fique atento, porque as opções são bem limitadas. Em Manapouri, também é menor a oferta de lojas e restaurantes, o que pode ser um problema para quem chegar à cidade durante a noite. 

Para quem está viajando de motorhome e campervan, as opções são o Manapouri Motels and Holiday Park, o Manapouri Motorhome and Campervan Park e o Possum Lodge Motel and Holiday Park. Se o desejo for por um quarto, vale também conferir o Murrells Grand View House e o Manapouri Lakeview Motor Inn.

Veja as opções de hospedagem em Manapouri.

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound

Empresas que realizam passeios pela Fiordland

Te Anau, Ilha Sul, Te Anau

Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound Fiordland-com-milford-sound-e-doubtful-sound