Nova Zelândia

Glaciar Fox e Glaciar Franz Josef

0 avaliação
0% recomendam
0

A incrível formação de geleiras tão próximas ao Mar de Tasman é o grande destaque do Westland Tai Poutini National Park, localizado na Costa Oeste da Ilha Sul da Nova Zelândia. Bem próximos à areia da praia, crescem os espetaculares Glaciar Fox e o Glaciar Franz Josef. O cenário é inacreditável, especialmente para quem chega pela estrada e passa, poucos minutos antes, pelo mar. Os dois glaciares estão entre os mais fáceis de serem visitados em todo o mundo e são passeios imperdíveis para quem está na Nova Zelândia. As duas galerias são alimentadas pelos Alpes do Sul e se encontram com uma densa floresta temperada localizada a apenas 300 metros do mar. Em um mesmo dia, as geleiras se movimentam até quatro metros e, com um pouco de sorte, será possível ouvir o barulho do gelo em deslocamento. 

Glaciar-franz-josef

Para visitar os dois glaciares pela trilha a pé será necessário apenas um dia de viagem, mas o ideal é ficar um pouco mais na região para aproveitar outras atrações, como o Lago Matheson, um dos mais fotografados do país e que oferece linda vista para o Mount Cook. A região dos glaciares também agrada com diversas opções de passeios que permitem diferentes experiências, como as trilhas sobre os glaciares, sobrevoos e escaladas no gelo. Quanto mais tempo, mais calma você terá para curtir essas maravilhas geladas.

Glaciar Franz Josef

Em menos de quinze minutos de caminhada a partir do estacionamento de acesso, já será possível avistar o Glaciar Franz Josef, um dos mais belos da Nova Zelândia. Essa galeria conta com 29 km² de área de gelo e chega a 10 km de comprimento, sendo o ponto mais baixo a apenas 300 metros do nível do mar. O primeiro ponto de observação dessa geleira é facilmente acessível por todos os turistas e por isso mesmo ele é muito visitado. Para chegar pela trilha até o ponto mais próximo do Franz Josef, será necessária uma caminhada de 45 minutos. O trajeto é leve, bem sinalizado e durante todo o caminho será possível apreciar o glaciar. O percurso passa por formações rochosas, córregos e cachoeiras de água de degelo. É uma trilha muito popular e por isso você nunca estará sozinho. Em dias de sol, é possível até pegar um certo engarrafamento durante a caminhada. Vale dizer que o acesso a pé ao Glaciar Franz Josef é gratuito.

Glaciar-franz-josef

O Glaciar Franz Josef é uma excelente pedida para quem precisa escolher apenas um dos glaciares para visitar. É um passeio completo que pode incluir ainda um espetacular sobrevoo de helicóptero, com direito a pouso no topo do glaciar e vista para o Mount Cook. Vale ainda contratar passeios que cheguem até o Glaciar Fox. É uma experiência inesquecível e só mesmo do alto para ter a noção da dimensão dessas obras da natureza. O sobrevoo de helicóptero pode ser contratado na Vila de Franz Josef (que conta com pouco mais de 300 habitantes e oferece hospedagem, restaurantes e serviços para os visitantes) ou na estrada de acesso ao glaciar (será fácil ver os anúncios no caminho). Os sobrevoos têm custo a partir de NZD 245 e tempo de duração a partir de 20 minutos.

Glaciar-franz-josef

Outras opções para conhecer ainda mais de perto o Glaciar Franz Josef são o trekking e a escalada no glaciar. Os dois passeios têm acesso ao glaciar em voo de helicóptero. Depois do pouso, os turistas são guiados em meio à geleira. Um experiência ainda mais emocionante! Os trekkings têm custo a partir de NZD 459, com duração média de 4h. Já as escaladas, mais direcionadas para profissionais, têm custo a partir de NZD 575. 

Se estiver com um tempinho de sobra, vale ainda investir em passeios para a prática de rafting, caiaque e, quem sabe, até um salto de paraquedas pela região. Ao final dos passeios, dê um pulo no Lago Mapourika. Com belo visual e águas tranquilas, o lago é boa pedida para relaxar. Outra parada excelente para descanso são as piscinas quentes naturais do Glacier Hot Pools, que oferece espaços coletivos e privativos para banhos quentinhos em meio ao verde da floresta temperada.

Glaciar-franz-josef

Glaciar Fox

O Glaciar Fox conta com 32 km² de área de gelo e mais de 13 km de comprimento. Assim como o Franz Josef, o Fox também chega bem perto do nível do mar. O acesso ao Glaciar Fox é bastante tranquilo e a caminhada levará meia hora até o ponto mais próximo de observação. Diferente do Franz Josef, não será possível ver o Fox durante todo o trajeto, mas o passeio é igualmente bonito. Prepare o fôlego para a subida final, que exige um pouco mais dos turistas. Nada que algumas paradinhas para respirar não resolvam. Em algumas partes da trilha, o pit stop não é permitido, devido ao risco de deslizamentos de pedras, mas, no geral, a parada para respiro está garantida! Para ver o Glaciar Fox bem iluminado e fazer lindas fotos, dê preferência ao passeio ao meio dia, quando as montanhas não formam sombra no glacial. Caso vá ao final da tarde, haverá um pouco de sombra, mas o belo pôr do sol vai compensar! 

Glaciar-fox

Quem pretende ir um pouco além na visita não pode perder a chance de sobrevoar o Glaciar Fox, fazer trekking, escalar a geleira e até mesmo saltar de paraquedas. Os passeios oferecem o grau de aventura ideal para todos os viajantes. O preço, entretanto, pode não agradar a todos os bolsos. Os sobrevoos de helicóptero têm custo a partir de NZD 245 e podem ultrapassar NZD 500 a depender do tempo e rota escolhidos. Para os trekkings pelo glacial, os valores começam em NZD 459 e o custo sobe de acordo com a complexidade e tempo da experiência. Para as escaladas no gelo, dificilmente será possível um passeio por menos de NZD 550. A boa notícia é que o mirante é gratuito!

Bem pertinho do Glaciar Fox, está o belíssimo Lago Matheson. Não deixe de fazer uma parada para fotos nesse lago, especialmente no Jetty Viewpoint. Com tempo bom e sem vento, será possível ver o Mount Cook refletido no espelho d’água do lago e ainda tomar um bom café ou chocolate quente com vista para as montanhas. Um espetáculo admirável!

Dica: não deixe de levar lanche para as trilhas. Não há locais com venda de comida nos arredores dos glaciares, apenas nas vilas. Faça algumas comprinhas antes para não precisar correr de volta por causa de fome. Agasalhos e roupas impermeáveis também são bem-vindos, já que a mudança de tempo é constante e é comum a incidência de chuva nessa região. 

Glaciar-fox

Empresas que realizam passeios pelo Glaciar Fox, Glaciar Franz Josef e região

Como chegar ao Glaciar Franz Josef e ao Glaciar Fox

Localizados na Costa Oeste da Ilha Sul da Nova Zelândia, na região conhecida como Glacier Country e dentro do Westland Tai Poutini National Park, os glaciares Franz Josef e Fox têm acesso de carro pela State Highway 06 (SH-06). Os aeroportos mais próximos para quem pretende chegar de avião são o Aeroporto de Queenstown e o Aeroporto de Hokitika.

A distância entre os dois glaciares é de 23 km e ambos são servidos por pequenos vilarejos que funcionam como base para os visitantes. Nos locais, há restaurantes, agências de turismo, postos de combustível e mercadinhos. O Franz Josef está localizado a 170 km de Greymouth, 380 km de Christchurch, 350 km de Queenstown e 286 km de Wanaka. Nos dois glaciares, há estacionamentos públicos para deixar o carro, campervan e motorhome. Fique atento para não esquecer a porta do veículo aberta. Há diversos alertas sobre o furto de objetos no interior dos carros. Ao chegar na área de acesso aos glaciares, onde está o estacionamento, será necessário percorrer um trecho a pé, em trilha fácil.

Para chegar aos glaciares de ônibus, há rotas com saída de Queenstown e Greymouth. Outra boa pedida é pegar o ônibus em Wanaka. A passagem tem custo médio de NZD 62. A rota é operada pela Intercity.

Glaciar-franz-josef

Onde se hospedar para visitar o Glaciar Franz Josef e o Glaciar Fox

Os glaciares Franz Josef e Fox estão localizados bem próximos um ao outro. Apenas 23 km separam as duas atrações. Qualquer que seja a região escolhida para hospedagem entre os dois glaciares, não haverá problemas de deslocamento. As opções com acesso mais fácil aos glaciares são os vilarejos que servem de base a cada um deles. Tudo bem pertinho e prático. Tanto a vila do Franz Josef quanto a vila do Fox são boas pedidas.

Na região do Glaciar Franz Josef, boas opções para hospedagem e também para campervans e motorhomes são o Franz Josef Top 10 Holiday Park e o Rainforest Retreat. Vale ainda conferir o Aspen Court Franz Josef, The Terrace, o Franz Josef Montrose, o Franz Josef Oasis, o Alpine Glacier Motel, o 58 On Cron Motel e, para economizar, o YHA Franz Josef. À beira do Lago Mapourika, vale conferir o Otto/Mac Donalds Camping Ground. 

Veja mais opções de hospedagem no Glaciar Franz Josef.

Na área do Glaciar Fox, os destaques para campervans e motorhomes são o Fox Glacier Top 10 Holiday Park e o Fox Glacier Lodge. Vale dar uma olhada também em opções como o Rainforest Motel, o Sunset Motel, o Bella Vista Accommodation Fox Glacier, o Mt Cook View Motel e o Ivorytowers Backpacker Lodge.

Veja mais opções de hospedagem no Glaciar Fox.

Quem preferir se hospedar em um local com mais infraestrutura ou estiver viajando do norte para o sul poderá optar pela cidade de Hokitika (134 km Franz Josef), Greymouth (173 km do Franz Josef) ou, no caso de quem chega do sul da ilha, a cidade de Wanaka (262 km do Fox).

West Coast, Ilha Sul, Greymouth

Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-franz-josef Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox Glaciar-fox
Avalie Glaciar Fox e Glaciar Franz Josef