Maputo

Tunduru

1 avaliação
100% recomendam
8,0

Este belo refúgio verde em meio ao concreto foi criado em 1885 pelo paisagista inglês Thomas Honney, responsável pela concepção dos jardins do rei da Grécia e do sultão da Turquia. O local, que abriga uma série de espécies de plantas indígenas exóticas, é excelente para uma caminhada ou momentos de relaxamento sob árvores frondosas.

Ao visitar o parque, não deixe de admirar o belo arco que fica na entrada, em estilo neomanuelino. A peça foi colocada no local em 1924, na ocasião do aniversário de morte do navegador Vasco da Gama. Outra obra de arte que pode ser vista em frente ao arco é a estátua do presidente Samora Machel, feita por escultores norte-coreanos.   

Uma fonte Wallace de ferro fundido — com quatro figuras femininas sustentando uma cúpula — também faz parte do "acervo" do parque. A peça foi fabricada pela Fonderies d'Art du Val d'Osne e uma das teorias existentes é a de que ela foi trazida para Maputo pelas mãos do engenheiro francês Eugène Tissot. 

Dica do MD: dentro do jardim botânico há um supercentro de informação ao turista. Leia mais sobre ele aqui.


Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru Jardim-botanico-tunduru
Avalie Tunduru

  1. Missing carlos martins
    há 6 meses
    8,0
    Bom

    Paz e frescura.

    Avaliacao-tunduru Avaliacao-tunduru Avaliacao-tunduru
    Seja o primeiro a comentar essa avaliação. Cadastre-se ou faça login.