Compras em Madri

Não é nada complicado descobrir onde fazer compras em Madri. Pelo contrário. Diante de preços dos bons preços fica difícil resistir e não gastar mais do que o planejado. Em meses como janeiro e fevereiro, julho e agosto as lojas fazem grandes promoções, ou rebajas, como se costuma dizer. Se fazer compras é um dos seus motivos para viajar, é bom até guardar um espaço na mala para as novas aquisições. Apesar de o euro não favorecer muito as compras, é fácil encontrar boas oportunidades, se comparar com os preços do Brasil.

Uma grande atração no quesito compras é a rede El Corte Inglês, que domina a Espanha. É como um shopping, onde você encontra todo tipo de produto, de diferentes marcas - tudo num mesmo edifício, cada andar com um tema. A loja ainda permite ainda 10% de desconto para não residentes; basta levar o passaporte e procurar o SAC da loja. 

Para quem quer encontrar um pouco de tudo numa mesma região, lugares indicados são a Gran Vía, os arredores da Puerta do Sol, a Calle Fuencarral, o shopping Príncipe Pio e ABC Serrano, além do Rastro, um mercado a céu aberto que acontece aos domingos no bairro de La Latina. As principais redes de lojas estão instaladas nesses lugares, e além de serem ótimos pólos de compra na cidade são bons para quem quer também fazer um lanchinho. Zara, Mango, El Corte Inglês, H&M, Bershka, FNAC e muitas outras lojas menores são algumas lojas que você pode visitar ao passear por Madri.

Os supermercados são também uma excelente fonte para comprar produtos diferentes, entre eles vinhos, azeites e chocolates, por exemplo. Uma dica importante quando pensar em fazer compras é lembrar que lojas de pequeno porte ou em cidades do interior costumam ficar fechadas para a siesta, um horário de descanso entre 14h e 17h.

 

Reembolso de Impostos
Assim como em outros países, é possível turistas que vivam fora da Europa requeiram o reembolso dos impostos embutidos nas compras feitas durante uma viagem e recebam de volta até 15% do valor pago em suas compras. Na Espanha, desde meados de 2018, não há valor mínimo de compras para requerer o tax free. Também não há necessidade desse valor ser comprado em um único dia, sendo possível guardar notas fiscais de até três meses antes do retorno ao país de origem. 

1 - Durante a viagem lembre-se de juntar todas as notas fiscais de compras e os comprovantes de pagamento, caso a compra tenha sido paga com cartão de crédito. 
Pouco antes de voltar ao Brasil, leve as notas até a loja em que foram feitas as compras e você receberá um formulário do tax free. 

2 - Já no aeroporto, procure a área da alfândega, onde o turista deve pegar o carimbo do tax free. Nesse local você deverá estar em posse do formulário de tax free feito pela loja em que foram realizadas suas compras, notas fiscais, passaporte e os produtos comprados (sim, o funcionário pode pedir para ver os produtos comprados). Após checagem do funcionário local, seus formulários devem ser carimbados! Sem carimbo da alfândega não há reembolso de impostos! 

3 - Com seu formulário carimbado, é chegada a melhor parte: receber seu imposto de volta! Essa etapa ocorre após o despacho de suas bagagens na companhia aérea e após passagem pelo raio-X, já na área de embarque. Procure por uma espécie de "banco" das empresas credenciadas que realizam o reembolso das taxas, e dirija-se ao local em posse de seu documento e formulário do tax free carimbado pela alfândega. Após conferência do funcionário da empresa que realiza o tax free, você poderá escolher se prefere seu reembolso no cartão de crédito ou espécie, por exemplo. 

No site da Global Blue você encontra todas as informações necessárias para realizar seu reembolso e pode até consultar o status de reembolso de suas compras. 

Tudo que você precisa saber sobre Madri!

Esse texto sobre Compras em Madri faz parte do guia de Madri no Melhores Destinos

Comentários para Compras em Madri

  • Ayz96 Silvia Oliveira há mais de 7 anos

    Assim como o La Roca Village de Barcelona, o outlet Las Rozas Village de Madri é especializado nas grandes grifes com descontos que chegam a 70%. Para chegar lá é só pegar um trem na estação Atocha até a estação El Pinar de Las Rozas. São 40 minutos de viagem. O outlet fica a três quilômetros dali. Este trecho pode ser feito de táxi. Não fica caro, principalmente se você estivar viajando acompanhado. De ônibus, pegue os autobuses 625, 628 e 629 que saem da estação de ônibus Moncloa a cada 20 minutos e chegam — também 40 minutos depois — ao complexo de lazer Herón City, em frente do Las Rozas Village. Calle Juan Ramón Jiménez, 3. De segunda a sexta e domingos e feriados de 11h-21h. Aos sábados, 11h-22h.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.