Ilha Grande

O intenso verde do mar se mistura à Mata Atlântica e os olhos não são capazes de definir qual o mais belo cenário para mirar. Perder-se entre praias paradisíacas e o transparente das águas que circulam a Ilha é fácil. Não é exagero. São 193 km² de pura beleza preservada. É lugar para quem gosta de contato direto com a natureza, muito verde e um pouco de vento no rosto, afinal, é quase impossível resistir a um passeio de lancha pela Ilha Grande.

A Costa Verde do Rio de Janeiro tem atraído cada vez mais visitantes de todo o país. É um dos principais destinos do estado para quem busca sol, mar e, claro, muitas ilhas. Parte do município de Angra dos Reis e localizada a apenas 150 km da cidade do Rio de Janeiro, a Ilha Grande forma com Paraty uma excelente dobradinha para os amantes do mar. São mais de 100 praias e algumas dezenas de ilhas que podem ser visitadas a partir da Ilha Grande. Um destino que ainda preserva as características naturais, onde é possível curtir praias com rios e lagos de água doce, cachoeiras, mangues, trilhas para trekking e muitos passeios de barco e de lancha. 

Praia-do-aventureiro

Há alguns anos, a Ilha Grande ainda era um destino considerado muito rústico. A ilha mudou bastante e hoje tem o turismo bem desenvolvido. Há boa oferta de pousadas, hostels e campings, muitos restaurantes, agências de turismo que proporcionam passeios maravilhosos e até algumas lojinhas para compras. Mas os que ainda preferem ilhas praticamente desertas não precisam se preocupar! A ilha tem infraestrutura turística em poucas vilas. A maior delas é a Vila do Abraão, com apenas 3.000 habitantes. E bastará você escolher uma das trilhas para seguir adiante que, em poucos quilômetros, já terá a sensação de ser o único a viver na Ilha Grande. Esse paraíso é para todos, tanto para os que preferem agito e companhia quanto para os que curtem contato total com a natureza, apenas ela e nada mais. 

Praia-do-aventureiro Praia-do-caxadaco Ilha-botinas Praia-da-piedade Praia-dos-meros

Visitar a Ilha Grande depende de um pouco de organização e tempo. Não é recomendável ir e voltar em apenas um dia. Por isso, programe-se para passar ao menos três dias por lá. Independente de onde o visitante chegue, o trajeto final até a ilha sempre será feito de barco. Não existem pontes ligando Ilha Grande ao continente e carros não são permitidos por lá. Tudo se resolve no chinelo, na bike ou em um trajeto de barco. E como é bom passar alguns dias sem ver nenhum carro ou sem ficar preso em engarrafamentos... Quem reina na Ilha Grande são os pés, não as rodas — nada melhor do que isso para descansar e relaxar de verdade. Desapegue do volante e aproveite cada passo nesse paraíso! 

Ilha-grande

A Ilha Grande já foi território indígena antes de ser conquistada por europeus, sob seu domínio, foi terra de grandes fazendas de café, porto de chegada de escravos e até sede de prisão de segurança máxima (com direito à fuga cinematográfica e tudo). Hoje ela é destinada à maravilhosa arte de ser feliz. Calce o seu chinelo, não esqueça o protetor solar e aproveite dias incríveis em um dos mais lindos destinos de praia do Rio de Janeiro. É hora de deixar o cinza da cidade de lado para curtir a Costa Verde. 

Ficou com vontade de conhecer mais sobre o lugar? Preparamos um guia completo com várias dicas, as principais praias, os passeios de barco, as trilhas, muitas pousadas, tudo sobre como chegar, quando ir e onde comer na Ilha Grande.