Ilha de Páscoa

Pontos turísticos da Ilha de Páscoa

A Ilha de Páscoa é cheia de pontos turísticos: vulcões, praias, sítios arqueológicos e moai. É um lugar muito interessante para quem gosta de entender antigas civilizações e seu modo de vida.

Antes de começar a ver, de fato, os grandes atrativos da ilha, recomendamos conhecer o Museu Antropológico, que, apesar de um pouquinho cansativo pela quantidade de painéis, é uma ótima oportunidade para entender a história de Páscoa e suas peculiaridades a partir de uma fonte confiável. Saber o contexto e a história da ilha Rapa Nui é a melhor ideia para compreender a grandiosidade de seu povo. 

Sem dúvida, a atração principal da ilha são os moai, estátuas contruídas em culto aos antepassados e aos chefes das tribos que viviam por lá. Os moai foram esculpidos nas encostas do vulcão Rano Raraku, onde hoje há um parque incrível que chamamos de "fábrica de moai". Depois de contruídos, os moai eram transportados até plataformas (ahu) e posicionados mirando o interior da ilha de forma a proteger o povo. 

Hoje em dia grande parte dos moai da Ilha de Páscoa encontram-se derrubados. A causa do derrubamento das estátuas deve-se, possivelmente, às guerras internas entre tribos e à posterior falta de crença no que os moai representavam. Desse modo, apenas cerca de 50 moai estão de pé, graças ao trabalho de restauração feito nas últimas décadas. As plataformas que você não deve deixar de conhecer são: Ahu Tongariki, com 15 moai em pé, onde se vê o nascer do sol mais bonito da ilha; Ahu Nau Nau, que fica junto à Playa Anakena; Ahu Akivi, onde diz-se que estão os únicos moai mirando o horizonte; e Ahu Vai Uri (Tahai), com o melhor pôr do sol de Páscoa.

Para além das estátuas de pedra, não deixe de admirar as paisagens naturais, incluindo os vulcões inativos Rano Raraku e Rano Kau, com uma vista simplesmente espetacular. Orongo e Rano Raraku são parques igualmente importantes e pontos turísticos imperdíveis; por isso, são os únicos em que a entrada é paga. Se em Rano Raraku observam-se inúmeros moai em distintos tamanhos, posições e estados de composição, Orongo é o lugar para admirar o visual e entender uma tradição criada após a queda dos moai, a cerimônia do homem-pássaro, quando uma tribo era incumbida de "gerenciar" a ilha. 

Confira abaixo os pontos turísticos da Ilha de Páscoa. 

  • Ahu-akivi

    Ahu Akivi

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Ahu Akivi é uma plataforma com sete moai em pé, que se destaca dos demais por não estar na costa - diz-se que essa é a única plataforma que está mirando o horizonte. 

    O lugar fica em uma área de estradas com buracos e não é um dos pontos mais importantes da ilha para se conhecer (especialmente se...

  • Ahu-nau-nau

    Ahu Nau Nau

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Ahu Nau Nau é uma plataforma que fica na praia de Anakena e tem vários moai em pé. 
    É um lugar muito interessante para conhecer, devido à localização belíssima e à boa conservação dos moai, que possuem traços faciais bem marcados.

    O melhor horário para tirar fotos desse ahu...

  • Ahu-tongariki

    Ahu Tongariki

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Ahu Tongariki é aquele local que você não pode deixar de conhecer durante a viagem. É um dos pontos turísticos mais visitados de Páscoa porque concentra em sua plataforma (ahu) 15 moai em pé. 

    É difícil descrever um lugar tão incrível; todos os turistas que o visitam ficam admirados com a...

  • Museu-antropologico

    Museu Antropológico P. Sebastian Englert

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O pequeno Museu Antropológico reúne peças e informações a respeito de estudos e observações feitos na Ilha de Páscoa. Apesar de cansativo pela quantidade de painéis e leituras a fazer, é um lugar interessante para compreender os fatos da ilha por uma fonte criteriosa. 

    Entrada: $1.000

  • Orongo

    Orongo

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Orongo foi uma aldeia cerimonial onde acontecia a competição do homem-pássaro. O lugar tem várias casinhas construídas em pedras encaixadas uma sobre as outras, além de um visual para o Oceano Pacífico de tirar o fôlego. 

    O lugar está a cerca de 1000m de altura e foi palco de uma cerimônia que era...

  • Rano-raraku

    Rano Raraku

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Rano Raraku é um vulcão inativo cujas encostas foram utilizadas para esculpir os moai da Ilha de Páscoa. Por ter sido o lugar onde os moai eram criados, muita gente chama o lugar de "fábrica de moai". É muito interessante e imperdível. 

    Ao fazer sua visita, reserve ao menos três horas para o passeio, que pode...

  • Ahu-vai-uri-tahai

    Tahai

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Esse é, provavelmente, um dos primeiros pontos turísticos que você conhecerá na ilha. Por estar pertinho de Hanga Roa, é um ótimo lugar para curtir o visual e o fim de tarde, quando o sol se põe atrás dos moai.

    Tahai foi uma aldeia Rapanui que, além de possuir os ahus (plataformas onde ficam os moai), tinha...

  • Te-pito-kura

    Te Pito Kura

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Em Te Pito Kura, na orla nordeste da ilha, você poderá admirar o maior moai transportado desde Rano Raraku, com 10 metros de altura. O moai está caído desde seu derrubamento, há cerca de 200 anos, porém não está quebrado como outros moai de Páscoa. 

    Do lado esquerdo do moai há um pequeno aglomerado...

  • Rano-kau

    Rano Kau

    Nota: 4.5 de 10 (1)

    De forma bem concisa, Rano Kau é o vulcão mais bonito da ilha. Como os outros, o vulcão está inativo, mas, diferentemente dos demais, tem uma cratera bem definida, com um lago de mais de 200m de profundidade, cheio de vegetação em suas águas e árvores frutíferas ao redor, além de um belo mirante de onde...

  • Ahu-vaihu

    Ahu Vaihu

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    O Ahu Vaihu é uma plataforma de 8 moai derrubados que fica próxima à Baía Hanga Te'e. 
    A plataforma é interessante porque diversos moai possuíam "cabelos" quando estavam em pé e hoje encontram-se espalhados ao redor da plataforma por terem rolado durante a derrubada dos moai. 

    Esse lugar fica em...

  • Puna-pau

    Puna Pau

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    Puna Pau foi um vulcão cujas rochas avermelhadas eram utilizadas para a confecção dos pukaos, os "cabelos" dos moai. Por ter uma coloração diferente das demais pedras da ilha, esse local era como uma fábrica de pukaos

    É provável que os pukaos existentes nesse sítio fossem utilizados junto aos...

  • Terevaka

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    Maunga Terevaka é um dos vulcões inativos responsáveis pela formação da Ilha de Páscoa. O lugar guarda o ponto mais alto da ilha e, como não pode ser visitado com veículos motorizados, exige um bom exercício físico para ser conhecido. 

    De cima dos morros formados pelo Terevaka é...

  • Akahanga

    Akahanga

    Nota:  de 10 (0)

    Akahanga foi considerado um dos maiores assentamentos da Ilha de Páscoa. No lugar é possível observar moai deitados, resquícios de galinheiros, casas-botes (modelo de casa utilizado pelos povos nativos) e até cavernas. 

    Pelo fato de os moai desse sítio arqueológico não terem sido restaurados, o local é...

  • Ana-kai-tangata

    Ana Kai Tangata

    Nota:  de 10 (0)

    O que Ana Kai Tangata tem de escondida, tem de bonita. A caverna fica próxima do centrinho de Hanga Roa, por isso pode ser conhecida através de caminhadas.

    Seu interior é pequeno, com algumas pinturas ruprestes, sendo que o que mais chama a atenção no lugar é o visual para o mar e para as ondas que quebram à sua frente. A...

  • Ana Kakenga

    Nota:  de 10 (0)

    Ana Kakenga é uma caverna da Ilha de Páscoa conhecida como "a caverna de duas janelas". É um local pequeno, com vista perfeita para o mar, que fica ainda mais interessante se for visitada no final do dia, durante o pôr do sol.

    O passeio rende lindas fotos. Recomendamos conhecê-lo com o auxílio de uma lanterna, para ajudar...

  • Ana-te-pahu

    Ana Te Pahu

    Nota:  de 10 (0)

    Ana Te Pahu é uma área de cavernas e canais abaixo da terra, que mantiveram diferentes funções ao longo dos séculos. Hoje em dia o lugar tem várias árvores e por isso é chamado de "caverna das bananeiras", sendo possível fazer uma visitação interna.

    Antigamente o lugar era utilizado como...

  • Motu-taka-rua

    Motu Taka Rua

    Nota:  de 10 (0)

    O nome não é muito conhecido, mesmo entre as pessoas que vivem na ilha, mas se você tiver um tempinho livre, não deixe de passar por lá. Essa é uma parte da orla contrária a Tahai e que grande parte dos turistas acaba por não conhecer.

    A orla dessa região tem formações rochosas belíssimas, e...

  • Papa-vaka

    Papa Vaka

    Nota:  de 10 (0)

    Papa Vaka é um lugar de Páscoa com vários petróglifos - desenhos em pedras -, onde se pode admirar imagens feitas pelos rapanui. Os desenhos mostram objetos e imagens presentes no dia a dia dessa civilização e são bem interessantes, se você conseguir identificá-los. 

Tudo que você precisa saber sobre Ilha de Páscoa!

Esse texto sobre Pontos turísticos da Ilha de Páscoa faz parte do guia de Ilha de Páscoa no Melhores Destinos

Comentários para Pontos turísticos da Ilha de Páscoa

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.