Ilha de Páscoa

O que fazer na Ilha de Páscoa

Praias, vulcões, moai, cavernas, caminhadas com belas paisagens, restaurantes e shows - atrativos não faltam na Ilha de Páscoa, basta ter pique suficiente para conhecer todos eles. Muita gente diz que a ilha é pequena e que dois dias são suficientes para conhecê-la, e o ponto de vista não deixa de ser verdade; recomendamos, no entanto, quatro dias no destino para ver tudo com calma e fazer valer o tempo gasto dentro do avião. 

O primeiro local que indicamos visitar é o Museu Antropológico. O local, na verdade, não é tão interessante quanto os moai, mas vale muito a pena pelo conteúdo escrito nos painéis. Conhecer os acontecimentos e a história de Páscoa é fundamental para entender os pontos turísticos da ilha sem gastar muito. 

Como são muitos os atrativos, tente selecioná-los de acordo com seu tempo. Entre os lugares mais importantes e que você não deve deixar de visitar, inclua: Orongo e Rano Raraku, as duas únicas atrações que necessitam de ingresso; Ahu Tongariki, Anakena, Rano Kau e o Ahu Tahai - o melhor local para terminar a tarde. Para ir além do pacotão básico, vá a Ahu Akivi, Ahu Vaihu, Akahanga e Ana Kai Tangata. 

Quando chegar a noite, não pense que o dia terminou. Permita-se fazer um bom jantar, com direito a frutos do mar e peixes frescos e, se ainda tiver ânimo, vá a algum dos shows de dança que o local proporciona, pois vale a pena!

  • Ahu-akivi

    Ahu Akivi

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Ahu Akivi é uma plataforma com sete moai em pé, que se destaca dos demais por não estar na costa - diz-se que essa é a única plataforma que está mirando o horizonte. 

    O lugar fica em uma área de estradas com buracos e não é um dos pontos mais importantes da ilha para se conhecer (especialmente se...

  • Ahu-nau-nau

    Ahu Nau Nau

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Ahu Nau Nau é uma plataforma que fica na praia de Anakena e tem vários moai em pé. 
    É um lugar muito interessante para conhecer, devido à localização belíssima e à boa conservação dos moai, que possuem traços faciais bem marcados.

    O melhor horário para tirar fotos desse ahu...

  • Ahu-tongariki

    Ahu Tongariki

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Ahu Tongariki é aquele local que você não pode deixar de conhecer durante a viagem. É um dos pontos turísticos mais visitados de Páscoa porque concentra em sua plataforma (ahu) 15 moai em pé. 

    É difícil descrever um lugar tão incrível; todos os turistas que o visitam ficam admirados com a...

  • Empanadas Tia Berta

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Os locais garantem que quando o assunto é empanada não há melhor lugar para experimentá-las na Ilha de Páscoa. Com sabores como atum e camarão, as Empanadas da Tia Berta são boas opções de lanche ou refeição para quem quer economizar, com preços entre $2.500 e $3.000.

  • Museu-antropologico

    Museu Antropológico P. Sebastian Englert

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O pequeno Museu Antropológico reúne peças e informações a respeito de estudos e observações feitos na Ilha de Páscoa. Apesar de cansativo pela quantidade de painéis e leituras a fazer, é um lugar interessante para compreender os fatos da ilha por uma fonte criteriosa. 

    Entrada: $1.000

  • Orongo

    Orongo

    Nota: 5.0 de 10 (2)

    Orongo foi uma aldeia cerimonial onde acontecia a competição do homem-pássaro. O lugar tem várias casinhas construídas em pedras encaixadas uma sobre as outras, além de um visual para o Oceano Pacífico de tirar o fôlego. 

    O lugar está a cerca de 1000m de altura e foi palco de uma cerimônia que era...

  • Rano-raraku

    Rano Raraku

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Rano Raraku é um vulcão inativo cujas encostas foram utilizadas para esculpir os moai da Ilha de Páscoa. Por ter sido o lugar onde os moai eram criados, muita gente chama o lugar de "fábrica de moai". É muito interessante e imperdível. 

    Ao fazer sua visita, reserve ao menos três horas para o passeio, que pode...

  • Ahu-vai-uri-tahai

    Tahai

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Esse é, provavelmente, um dos primeiros pontos turísticos que você conhecerá na ilha. Por estar pertinho de Hanga Roa, é um ótimo lugar para curtir o visual e o fim de tarde, quando o sol se põe atrás dos moai.

    Tahai foi uma aldeia Rapanui que, além de possuir os ahus (plataformas onde ficam os moai), tinha...

  • Te-pito-kura

    Te Pito Kura

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Em Te Pito Kura, na orla nordeste da ilha, você poderá admirar o maior moai transportado desde Rano Raraku, com 10 metros de altura. O moai está caído desde seu derrubamento, há cerca de 200 anos, porém não está quebrado como outros moai de Páscoa. 

    Do lado esquerdo do moai há um pequeno aglomerado...

  • Vai-te-mihi

    Vai Te Mihi

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Vai Te Mihi é um grupo de dança da Ilha de Páscoa que faz apresentações semanais para os turistas que visitam o destino. O show é feito em um ambiente simples, em Hanga Roa, e inicialmente muita gente fica com o pé atrás por ser uma apresentação voltada para o turismo. No final do espetáculo,...

  • Ballet-kari-kari

    Ballet Kari Kari

    Nota: 4.5 de 10 (1)

    Kari Kari é um grupo de balé rapanui, famoso não apenas na ilha como também no continente. O grupo tem bons bailarinos e faz suas músicas sem auxílio de intrumentos modernos ou microfones - é tudo bem rústico. 

    A apresentação é bastante participativa: em diversos momentos do show os turistas...

  • Makona

    Makona

    Nota: 4.5 de 10 (1)

    Pequeno e quase escondido na rua principal de Hanga Roa, o Makona é daqueles restaurantes a que você vai uma vez e se supreende tanto com o sabor da comida que dá vontade de voltar. O serviço deixa um pouco a desejar se houver muita gente no lugar, pois, como em grande parte dos restaurantes na ilha, só há um atendente. O ...

  • Rano-kau

    Rano Kau

    Nota: 4.5 de 10 (1)

    De forma bem concisa, Rano Kau é o vulcão mais bonito da ilha. Como os outros, o vulcão está inativo, mas, diferentemente dos demais, tem uma cratera bem definida, com um lago de mais de 200m de profundidade, cheio de vegetação em suas águas e árvores frutíferas ao redor, além de um belo mirante de onde...

  • Ahu-vaihu

    Ahu Vaihu

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    O Ahu Vaihu é uma plataforma de 8 moai derrubados que fica próxima à Baía Hanga Te'e. 
    A plataforma é interessante porque diversos moai possuíam "cabelos" quando estavam em pé e hoje encontram-se espalhados ao redor da plataforma por terem rolado durante a derrubada dos moai. 

    Esse lugar fica em...

  • Puna-pau

    Puna Pau

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    Puna Pau foi um vulcão cujas rochas avermelhadas eram utilizadas para a confecção dos pukaos, os "cabelos" dos moai. Por ter uma coloração diferente das demais pedras da ilha, esse local era como uma fábrica de pukaos

    É provável que os pukaos existentes nesse sítio fossem utilizados junto aos...

  • Terevaka

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    Maunga Terevaka é um dos vulcões inativos responsáveis pela formação da Ilha de Páscoa. O lugar guarda o ponto mais alto da ilha e, como não pode ser visitado com veículos motorizados, exige um bom exercício físico para ser conhecido. 

    De cima dos morros formados pelo Terevaka é...

  • Estação da NASA

    Nota: 2.5 de 10 (1)

    A NASA manteve uma pequena base para monitorar o movimento das placas tectônicas e as atividades sísmicas do Oceano Pacífico. Hoje o local encontra-se desativado, mas a visita pode valer a pena pela curiosidade. 

  • Akahanga

    Akahanga

    Nota:  de 10 (0)

    Akahanga foi considerado um dos maiores assentamentos da Ilha de Páscoa. No lugar é possível observar moai deitados, resquícios de galinheiros, casas-botes (modelo de casa utilizado pelos povos nativos) e até cavernas. 

    Pelo fato de os moai desse sítio arqueológico não terem sido restaurados, o local é...

  • Amanhecer-no-ahu-tongariki

    Amanhecer no Ahu Tongariki

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos pontos mais famosos de Páscoa é também o melhor lugar para apreciar o nascer do sol. Durante todo o ano, o sol nasce próximo à plataforma de Ahu Tongariki, proporcionando um belo show de cores no céu; no verão o passeio fica ainda melhor, pois o sol nasce exatamente atrás dos moai.

    Para fazer esse passeio...

  • Ana-kai-tangata

    Ana Kai Tangata

    Nota:  de 10 (0)

    O que Ana Kai Tangata tem de escondida, tem de bonita. A caverna fica próxima do centrinho de Hanga Roa, por isso pode ser conhecida através de caminhadas.

    Seu interior é pequeno, com algumas pinturas ruprestes, sendo que o que mais chama a atenção no lugar é o visual para o mar e para as ondas que quebram à sua frente. A...

  • Ana Kakenga

    Nota:  de 10 (0)

    Ana Kakenga é uma caverna da Ilha de Páscoa conhecida como "a caverna de duas janelas". É um local pequeno, com vista perfeita para o mar, que fica ainda mais interessante se for visitada no final do dia, durante o pôr do sol.

    O passeio rende lindas fotos. Recomendamos conhecê-lo com o auxílio de uma lanterna, para ajudar...

  • Ana-te-pahu

    Ana Te Pahu

    Nota:  de 10 (0)

    Ana Te Pahu é uma área de cavernas e canais abaixo da terra, que mantiveram diferentes funções ao longo dos séculos. Hoje em dia o lugar tem várias árvores e por isso é chamado de "caverna das bananeiras", sendo possível fazer uma visitação interna.

    Antigamente o lugar era utilizado como...

  • Anakena

    Anakena

    Nota:  de 10 (0)

    Se a ideia é dar um mergulho no mar, Anakena é o lugar certo. A praia, que fica um pouco distante de Hanga Roa, tem um bom trecho de areia e águas cristalinas que nos fazem relembrar que Páscoa pertence à Polinésia. A água do mar não é gelada, especialmente se você viajar no verão.

    Anakena...

  • Feira de Hanga Roa

    Nota:  de 10 (0)

    A feira de Hanga Roa tem espaço próprio fechado e é utilizada para venda de produtos naturais e artesanais. Durante a manhã, moradores locais aproveitam para vender seus produtos próximo à feira, sendo uma boa opção para comprar produtos frescos.

    Não é um local imperdível para conhecer, mas pode...

  • Hetu-u

    Hetu`u

    Nota:  de 10 (0)

    O Hetu`u é considerado um dos melhores restaurantes de Páscoa. Ele oferece um cardápio com vários pratos à base de peixes e frutos do mar, mas tem também outras opções para quem não gosta tanto da cozinha vinda do mar. 

    É um lugar caro (prepare o bolso!) porque nem sempre os pratos principais...

  • Kaleta

    Kaleta

    Nota:  de 10 (0)

    Kaleta é uma pequena praia de Hanga Roa, com pouquíssimos metros de areia e vários barquinhos.

    O lugar de águas tranquilas é mais visitado por crianças; por conta do grande número de barcos existentes nessa praia, muita gente acaba não a utilizando para mergulho, pois há praias próximas melhores.

  • Kanahau

    Kanahau

    Nota:  de 10 (0)

    O Kanahau é um restaurante de cardápio variado, capaz de agradar mesmo aqueles que não gostam de peixes e frutos do mar. Espere encontrar por lá desde ceviches até sashimis e massas. É um restaurante que costuma ficar cheio à noite, especialmente na alta temporada - por isso considere não chegar tão tarde. ...

  • La-kaleta

    La Kaleta

    Nota:  de 10 (0)

    O La Kaleta tem tudo para conquistar seu coração: localização espetacular, comida variada e gostosa. O restaurante fica em frente ao mar e é uma excelente alternativa para o dia em que você quiser relaxar e apreciar o visual - por isso recomendamos que o conheça durante o dia. 

    O restaurante não possui...

  • Marau

    Marau

    Nota:  de 10 (0)

    O Marau é um pequeno bar localizado na rua principal de Hanga Roa que fica animado de quinta a sábado. O local é uma boa opção para ouvir música ao vivo, cantar no karaokê ou simplesmente encontrar gente jovem e tomar uma bebida. 

    É uma das melhores opções na noite da Ilha de Páscoa. 

  • Mercado-artesanal

    Mercado Artesanal

    Nota:  de 10 (0)

    Não consegue voltar de viagem sem uma recordação? No Mercado de Hanga Roa você encontra variedade de produtos em um único local. A quantidade de artesanato é grande, entretanto o preço deixa um pouco a desejar, exatamente por ser um lugar de grande apelo turístico.

    As vantagens do lugar: você poderá pagar...

  • Mergulho

    Nota:  de 10 (0)

    Quem gosta de um pouco de aventura não pode deixar de fazer um mergulho com cilindro na Ilha de Páscoa. O local tem ótima visibilidade, grande quantidade de peixes e até uma réplica de um moai.
    Quem ainda não possui certificado de mergulho pode aproveitar a oportunidade para fazer o batismo.

    Orca e Mike Rapu são duas...

  • Micafé

    Nota:  de 10 (0)

    Para tomar um café ou um sorvete no meio da tarde, o melhor lugar na Ilha de Páscoa é o Micafé. É bem simples, fica perto da praia e tem um menu pequeno com algumas boas opções para um lanche. 

  • Motu-taka-rua

    Motu Taka Rua

    Nota:  de 10 (0)

    O nome não é muito conhecido, mesmo entre as pessoas que vivem na ilha, mas se você tiver um tempinho livre, não deixe de passar por lá. Essa é uma parte da orla contrária a Tahai e que grande parte dos turistas acaba por não conhecer.

    A orla dessa região tem formações rochosas belíssimas, e...

  • Ovahe

    Nota:  de 10 (0)

    Ovalhe é um dos poucos lugares em Páscoa em que a costa tem areia. A Praia é bem pequena, pega sol pela manhã (o melhor horário para conhecê-la) e tem muitas pedras ao seu redor.

    É muito bonita, mas carece de estrutura. 

  • Papa-vaka

    Papa Vaka

    Nota:  de 10 (0)

    Papa Vaka é um lugar de Páscoa com vários petróglifos - desenhos em pedras -, onde se pode admirar imagens feitas pelos rapanui. Os desenhos mostram objetos e imagens presentes no dia a dia dessa civilização e são bem interessantes, se você conseguir identificá-los. 

  • Ahu-akivi

    Passeio por Ahu Akivi e parte central da ilha

    Nota:  de 10 (0)

    Para quem já conheceu outros roteiros e pontos turísticos da ilha, esse é o menos empolgante. Recomendamos, então, que você não o deixe por último, para não achar "sem graça".

    Durante esse trajeto pela parte central de Páscoa, você pode conhecer o Ahu Akivi - uma plataforma com 7 moai em...

  • Motu-taka-rua

    Passeio por Orongo e lado sudoeste de Páscoa

    Nota:  de 10 (0)

    Esse é um passeio de meio-dia que tem como foco principal a vila cerimonial de Orongo, onde acontecia o ritual do homem-pássaro. Além de Orongo, o trajeto é ideal para conhecer a caverna Ana Kai Tangata e o vulcão Rano Kau.

    É possível fazer esse passeio por conta própria ou com agências. Se tiver oportunidade,...

  • Praia-pea

    Praia Pea

    Nota:  de 10 (0)

    A Praia Pea está mais para piscina do que para uma praia propriamente dita. O lugar não tem areia e está cercado por uma estrutura de pedras, onde as pessoas aproveitam para sentar-se, tomar sol e curtir o visual. 

    Essa praia é uma excelente opção para quem quer dar um mergulho nas águas cristalinas da Ilha de...

  • Praia-poko

    Praia Poko

    Nota:  de 10 (0)

    A Praia Poko, ou Playa Poko, fica em Hanga Roa, a pouca distância dos principais atrativos da cidade e é uma excelente opção para se refrescar sem precisar ir longe. Apesar do nome, o lugar não tem areia e é quase como uma piscina rodeada por várias pedras.

    Sua água é cristalina, limpa e tranquila na maior...

  • Te-moana

    Te Moana

    Nota:  de 10 (0)

    Não sabe onde jantar? Vá ao Te Moana. O restaurante, que abre apenas à noite, é charmoso, decorado de forma rústica e tem bom atendimento. Sentar-se na varanda é bem gostosinho para ver o pouco movimento da rua e apreciar uma refeição. 

    Os pratos são caros, como tudo na ilha, porém bem...

  • Te Ra`ai

    Nota:  de 10 (0)

    O Te Ra`ai é mais uma das opções noturnas da Ilha de Páscoa e um local onde você pode conhecer melhor as tradições rapanui. Ele mistura um pouco de dança, teatro, músicas típicas e jantar - tudo no mesmo local. 

    O lugar pertence a uma brasileira casada com um rapanui e é ideal para quem...

  • Topa-tangui

    Topa Tangui

    Nota:  de 10 (0)

    Se a ideia é ouvir música ao vivo e tomar um drink, o Topa Tangui é a melhor pedida. A casa abre as portas às quintas-feiras e aos sábados, a partir das 23h, e tem apresentação de uma banda local, que toca música típica da ilha.

    Entrada: $3.000, com direito a uma bebida. 
     

  • Tour-dia-todo

    Tour - dia todo

    Nota:  de 10 (0)

    Para quem tem pouco tempo ou quer fazer um passeio que permita conhecer os principais pontos turísticos da Ilha de Páscoa, o tour full day, como chamam as agências, é uma ótima opção. Através desse passeio é possível conhecer locais como Rano Raraku, Akahanga, Ahu Tongariki, Anakena e Te Pito Kura fazendo...

Tudo que você precisa saber sobre Ilha de Páscoa!

Esse texto sobre O que fazer na Ilha de Páscoa faz parte do guia de Ilha de Páscoa no Melhores Destinos

Comentários para O que fazer na Ilha de Páscoa

  • Jk26e Gilberto Morais há 11 meses

    Oi Camille! Tudo bem? Agora eh a minha vez de perguntar aqui: alguma sugestão de agências para contratar os 3 tours por la? Como estarei só, carro não parece compensar. Quem souber e tiver indicação, ficarei agradecido. Valeu!

  • 264mw Camille Panzera há 11 meses

    Oi, Gilberto. Procurei aqui e não consegui encontrar o nome da agência que utilizei... vou ficar te devendo. De toda forma, escolha uma que faça passeios com veículos pequenos, considero mais confortável. Só fiz passeios em grupo para atrações mais distantes... teve locais que fui a pé ou com amigos/carro.

  • Jk26e Gilberto Morais há 11 meses

    Obrigado pela presteza de sempre em responder às dúvidas das pessoas. Eh uma pena que poucos a agradeçam. Vou tentar ver com o hotel que reservei, eles me passaram os preços, porém, aumentaram demasiadamente em relação à época que você foi. Ou talvez pesquisar no 1o dia da chegada na ilha e parece que eh mais conveniente para não cair em preços altos.

  • 264mw Camille Panzera há 11 meses

    Poxa, obrigada pelo carinho, Gilberto!
    Acho que o caminho é esse mesmo... veja com o hotel, mas não se prenda a eles. Pode ser que pessoalmente você consiga um desconto em alguma agência, ainda mais se fizer mais de um passeio com a mesma empresa! Boa viagem, aproveite!

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.