Curitiba

Pontos turísticos de Curitiba

Curitiba é uma cidade muito amigável com os visitantes. Quase todos os pontos turísticos estão localizados em um raio de, no máximo, 8 km a partir do Centro. A região, junto com o bairro Batel, tem grande oferta de hotéis e recebe a maioria dos turistas em viagem à capital paranaense. Quem visita Curitiba precisa estar preparado para a inconstante previsão do tempo. Faça chuva ou faça sol (muitas vezes, no mesmo dia), não deixe de percorrer o Centro Histórico, experimentar os passeios pelos parques, conhecer alguns museus e saber mais sobre como a cidade cresceu visitando memoriais que homenageiam os imigrantes de outros países.

Museu-oscar-niemeyer-mon

A maneira mais prática e fácil de percorrer os pontos turísticos curitibanos é a bordo da Linha Turismo. O ônibus de dois andares faz uma rota bastante completa e ajuda os viajantes que estão com tempo apertado ou não querem se preocupar em fazer roteiro. A Linha Turismo tem custo de R$ 40 e permite até 4 paradas escolhidas entre as 24 disponíveis, entre opções como o Jardim Botânico, Parque Barigui e Centro Histórico. Os ônibus são bem sinalizados, têm horários fixos (passam de meia em meia hora) e facilitam bastante a vida do turista. Difícil será decidir os melhores pontos para conhecer. Na dúvida, pegue o ônibus vários dias seguidos! Veja todas as paradas da Linha Turismo de Curitiba e sugestões de roteiro.

Jardim-botanico-de-curitiba

Apesar de a Linha Turismo ser uma excelente maneira de conhecer Curitiba, ela não é a única opção. Curitiba é convidativa a caminhadas (quando o instável tempo está favorável), tem um transporte público bastante eficiente, oferece táxis com preços baixos (especialmente pela cidade não exigir deslocamentos longos) e permite até alguns passeios de bike e tours guiados. Por isso, se você preferir conhecer a cidade sem a Linha Turismo, não se preocupe! Opções de transporte não faltarão. Veja mais em passeios e transportes.

Memorial-ucraniano   

O Centro Histórico de Curitiba é um bom ponto de partida para percorrer a cidade. A região preserva os séculos passados, quando Curitiba era apenas a pequena Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Ao percorrer as ruas de pedra do centro, você poderá visitar Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Chagas, a primeira da cidade e onde está o Museu de Arte Sacra; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário de São Benedito, construída para o culto dos escravos; obras arquitetônicas históricas restauradas, como a Casa Romário Martins, o Solar do Barão, a Casa Vermelha, o Paço da Liberdade (hoje espaço cultural do SESC) e o Palácio Giuseppe Garibaldi, originalmente local de encontro de imigrantes italianos. O Largo da Ordem é berço de Curitiba e uma ótima maneira de entender como cresceu a capital paranaense para começar a desbravá-la.

Centro-historico-de-curitiba

Os museus também ajudam na tarefa de conhecer mais sobre a cidade, a começar pelo Museu Paranaense, onde objetos de época, fotografias e cenários explicam o desenvolvimento do Estado do Paraná. Também com viés histórico, o Museu Ferroviário conta um pouco sobre o meio de transporte que até hoje agrada os turistas com o passeio pela Serra do Mar até a cidade de Morretes. Entre os museus destinados à arte, o mais procurado e com melhor acervo é o Museu Oscar Niemeyer, o MOM. Conhecido pelos moradores como Museu do Olho, esse espaço é repleto de obras importantes, incluindo peças apreendidas pela Operação Lava Jato. Há trabalhos de Andy Warhol, Tarsila do Amaral, Candido Portinari, Caribé, Tomie Ohtake e do próprio Oscar Niemeyer. A arquitetura do prédio é tão bela quando as obras no interior. Para quem gosta de obras de arte, vale também uma visita ao Museu de Arte Contemporânea do Paraná - MAC (bem menor que o MOM). Para fechar, não deixe de ir ao Museu do Holocausto de Curitiba, onde fotografias e objetos de época recontam o sofrimento vivido por judeus e outros povos durante a Segunda Guerra Mundial.  

Museu-paranaense

Conhecida como cidade verde, a capital paranaense é um convite a longos passeios pelos parques e bosques. São mais de 30 opções para quem adora passear ao ar livre e ter contato com a natureza. Desenvolvidos para diminuir as enchentes na cidade e oferecer mais conforto e opções de lazer aos moradores, os parques de Curitiba se tornaram o cartão de visita local. Não saia da cidade sem ver a estufa de vidro do Jardim Botânico, as capivaras do Parque Barigui e o pôr do sol no Parque Tanguá. Se quiser dar uma voltinha apenas para relaxar, tente o Parque São Lourenço. Para unir parques à história, vá ao Bosque Papa João Paulo II, ao Bosque Alemão, ao Parque Tingui ou ao Passeio Público. Os parques, além de belos passeios, oferecem memoriais e homenagens aos imigrantes poloneses, alemães, árabes e ucranianos. Caso deseje unir o verde a um belo espetáculo, compre um ingresso para as apresentações na Ópera de Arame e na Pedreira Leminski. Por lá, o show vai além da paisagem.

Parque-barigui

Para viver ainda mais a cidade, não deixe de percorrer algumas das ruas e mercados prediletos dos moradores. Comece pela Rua das Flores (Rua XV de Novembro), onde a vida passa correndo, mas você poderá ver tudo sentando em um dos cafés e bares com mesinhas na calçada. No final do ano, dá até para unir o passeio ao Coro de Natal no Palácio Avenida. Após a Rua das Flores, caminhe até a Rua 24 Horas e aproveite as lojinhas. Para comer alguns quitutes, visite o Mercado Municipal ou o bairro Italiano de Santa Felicidade. Aos domingos, não deixe de garimpar alguns achados na Feirinha do Largo da Ordem, ótima para levar uma lembrança de Curitiba. Para fechar a visita, veja Curitiba bem do alto na Torre Panorâmica

Santa-felicidade

  • Jardim-botanico-de-curitiba

    Jardim Botânico de Curitiba

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Principal cartão-postal da capital paranaense, o Jardim Botânico de Curitiba faz parte do imaginário de todo turista que já pensou em ir à cidade. Muito provavelmente esse será o primeiro objetivo dos visitantes que chegam por lá. E a razão é fácil de entender: o Jardim Botânico é um dos mais...

  • Linha-turismo-onibus-panoramico-de-curitiba

    Linha Turismo - Ônibus Panorâmico de Curitiba

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Passeio mais popular entre os turistas que vão a Curitiba, Linha Turismo é fácil, prática e leva à maioria dos pontos de interesse a serem visitados na cidade. Ela foi desenvolvida para facilitar o turismo na capital paranaense e realmente funciona muito bem! Você não perderá tempo organizando roteiros, avaliando as...

  • Parque-sao-lourenco

    Parque São Lourenço

    Nota: 4.5 de 10 (1)

    A vegetação ao longo da pista de corrida dá ao Parque São Lourenço ares de Central Park. O lago central, que auxilia no combate a enchentes na região, torna a paisagem ainda mais bela e é um convite à prática de atividade física e diversão. O São Lourenço, com 203.918 m² de...

  • Bosque-alemao

    Bosque Alemão

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    A vista no alto do mirante é de impressionar. O Bosque Alemão oferece um dos melhores pontos de Curitiba para observar a cidade junto à Serra do Mar. O espaço verde — com 38.000 m² e localizado na área da antiga leiteria da família Schaffer — tem natureza exuberante e vários espaços que fazem homenagem...

  • Bosque-papa-joao-paulo-ii

    Bosque Papa João Paulo II e Memorial da Imigração Polonesa

    Nota:  de 10 (0)

    Inaugurado em dezembro de 1980 em comemoração à visita que o Papa João Paulo II fez à Curitiba no mês de junho do mesmo ano, este bosque faz homenagem não só ao pontífice, mas também ao povo polonês, que é parte importante na história da cidade. O bosque oferece aos visitantes um...

  • Bosque-zaninelli

    Bosque Zaninelli

    Nota:  de 10 (0)

    O local onde antes havia uma pedreira para exploração de granito hoje serve à busca e disseminação do conhecimento. A área recuperada do Parque Zaninelli é sede da Unilivre - Universidade Livre do Meio Ambiente, onde estudiosos de todo o país debatem sobre importantes causas ambientais. A...

  • Centro-historico-de-curitiba

    Centro Histórico de Curitiba

    Nota:  de 10 (0)

    O Largo da Ordem é o ponto onde teria começado a cidade de Curitiba. Foi ali, naquelas ruas de pedra, que nasceu a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, no final do século XVII. No século seguinte, a vila ganharia destaque e também o nome de Curitiba. O local, nos séculos XVIII e XIX, foi ponto de grande movimento comercial....

  • Memorial-de-curitiba

    Memorial de Curitiba

    Nota:  de 10 (0)

    Localizado em meio ao Centro Histórico, o Memorial de Curitiba é um grande espaço destinado à produção cultural. O prédio moderno, construído em comemoração aos 300 anos de Curitiba e inspirado pelo desenho dos pinheiros, destoa das construções que datam dos séculos XVIII e XIX.

    O...

  • Memorial-ucraniano

    Memorial Ucraniano

    Nota:  de 10 (0)

    Parte do Parque Tingui, o Memorial Ucraniano foi construído em homenagem ao centenário da imigração Ucraniana em Curitiba. Era o ano de 1891 quando oito famílias vindas da Ucrânia chegaram à cidade e deram início ao processo de imigração que levou mais de 45 mil moradores daquele país à...

  • Mercado-municipal-de-curitiba

    Mercado Municipal de Curitiba

    Nota:  de 10 (0)

    Fundado em 1958, o Mercado Municipal de Curitiba é ponto de encontro entre os moradores adeptos de grande feiras, seja para comprar, seja para comer. O espaço oferece dezenas de barracas com temperos, queijos, frutas, verduras, embutidos, carnes e todo tipo de bons ingredientes para um delicioso jantar. Além das barracas especializadas em produtos...

  • Museu-de-arte-contemporanea-do-parana-mac

    Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC)

    Nota:  de 10 (0)

    * O MAC está temporariamente funcionando no Museu Oscar Niemeyer.

    Instalado em prédio que data de 1928, o Museu de Arte Contemporânea do Paraná recebe desde 1970 acervo destinado à preservação de obras tanto de artistas paranaenses quanto nacionais. Entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, fotografias e outras...

  • Museu do Holocausto de Curitiba

    Nota:  de 10 (0)

    Homenagem às vítimas da Segunda Guerra Mundial, o Museu do Holocausto de Curitiba lembra os momentos de horror passados por judeus e outros povos vítimas do holocausto. O museu conta com acervo de objetos e fotografias da época. Nem todo o acervo está em exposição, mas o material na íntegra pode ser consultado em...

  • Museu Ferroviário

    Nota:  de 10 (0)

    Parte das atrações do Shopping Estação, no Centro de Curitiba, o Museu Ferroviário é uma homenagem ao passado ferroviário do estado do Paraná. Tanto o shopping quanto o museu funcionam em uma antiga estação da cidade, onde a fachada preservada é parte importante do acervo. Estão entre as...

  • Museu-oscar-niemeyer-mon

    Museu Oscar Niemeyer (MON)

    Nota:  de 10 (0)

    O formato inusitado fez que com que o Museu Oscar Niemeyer ganhasse entre os moradores o apelido de Museu do Olho. Projetado pelo arquiteto e artista que dá nome ao museu, o MOM é o melhor espaço dedicado à arte na cidade de Curitiba. O Museu do Olho dispõe de acervo permanente e também de mostras itinerantes. Entre os nomes de...

  • Museu-paranaense

    Museu Paranaense

    Nota:  de 10 (0)

    Uma excelente surpresa para quem busca entender mais sobre a história do Paraná, o Museu Paranaense tem acervo interessante, bem cuidado e é uma grande viagem pelo tempo. A decoração dos ambientes e o acervo conta — de maneira didática, divertida e belíssima — como se desenvolveu o estado do Paraná.

    O...

  • Oi Torre Panorâmica

    Nota:  de 10 (0)

    O visual no alto da Oi Torre Panorâmica é de 360º. O observatório, único em uma torre de telefonia no país, permite ver a cidade de Curitiba do alto de 100 m. No topo, é possível observar como a capital paranaense conseguiu manter o crescimento urbano em equilíbrio com as áreas verdes. A visita é...

  • Opera-de-arame

    Ópera de Arame e Pedreira Paulo Leminski

    Nota:  de 10 (0)

    A arquitetura singular da Ópera de Arame faz com que ela figure entre os mais belos prédios de Curitiba e, por isso mesmo, um dos mais visitados pelos turistas. O local, na prática, é um grande teatro e casa de espetáculos. A Ópera de Arame, construída em estrutura tubular e vidro, recebe concertos,...

  • Parque-barigui

    Parque Barigui

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos maiores símbolos não oficiais de Curitiba, as capivaras reinam no gramado do Parque Barigui. O lugar está entre os mais procurados pelos moradores nos dias em que o sol decide aparecer. O parque é cortado pelo rio Barigui e tem um lago que oferece um lindo cenário para o entardecer atrás dos prédios da cidade e forma...

  • Parque-tangua

    Parque Tanguá

    Nota:  de 10 (0)

    Este parque proporciona um dos mais belos momentos de pôr do sol na cidade de Curitiba. Quando a chuva dá uma trégua para os moradores e as nuvens abrem caminho para a luz do sol, é para o Parque Tanguá que os curitibanos correm para apreciar o entardecer. Do alto do mirante de 65 metros, à beira de uma antiga pedreira, visitantes...

  • Parque-tingui

    Parque Tingui

    Nota:  de 10 (0)

    O nome é uma homenagem aos povos indígenas originais das terras de Curitiba. Cercado por muito verde, o Parque Tingui é um dos espaços ao ar livre prediletos dos moradores de Curitiba. Entre capivaras, pistas de cooper e muitas bicicletas, é possível curtir os dias de céu aberto na capital paranaense. O Tingui faz parte de um...

  • Passeio-de-trem

    Passeio de trem de Curitiba a Morretes com a Serra Verde Express

    Nota:  de 10 (0)

    Até parece coisa de antigamente. Da Estação Ferroviária de Curitiba parte o trem com destino à cidade de Morretes. O trajeto, pela Ferrovia Cutiriba-Paranaguá, passa por dentro da Serra do Mar, proporciona belas paisagens e é uma verdadeira volta ao passado. Coisa rara no Brasil, em Curitiba ainda é possível...

  • Passeio Público

    Nota:  de 10 (0)

    Primeiro parque de Curitiba, o Passeio Público antes era apenas uma grande área pantanosa. O parque inaugurado em 1886 até hoje encanta moradores e visitantes. Localizado no centro da cidade e vizinho à Mesquita de Curitiba, o Passeio Público tem portão que lembra tempos passados e clima bucólico. A entrada é inspirada...

  • Rua 24 Horas

    Nota:  de 10 (0)

    Há mais de 10 anos a Rua 24 Horas já não é mais 24 horas. Ainda assim, ela atrai curitibanos em busca de boas refeições e deliciosas iguarias gastronômicas, além de ser cartão-postal, com o relógio na entrada e o corredor de armação tubular. Recentemente revitalizada, a Rua 24 Horas oferece...

  • Rua-das-flores

    Rua das Flores

    Nota:  de 10 (0)

    Este pedacinho da Rua XV de Novembro, conhecido como Rua das Flores, é destino apenas ao deleite de pedestres. Bem no centro de Curitiba, este calçadão inaugurado em 1972 permite caminhar entre prédios históricos, comércio animado e muitos bares, restaurantes e cafés. Escolha o seu ponto predileto, puxe uma cadeira e veja a...

  • Santa-felicidade

    Santa Felicidade

    Nota:  de 10 (0)

    Um cantinho da Itália em Curitiba. Assim pode ser definido o bairro de Santa Felicidade. Homenagem a uma antiga moradora de nome Felicidade Borges, benfeitora de agricultores italianos recém-chegados à cidade, o lugar apresenta um pouco das tradições e, claro, delícias daquele país. No bairro, há vários...

Tudo que você precisa saber sobre Curitiba!

Esse texto sobre Pontos turísticos de Curitiba faz parte do guia de Curitiba no Melhores Destinos

Comentários para Pontos turísticos de Curitiba

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.