O que fazer em Banff

As Montanhas Rochosas canadenses são mais do que o nome sugere. A região tem lindas montanhas que ficam cobertas por neve, geleiras e até cachoeiras em momentos de degelo; mas não há porque subestimá-las, há muito mais do que montanhas e essa é uma região de beleza infindável! Não é à toa que esse é um dos destinos mais bonitos do Canadá! 

Há bastantes coisas para ver e fazer em Banff e seus arredores e muitos dos atrativos são para contemplação, para apreciar a paisagem. É preciso notar que as atrações não se concentram unicamente em Banff ou no Parque Nacional de Banff e que você deverá sair da cidade para visitá-las, portanto, pode ser interessante reservar um tempo para fazer passeios para localidades mais afastadas e para visitar as atrações da própria cidade. 

Em Banff propriamente dita (a cidade, e não o parque nacional), sugerimos começar o roteiro visitando a Banff Gondola, um teleférico que leva a uma montanha de 2,281 metros, e que oferece uma vista belíssima da região. Ali você poderá ter uma ideia de quão rica é a beleza desse lugar e poderá apreciar uma paisagem inesquecível! Nas proximidades da Banff Gondola está a Banff Upper Hot Springs, uma piscina de águas naturalmente quentes que é ótima para descansar no fim do dia e relaxar, embora fique bastante cheia no verão. 

Waterfowl-lake

No centro urbano, sugerimos caminhar ou andar de bicicleta ao longo do Bow River, o rio de águas verdes e cristalinas que corta Banff e que tem as Bow Falls, quedas d’água não muito altas, porém super bonitas e que oferecem uma paisagem sensacional para o Fairmount, um hotel emblemático da cidade. Para quem gosta de exercícios físicos e de paisagens panorâmicas, a dica é subir a trilha da Tunnel Mountain, que oferece uma paisagem encantadora para a cidade de Banff e seu parque nacional — e é de graça! É preciso um pouco de esforço para fazer a subida, mas a imagem lá em cima compensa tudo!

Lagos 
Além das próprias montanhas, o que chama a atenção na área das Rochosas é a beleza de seus lagos, que, entre outros fatores, por serem de água glacial, são cristalinos e possuem uma coloração quase inacreditável. Os tons de verde e azul dos lagos ficam muito aparentes durante o verão, quando os lagos estão descongelados, e ainda mais lindos sob a incidência da luz do sol. Cada lago tem sua cor, sua magia e seu poder de surpreender! A beleza dos lagos com as montanhas como pano de fundo é de ficar extasiado! 

A escolha dos lagos que serão incluídos em seu roteiro dependem, claro, do tempo que você tem disponível para conhecê-los. Há vários lagos lindos e é difícil selecioná-los; em nossa opinião, há três deles que você não deve deixar de visitar: Moraine Lake, Lake Louise e Peyto Lake. Lake Louise é o mais famoso deles e possivelmente um dos lagos mais famosos do mundo! Esse lago é uma das imagens-símbolo do Canadá e é possível fazer trekking nas montanhas ao seu redor ou alugar um caiaque e remar em suas águas azuis. Lake Moraine, é um pouco menos famoso, talvez por isso ainda mais surpreendente e o nosso lago preferido! É um lago lindo, azul claro e profundo; sua beleza é tão incrível que nos primeiros minutos de observação você fica até descrente frente a tanta beleza. 

Lake-louise

Os lagos geralmente são apenas para admirar, mas no Lake Minnewanka você pode fazer um passeio de barco. É uma atividade tranquila e ideal para quem procura um programa leve. 

Dica: Estivemos na cidade durante o verão e é esse o período que recomendamos viajar para quem quer ver os lagos descongelados. Durante o inverno, o cenário dos parques nacionais mudam bastante, afinal, neva e os lagos congelam. 

 

Icefields Parkway
Reserve um tempo para passear pela Icefields Parkway, uma rota cênica que atravessa o Parque Nacional de Banff e Parque Nacional de Jasper. A rodovia é linda e rende paisagens belíssimas ao longo do caminho. Há diversos mirantes pela estrada onde você pode (e deve!) parar para admirar lagos, como o Waterfowl Lake, ou até cachoeiras que se formam com o degelo.

Uma parada certa ao longo do caminho pela Icefields Parkway é no Columbia Icefield, um campo de gelo enorme, perto da estrada, que além de poder ser visto de longe, pode ser visitado através do Columbia Icefield Glacier Adventure, um passeio que leva à geleira Athabasca! No passeio, os visitantes atravessam uma área de neve e podem ir a um ponto panorâmico onde se tem o gelo sob os pés! É um lugar incrível e lindíssimo de se conhecer! 

Percorrendo a Icefields Parkway, não deixe de notar que a admistração local construiu pontes que permitem aos animais atravessar de um lado a outro da rodovia em segurança. 

Caminhadas e Trekking
Em um parque nacional tão grande quanto o de Banff, há diversos roteiros de caminhadas e trilhas para explorar a natureza. As trilhas possuem diferentes níveis de complexidade e em várias delas não é necessário muito preparo físico para completar todo o trajeto. Em muitas das trilhas, você pode admirar os lagos de pontos panorâmicos ou simplesmente curtir a natureza. 

Próximos aos principais lagos dos parques nacionais, geralmente você encontra algumas trilhas para fazer e até dentro das próprias cidades há trilhas interessantes, como em Banff, na Tunnel Mountain ou ao longo do Bow River. Nos arredores de Lake Louise, a boa é subir a trilha até a Lake Agnes Teahouse, uma casa de chá encrustada na montanha. 

Embora pareça brincadeira, lembre-se de que os parques nacionais são ambientes naturais com diversos animais silvestres e que, por conta disso, ao longo de uma trilha no meio da mata você pode acabar encontrando um animal de grande porte, como um caribu ou até mesmo com um urso! Isso realmente pode acontecer e você deve estar preparado, sem entrar em pânico caso encontre um animal e sem sair correndo, para que o animal não o veja como uma presa. Fazer barulhos e conversar enquanto caminha, por exemplo, é uma boa tática para espantar animais; para quem tem muito medo, é possível até comprar spray antiurso, por exemplo. Não há motivo para pânico e para não realizar atividades nos parques nacionais, mas é sempre bom fazer essas atividades em grupo. 

Há que se entender que os parques são ambientes dos animais e que embora haja muito turismo na região, preservá-los e conservá-los é importantíssimo para a manutenção das espécies e da natureza e é isso que busca o governo local. 

Banff-gondola

Esqui e inverno 
Quem viaja no verão, período de alta temporada, pode não se dar conta, mas Banff e as Rochosas também têm uma vida animada durante o inverno. Nos meses mais frios do ano, as montanhas ganham tons esbranquiçados e tornam-se perfeitas para os que gostam de esportes na neve, como esqui e snowboard. Há várias áreas para praticar esse tipo de esporte nas montanhas, sendo dois deles a Sunshine Village e Lake Louise Ski Resort. As estações de esqui, por ficarem em uma região muito alta, oferecem neve de qualidade e podem funcionar de novembro até maio. 

Aurora Boreal
Talvez você não viaje à região das Rochosas pensando em ver a Aurora Boreal, mas saiba que é possível. O fenônemo é um dos mais lindos do mundo e para vê-lo é preciso um pouco de sorte, aliado a alguns fatores muito importantes, como céu limpo e as tempestades solares, que dependendo de suas atividades provocam as auroras.  

  • Bow-river

    Bow River

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Bow River é o nome de um rio que nasce nas Montanhas Rochosas e passa por lugares como Lake Louise, Banff e Calgary. O rio tem águas verdes claras, mais de 500 km de extensão e foi utilizado pelos aborígenes canadenses como forma de subsistência. Atualmente, o rio se tornou uma atração turística, especialmente em Banff,...

  • Lake-louise

    Lake Louise

    Nota: 5.0 de 10 (2)

    Se você já pensou em ir alguma vez para as Rochosas Canadenses ou pesquisou sobre o assunto, provavelmente já se deparou com uma foto de Lake Louise, até mesmo sem saber que lugar era esse. Lake Louise é um vilarejo e o nome de um lago, que é um dos maiores cartões-postais do Canadá. Esse lago possui uma...

  • Banff-gondola

    Banff Gondola

    Nota:  de 10 (0)

    Inaugurada em 1981, a Banff Gondola é um teleférico fechado que vai ao alto da Sulphur Mountain, uma montanha em Banff a 2.281 metros. A subida ao alto da montanha leva em torno de 8 minutos e ascende 698 metros. O lugar tem uma vista incrível e é uma excelente oportunidade para ter um visual panorâmico das Montanhas Rochosas...

  • Banff-upper-hot-springs

    Banff Upper Hot Springs

    Nota:  de 10 (0)

    A Banff Upper Hot Springs é uma piscina ao ar livre com água mineral naturalmente quente; ela está localizada a mais de 1500 metros acima do nível do mar e mantém uma temperatura entre 37ºC e 40ºC. Faz bastante frio em Banff, então é de se imagimar que os turistas apreciem banhos em água quente, e...

  • Bow-falls

    Bow Falls

    Nota:  de 10 (0)

    Bow Falls são as quedas d'água do Bow River, localizadas na cidade de Banff. As quedas foram cenário de filmes nos anos 50 — um deles, inclusive, com a participação de Marylin Monroe — , elas ficam a uma curta distância do centrinho da cidade, nas proximidades do Fairmont Spring Banff, um hotel icônico da...

  • Bow Lake

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos diversos pontos que vale a pena parar ao longo da Icefields Parkway (Highway 93), o Bow Lake fica adjacente ao Bow River. Ele está ao lado da estrada e tem uma pequena trilha para que você possa caminhar pela beira do lago e chegar perto da água se quiser. O lugar é deserto, muito tranquilo e ideal para quem procura uma paisagem bonita para...

  • Caminhadas-e-trekking

    Caminhadas e Trekking

    Nota:  de 10 (0)

    Fazer caminhadas ou trekking são atividades muito populares em Banff e para uma boa parcela dos turistas, o motivo principal de realizar a viagem. A cidade e suas redondezas são muito procuradas por pessoas que gostam de se aventurar no meio da mata, fazer trilhas, subir montanhas e apreciar a natureza. A quantidade de trilhas pela região é...

  • Columbia-icefield-glacier-adventure

    Columbia Icefield Glacier Adventure

    Nota:  de 10 (0)

    Columbia Icefield é um campo de gelo de grandes proporções que está localizado no Parque Nacional de Jasper. Esse é um dos pontos de maior sucesso na região das Montanhas Rochosas por causa da enorme concentração de gelo que pode ser vista das geleiras do campo de gelo, entre elas as geleiras Castleguard,...

  • Emerald Lake

    Nota:  de 10 (0)

    Localizado no Parque Nacional Yoho, na Colúmbia Britânica, o Emerald Lake é um lago formado por águas glaciais nas Montanhas Rochosas canadenses. O local foi descoberto em 1882 e oferece uma bela paisagem natural, que além de ser linda para ser contemplada, é o cenário ideal para fazer trilhas, pescar no verão ou...

  • Icefields-parkway

    Icefields Parkway

    Nota:  de 10 (0)

    A Icefields Parkway, oficialmente Highway 93, é uma rodovia cênica de Alberta, nas Rochosas Canadenses, que liga os parques nacionais de Banff e Jasper. A rodovia tem cerca de 230 km de extensão e foi construída em 1940. A estrada é duplicada e foi feito um grande investimento da administração local para que os animais que...

  • Jasper National Park

    Nota:  de 10 (0)

    O Jasper National Park, ou Parque Nacional de Jasper, é o maior dos parques das Rochosas Canadenses. Ele é considerado patrimônio da UNESCO e está localizado a cerca de 370 km de Edmonton, capital da província de Alberta.
    O parque tem cerca 11.000 km² e abriga a cidade de Jasper, que fica localizada dentro do próprio...

  • Kootenay National Park

    Nota:  de 10 (0)

    Criado em 1920, o Kootenay National Park é um dos parques nacionais das Montanhas Rochosas canadenses. O parque representa a rica diversidade do Canadá, possui desde montanhas altas a planícies, florestas, vida selvagem, lagos, rios e cânions. Ele não é o mais visitado dos parques das Rochosas, mas é justamente por isso que...

  • Lake Louise Ski Area & Mountain Resort

    Nota:  de 10 (0)

    Localizado nas Rochosas Canadenses, próximo do vilarejo de Lake Louise, este resort e área de esqui com mais de 1.600 metros quadrados esquiáveis, é das maiores atrações de inverno do Parque Nacional de Banff. A estação possui mais de 140 pistas de todos os tamanhos e vários meios de elevação para...

  • Lake-minnewanka

    Lake Minnewanka

    Nota:  de 10 (0)

    O lago Minnewanka, a 10 km da cidade de Banff, é um lago com cerca de 21 km de extensão que faz parte da áreas das Rochosas Canadenses. Ele tem águas esverdeadas e bastante claras, porém sua coloração não é tão impressionante como a do Lake Louise ou Lake Moraine — ainda assim, vale o passeio. O...

  • Maligne Canyon

    Nota:  de 10 (0)

    O Cânion Maligne é um cânion com cerca de 50 metros de profundidade e um dos pontos turísticos do Jasper National Park, parque natural vizinho de Banff. O lugar é uma atração popular da região das Rochosas e é indicado para quem quer fazer um passeio com aventura e muitas paisagens bonitas. 

    Caminhando pela...

  • Moraine-lake

    Moraine Lake

    Nota:  de 10 (0)

    Moraine Lake, ou o Lago Moraine, é um dos diversos lagos situados no Parque Nacional de Banff e um dos mais bonitos da região. Sua água azul turquesa e cristalina é quase inacreditável nos primeiros segundos em que nossos olhos miram o lago, mas basta algum tempo admirando seu visual para se convencer de que o lago é realmente...

  • Passeios-de-bicicleta

    Passeios de bicicleta

    Nota:  de 10 (0)

    Que tal conhecer Banff sobre duas rodas? A cidade é ótima para praticar atividades ao ar livre, principalmente durante o verão, quando o tempo é mais agradável e não há neve nas estradas (algo frequente durante o inverno). 

    No Canadá, as atividades em bicicleta são bastante difundidas, então...

  • Passeios-de-canoa-e-caiaque

    Passeios de Canoa e Caiaque

    Nota:  de 10 (0)

    Os lagos das Montanhas Rochosas quando descongelados oferecem uma oportunidade perfeita para fazer um passeio de caiaque ou canoa. O cenário das canoas coloridas atravessando os lagos cristalinos e calmos com montanhas e árvores ao redor é um dos cartões-postais mais emblemáticos da região e um clique imperdível a qualquer um...

  • Peyto-lake

    Peyto Lake

    Nota:  de 10 (0)

    Peyto Lake é um dos lagos mais impressionantes do Parque Nacional de Banff, porque ao contrário de outros lagos os quais você observa de perto, o Peyto Lake tem um mirante panorâmico que permite observá-lo de um local alto e dá uma visão completa do cenário — que é um espetáculo. Esse lago...

  • Rafting

    Rafting

    Nota:  de 10 (0)

    Em uma cidade cheia de aventura como Banff e onde a água se faz presente de várias maneiras, uma das opções de atividades ao ar livre é o rafting, esporte em grupo no qual se desce e rema por corredeiras em um bote. Há rios na região com quedas d'águas de diferentes níveis — as quedas são mais...

  • Sunshine Village Ski & Snowboard Resort

    Nota:  de 10 (0)

    Sunshine Village é o nome de uma das principais áreas de esqui em Banff. Localizada a cerca de 15 minutos da cidade, a estação possui um hotel próprio e uma das mais longas temporadas de neve do país, que vai de novembro a maio. Sua altitude elevada permite que haja 6 meses com neve seca nas montanhas; dessa forma, há...

  • Tunnel-mountain

    Tunnel Mountain

    Nota:  de 10 (0)

    A Tunnel Mountain é uma montanha localizada no Bow River Valley, no Parque Nacional de Banff. A montanha está bem próxima ao centro de Banff e é uma área bastante frequentada por moradores locais para praticar exercícios físicos ou para apreciar o visual da região.

    A subida a Tunnel Mountain é uma...

  • Waterfowl Lake

    Nota:  de 10 (0)

    O lago Waterfowl, embora não muito conhecido por seu nome, é mais um dos lagos que chama atenção na região das Rochosas Canadenses. Ele fica localizado na Icefields Parkway, estrada que liga Banff a Jasper, e é um ótimo lugar para fazer uma parada ao longo do caminho entre as duas cidades. 

    Com suas águas...

  • Whyte-museum-of-the-canadian-rockies

    Whyte Museum of the Canadian Rockies

    Nota:  de 10 (0)

    Banff é uma cidade cheia de atrativos naturais e muitas paisagens bonitas, mas para quem gosta de história e arte, há um ponto turístico que pode ser interessante visitar ao longo da viagem, o Whyte Museum of Canadian Rockies. 

    O museu, localizado no centro da cidade, resgata um pouco da história de Banff, dos povos antigos que...

  • Yoho National Park

    Nota:  de 10 (0)

    Fundado em 1886, o Yoho National Park é um dos quatro parques nacionais canadenses das Montanhas Rochosas. O parque abrange um território com 28 montanhas que têm mais de 3 mil metros de altura, mais de 400 km de trilhas e diversas cachoeiras, entre elas a Laughing Falls, Twin Falls e Takakkaw Falls, uma das cachoeiras mais altas do...

Tudo que você precisa saber sobre Banff!

Esse texto sobre O que fazer em Banff faz parte do guia de Banff no Melhores Destinos

Comentários para O que fazer em Banff

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.