Melhores Destinos
Boston
Monique Renne Repórter fotográfica. Com um mundo inteiro a ser descoberto.

Pontos turísticos de Boston

Siga a estrada de tijolos vermelhos! Poucas frases são tão ouvidas pelos turistas que visitam Boston quanto essa. O fenômeno se deve a uma das mais encantadoras características da cidade. Pensando em cada visitante, e em como tornar a vida de todos mais fácil, Boston criou uma rota que segue pelos principais pontos ligados à Independência dos Estados Unidos. É lá, na Freedom Trail, que começa a viagem de cada turista pela história dos Estados Unidos.

Pode até parecer exagero, mas na prática existe realmente uma linha vermelha que guia multidões pelas ruas de Boston. Os mais concentrados chegam a andar olhando para o chão. Às vezes a trilha é realmente de tijolos, em outros momentos a cor é representada apenas por uma faixa de tinta sobre o asfalto. A cada parada, um bloco de metal incrustado no chão, identificado com a marca da trilha, alerta o visitante. O importante é manter o rumo e, sem precisar de ajuda ou mapa, conhecer os principais pontos turísticos referentes à história de Boston.

O ponto de partida é o Boston Common. Foi lá, no primeiro parque público dos Estados Unidos, que as tropas britânicas – conhecidas como Casacas Vermelhas – montaram acampamentos para começar as batalhas contra a independência das Treze Colônias. O percurso segue por mais 15 pontos, todos ligados à Revolução Americana, que aconteceu entre 1775 e 1783. Para percorrer os 4 km da trilha e visitar os museus é necessário um dia inteiro.

Guias vestidos como os personagens da época estão à disposição dos turistas que preferem seguir o percurso munidos de mais informação, especialmente os dados históricos. Eles contam sobre os locais de encontro entre Benjamin Franklin e Samuel Adams, como aconteceu a decisão de iniciar a Tea Party e detalhes sobre a batalha de Bunker Hill, ponto de partida para que as Treze Colônias vencessem a guerra e se tornassem o que hoje são os Estados Unidos. Seguir a trilha só faz sentido se o turista souber o que aconteceu em cada um dos pontos. Veja as paradas da Freedom Trail e clique em cada uma delas para conhecer os detalhes da história:

  1. Boston Common
  2. Massachusetts State House
  3. Park Street Church
  4. Granary Burying Ground
  5. King’s Chapel E King’s Chapel  Burying Ground
  6. Boston Latin School
  7. Old Corner Bookstore
  8. Old South Meeting House
  9. Old State House
  10. Boston Massacre Monument
  11. Faneuil Hall
  12. Paul Revere House
  13. Old North Church
  14. Copp’s Hill Burying Ground
  15. Uss Constitution
  16. Bunker Hill

Apesar de viver intensamente a história da independência, nem tudo em Boston está diretamente ligado a ela. Por isso, terminada a Freedom Trail, é hora de partir para outros pontos turísticos. Depois do passeio “guiado”, nada como uma volta leve e solta pela orla da cidade. Os pontos da Harbor Walk com mais atividades são o Long Wharf, próximo ao Faneuil Hall, e o Fort Point, à margem do canal que tem uma das mais belas vistas da skyline de Boston.

Tão relaxantes quanto o passeio com vista para a baía são as visitas às áreas verdes da cidade. A maior delas é o Boston Common, ponto de partida da Freedom Trail. No entanto, apesar de mais popular, ele não é o único parque. Não deixe de caminhar entre as belas flores e cenários do Public Garden e do Arnold Arboretum, mantido pela Harvard Univversity. E se cruzar com os parques de vizinhança, esqueça a correria e se sente em um dos bancos para ver a vida passar.

Se preferir ver a cidade mais do alto, suba no Skywalk Observatory. O mirante de 360° fica no 50° andar do Prudential Center e oferece uma bela vista de Boston. Já para quem tem interesse pelo lado acadêmico da cidade, repleta de universidades, uma visita à Harvard é imperdível, assim como ao prédio do Massachusetts Institute of Technology – MIT. Todas as universidades se resumem, no entanto, à Boston Public Library, que além de uma arquitetura deslumbrante tem o terceiro maior acervo do país.

Além dos pontos turísticos, especialmente os históricos, a cidade de Boston oferece muitos museus, restaurantes e oportunidades para compras. Se depois de passear tanto ainda sobrar um tempinho, não deixe de dar um pulo até Salem. Cheia de misticismo, a cidade mantém a aura dos tempos em que ganhou fama pelas supostas bruxas que viviam por lá. Hoje tudo é fake e não resta quase nada que date daquele período. Ainda assim, Salem é um lugar charmoso e ótimo para passar o dia vagueando.

Boston é capaz de tomar alguns dias do visitante que pretende visitar tudo o que ela oferece. Veja um pouco sobre o que fazer por lá além dos tradicionais pontos turísticos.