Antiga capital e berço da cultura japonesa, Kyoto é uma cidade tradicional, conhecida como o “coração do Japão”. Localizada no sul do país, na ilha de Honshu, a cerca de 550 km de Tokyo, a cidade possui em torno de 1,5 milhões de habitantes e encanta aos mais de 50 milhões de turistas que a visitam a todos os anos. Ela foi capital do país por mais de um milênio, quando em 1868 foi substituída por Tokyo (antiga Edo), e resgata a história e a cultura japonesa. 

Mais moderna do que realmente parece, Kyoto é um destino imperdível e um lugar ímpar para entender os costumes japoneses, sua cultura antiga e para ver de perto uma arquitetura diferente de diversos outros destinos no mundo. A antiga capital, que já teve outros nomes antes do atual, reúne obras arquitetônicas, que são tesouros nacionais, e lindos jardins, que ficam ainda mais incríveis durante o início da primavera, marcada pela florada das cerejeiras, e durante o outono, com folhagens das árvores coloridas. 

Kinkaku-ji-temple

Na dinâmica da cidade, pertinho de uma rua movimentada e cheia de lojas modernas, existem templos e até castelos. Perto de vielas com casinhas de estilo japonês, passa um riacho com carpas e que fica cercado por cerejeiras. Restaurantes de alta gastronomia funcionam em ruas quase sem movimento e entre turistas dos mais variados países atravessam jovens gueixas maquiadas — uma das profissões mais tradicionais do país, aliás. Kyoto é popular na formação de gueixas e hoje em dia elas são tão raras que são consideradas “celebridades”. 

O antigo centro histórico e do poder político do país tem nos templos suas principais atrações. Os templos Kinkaku-ji (templo do pavilhão de ouro), Ginkaku-ji, Kiyomizu-Dera e Fushimi Inari-Taisha (com mais de 10 mil toris) estão entre os lugares mais visitados da cidade. O Caminho do Filósofo, com suas dezenas de cerejeiras, é um passeio imperdível no início da primavera, assim como as caminhadas pela área de Gion, onde você pode ter a sorte de ver uma gueixa. Ir ao Nishiki Market, um mercado com as mais variadas comidas, é uma aventura cheia de descobertas inesperadas e se quiser se encantar com a natureza local, visite a floresta de bambus de Arashiyama. 

A pé ou de bicicleta, de trem ou de ônibus, vale a pena acordar cedo e aproveitar o dia ao máximo para conhecer muitos cantinhos da cidade, desde a moderna estação de Kyoto — enorme e cheia de lojas — ao Palácio Imperial. Reserve alguns dias, também, para explorar os arredores da cidade pegando o shinkansen (trem bala) e visitando destinos como Osaka, Hiroshima e Nara! Indo ao Japão, não deixe de visitar Kyoto, que revela algumas das mais lindas atrações do país e representa com louvor o tradicionalismo da cultura japonesa.