Passeios e tours para o Jalapão

A maneira mais comum e prática de visitar o Jalapão é fazer um tour a partir de Palmas, capital do Tocantins. Apesar de ser possível fazer a viagem por conta própria, ela não é recomendada para quem não tem prática em estradas de areia ou veículos com tração nas quatro rodas. Além disso, a sinalização ruim também dificulta a vida do turista que deseja viajar sem agência. Para evitar problemas e curtir tranquilamente, o mais recomendado é fazer um tour ou contratar um guia que seja experiente nas estradas do Jalapão. Se quiser ir por conta própria, veja mais sobre como se locomover pelo Jalapão.

Há alguns anos, o Jalapão tinha apenas uma agência que realizava viagens para a região, a Korubo. Ela foi pioneira no turismo do lugar e ainda hoje trabalha com o esquema de safári que a tornou famosa. Atualmente a Korubo não é mais a única a operar na área e as viagens para o Jalapão se tornaram mais acessíveis com a chegada da concorrência. Hoje há diversas agências que oferecem pacotes para conhecer as maravilhas do Tocantins e certamente uma delas irá se encaixar nas suas datas e orçamento.

Jalapao  

Como funcionam os tours pelo Jalapão

Os tours para o Jalapão partem sempre de Palmas, capital do Tocantins. O número de viajantes varia entre as empresas e pode ir de duas a trinta pessoas, dependendo do pacote e agência contratada. Quanto menor o grupo, melhor. Isso porque algumas atrações têm limite de visitantes por vez, como os fervedouros. Em grupos muito grandes, a chance de esperar para aproveitar é maior.

Os roteiros no Jalapão variam de dois a sete dias. Há empresas que oferecem pacotes nos quais estão incluídas a primeira e última noite em Palmas e outros em que o tour conta a partir da saída da capital. Avalie bem o roteiro para saber quantos dias de fato você ficará no Jalapão. Quanto mais tempo na região, mais atrações os visitantes têm a oportunidade de conhecer. Consideramos o pacote de cinco dias inteiros no Jalapão ideal para conhecer boa parte dos melhores atrativos, mas roteiros de dois dias já serão suficientes para ver o básico e as atrações mais importantes, como as Dunas do Jalapão, a Cachoeira do Formiga, a Cachoeira da Velha, a Prainha do Rio Novo e um fervedouro.

Jalapao  

A viagem segue o roteiro preestabelecido pela agência, sempre com vários passeios durante o dia. O custo de visitação aos atrativos costuma estar incluído no valor dos pacotes, mas é sempre bom confirmar. Atividades extras também são oferecidas para pagamento à parte, como rafting pelo Rio Novo e trilha pela Serra do Espírito Santo. A ordem dos passeios e os lugares visitados variam entre as empresas, que procuram se organizar para não haver muitos turistas no mesmo atrativo ao mesmo tempo. O maior diferencial entre as agências é o número de fervedouros e cachoeiras visitadas.

É importante ressaltar que quanto mais bases a empresa usar para o pernoite, mais completo será o roteiro. Não necessariamente um roteiro de vários dias será o mais completo. É preciso ver o deslocamento que cada empresa faz dentro do Jalapão para ter noção da área que será visitada pelos turistas. Os roteiros mais completos são os que fazem circuito circular, com saída de Palmas, depois passando por Ponte Alta, Mateiros e São Félix e só então retornando para Palmas novamente.

Jalapao  

O transporte usado pelas empresas é sempre um veículo 4x4. Há agências que oferecem o deslocamento em SUV (utilitários esportivos), jeeps, caminhonetes e caminhão tipo safári. As estradas são bem difíceis, por isso o veículo fará toda a diferença. O mais confortável para o Jalapão são as SUV, mas o caminhão tipo safári agrada por ter uma abertura no teto que permite viajar observando a paisagem. São experiência distintas. Veja mais em como se locomover pelo Jalapão.

As hospedagens oferecidas pelas agências são em pousadas bem simples, localizadas nas cidades base do Jalapão. As mais importantes são: Ponte Alta, Mateiros e São Félix. A exceção fica por conta da Korubo, que oferece hospedagem em tendas fixas em padrão de camping. Não há luxo em nenhuma das opções de tours oferecidos. Tudo é bem simples e rústico, como o Jalapão. Veja mais em onde ficar no Jalapão.  

Jalapao  

As refeições — café da manhã, almoço e jantar — durante os tours costumam estar incluídas nos pacotes das agências. As refeições são servidas em restaurantes caseiros próximos aos atrativos ou em restaurantes e pousadas nas cidades bases. A comida é sempre bem simples, sem luxo ou muita variedade de pratos. O cardápio é básico, mas saboroso, sempre com arroz, feijão, farofa, macarrão, carnes, legumes e verduras. Algumas agências oferecem também serviço de bordo, com lanches, sucos e água durante os trajetos. Bebidas alcoólicas nunca estão incluídas no valor. Veja mais sobre a comida no Jalapão.

Cachoeira-da-arara  

Como escolher um tour pelo Jalapão

A escolha da agência que te levará ao Jalapão é de suma importância para o sucesso da viagem. Escolher um tour que não se encaixe no seu perfil ou uma agência que não ofereça serviço confiável pode ser bastante desagradável, por isso é preciso levar em consideração todos os detalhes citados acima. Antes de tudo, é preciso saber quantos dias você terá disponível para a viagem, assim será mais tranquilo definir o roteiro.

Conhecer um pouco sobre as atrações é fundamental para avaliar se o tour irá aos lugares que você gostaria de visitar. Veja os principais pontos turísticos do Jalapão antes de escolher uma empresa. Todas as agências fornecem um roteiro básico com os nomes das atrações que serão visitadas. Leia atentamente todos eles para ter certeza de que visitará os pontos desejados.

Dunas-do-jalapao  

Outro fator de suma importância é o tipo de hospedagem. Há muita diferença entre se hospedar em um quarto ou em uma tenda de acampamento. Tudo vai depender do seu desejo para a viagem. Se a ideia é ter maior contato com a natureza, o camping safári certamente será a melhor pedida, mas se você não abre mão de conforto, não pense duas vezes em escolher as agências que oferecem hospedagem em pousadas.  

Jalapao  

O terceiro fator que deve ser levado em consideração é o número de turistas no grupo. Acredite! A experiência será bem diferente viajando em um grupo com seis ou trinta pessoas. Há quem prefira grupos mais intimistas, porém há viajantes que gostam de viajar com muita gente. Cada um sabe o que é melhor para si. O importante é ficar atento na hora de fechar o pacote para não cair em roubada. Para fugir de grupos grandes, evite saídas promocionais e feriados. Caso queira viajar apenas com o seu grupo de amigos, converse com a agência e feche um roteiro particular. Essa possibilidade existe e é uma ótima pedida para quem quer viajar com conhecidos. 

A qualidade do transporte é mais um quesito que deve ser levado em consideração. O tempo em deslocamento no Jalapão costuma ser alto e a má qualidade do veículo poderá estragar a experiência. Consulte a empresa para saber exatamente qual será o transporte utilizado. Se considerar inadequado, procure outra empresa.

Jalapao  

Veja sugestões de algumas empresas que realizam tour pelo Jalapão e, se tiver usado um serviço ou guia particular que queira recomendar, deixe nos comentários a sua sugestão.

A experiência do Melhores Destinos

Visitamos o Jalapão no mês de maio, entre a temporada de chuva e de seca. Como queríamos experimentar dois tours bem distintos, escolhemos um do tipo safári e outro com hospedagem em pousada. Já tínhamos em mente que a experiência de camping seria com a Korubo, agência pioneira no Jalapão. Para escolher o segundo tour, optamos por um roteiro que fosse mais completo. Depois de algumas pesquisas e consultas de orçamento, escolhemos a agência Cerrado Dourado por critério de bom roteiro e excelente atendimento. É importante ressaltar que os dois tours foram pagos integralmente pelo Melhores Destinos e não viajamos a convite de nenhuma das agências. Embarcamos como turistas comuns.

Serra-do-espirito-santo  

Tour escolhido na agência Korubo: Entresaída (seis dias e cinco noites)

Tour com roteiro de seis dias e cinco noites, sendo a primeira e a última noite em Palmas e três noites no Jalapão. Hospedagem em hotel em Palmas e tendas em acampamento fixo no Jalapão. Transporte em caminhão do tipo safári. As três refeições (sempre preparadas pela equipe da Korubo), lanches, água e sucos estavam incluídos no pacote. Bebidas alcoólicas e refrigerantes não eram incluídos. O custo foi de R$ 2580 por uma pessoa em tenda dupla.

Tour escolhido na agência Cerrado Dourado: Desvendando o Jalapão (cinco dias e quatro noites)

Tour com roteiro de cinco dias e quatro noites, sendo todas as noites no Jalapão. Hospedagem em pousadas localizadas em três cidades diferentes da região: Mateiros, Ponte Alta e São Félix. Transporte em veículo tipo SUV (utilitário esportivo). As três refeições (em restaurantes ou pousadas), lanches, água e sucos estavam incluídos no pacote. Bebidas alcoólicas e refrigerantes não eram incluídos. O custo foi de R$ 2659 por uma pessoa em quarto individual. O valor do pacote para uma pessoa, no caso de um quarto compartilhado, seria de R$ 2299. 

Fervedouro-bela-vista  

Comparativo de roteiros

O roteiro oferecido pela Korubo inclui hospedagem apenas na região próxima a Mateiros, principal cidade base do Jalapão. Já o tour da Cerrado Dourado tem hospedagem nas cidades de Ponte Alta, Mateiros e São Félix do Tocantins. Essa diferença faz com que o tempo de deslocamento da Cerrado Dourado seja bem menor e os trajetos menos cansativos. A hospedagem em várias cidades permite que a região percorrida seja mais extensa, facilitando assim conhecer bem mais do Jalapão.

Os dois tours escolhidos têm no roteiro as principais atrações do Jalapão: Dunas, Cachoeira do Formiga e Cachoeira da Velha. No tour da Korubo há apenas um fervedouro, sendo que ele é exclusivo da Korubo e nenhuma outra agência pode visitá-lo. Já o tour da Cerrado Dourado oferecia visita a todos os outros fervedouros abertos à visitação, somando sete fervedouros ao final. Entre as visitas a cachoeiras, também houve grande diferença entre as agências. Enquanto com a Korubo conhecemos apenas a Cachoeira da Velha e a Cachoeira do Formiga, com a Cerrado Dourado fomos além e vimos também a Cachoeira do Soninho Grande, Cachoeira do Soninho Pequeno e Cachoeira da Arara.

Pedra-furada  

O tour que escolhemos pela Cerrado Dourado oferecia uma visita à Pedra Furada no pôr do sol e também a possibilidade de fazer a trilha da Serra do Espírito (com custo de R$ 100), além de paradas no Morro Vermelho (também conhecido como Morro do Gorgulho) e Serra da Catedral para fotos. Já na Korubo não havia nenhum desses passeios (no tour mais completo da korubo há a trilha pela Serra do Espírito Santo, mas no tour que fizemos, não).

Outra diferença entre os dois é a prática de esportes no Rio Novo. Como o acampamento da Korubo está à margem do rio, é oferecida aos turistas a prática de caiaque com parada em praias (incluído no valor do tour). Em contrapartida, a Cerrado Dourado oferecia a prática de rafting no Rio Novo, passando pela Cachoeira da Velha e também no Rio Sono (os dois passeios são opcionais e pagos à parte).

Jalapao  

Na opinião do Melhores Destinos, o roteiro da Cerrado Dourado é bem mais completo se comparado ao da Korubo. Quando existia apenas a Korubo no Jalapão, não era tão perceptível que o roteiro deixava muito a desejar. Agora, com várias agência à disposição, fica mais evidente que a Korubo oferece um roteiro com bem menos atividades. Ainda que menos completo, o roteiro da Korubo não deixa de visitar as principais atrações do Jalapão. Porém é um ponto negativo para a Korubo o fato de visitar apenas um fervedouro enquanto a Cerrado Dourado visita sete. 

Fervedouro-bela-vista  

Comparativo de hospedagens

A Korubo oferece aos visitantes bem mais que um roteiro pelo Jalapão. A agência oferece uma experiência de viagem inspirada nos safáris. Os turistas se hospedam em tendas fixas à beira do Rio Novo e em meio à natureza. Ainda que pareça bem rústico, tudo é feito dentro dos padrões de conforto aceitáveis por grande parte dos viajantes que não estão acostumados a camping. Em resumo, para quem nunca acampou, é uma experiência maravilhosa. A sensação de estar em meio à natureza e acordar de frente para o rio é excelente. A desvantagem é que o camping da Korubo é fixo e por isso os deslocamentos são muito cansativos. Além disso, a distância impede que a Korubo visite várias boas atrações do Jalapão que estão mais distantes do acampamento base.  

Jalapao  

Já a Cerrado Dourado, assim como outras agências, oferece a hospedagem em pousadas localizadas nas três cidades base do Jalapão: Ponte Alta, Mateiros e São Félix. Para quem não está disposto a dormir em barracas e não encara o sistema mais rústico da Korubo, essa é a melhor opção. A questão é que as pousadas não acompanham a qualidade de serviço da agência, deixando a desejar em vários momentos. Não é possível esperar muito das pousadas do Jalapão, mas ao menos você terá um quarto com ar-condicionado, banheiro privativo, chuveiro quente, TV e algumas vezes sinal de Wi-Fi.

Jalapao  

Comparativo de veículos

A intenção da Korubo de ser um safári é levada a sério até mesmo na questão do transporte. Os trajetos dentro do Jalapão são feitos em um caminhão com tração nas quatro rodas onde os turistas podem se sentar em um banco especial mais alto e aproveitar o visual com o vento no rosto. A má notícia é que o caminhão sacode um bocado e não oferece ar-condicionado. Depois de algumas horas de passeio, o caminhão se torna bastante incômodo e desconfortável e tudo o que se deseja é um carro normal para viajar.

Jalapao  

A Cerrado Dourado trabalha com veículos do tipo SUV (utilitários esportivos). Os carros são eficientes na estrada e altamente confortáveis. Os bancos são de couro, o ar-condicionado funciona e a empresa ainda oferece serviço de bordo durante os trajetos, com suco e pequenas guloseimas para matar o tempo e aplacar a fome. Normalmente viajam dois carros juntos. Como os grupos são pequenos, dificilmente o veículo vai com a capacidade total de passageiros.

Jalapao  

Comparativos de grupos

Talvez este seja um dos pontos decisivos na hora de escolher uma empresa para viajar ao Jalapão. O tamanho dos grupos fará toda a diferença durante o tour. A Korubo trabalha com grupos de até trinta pessoas — no nosso grupo havia nove. Já a Cerrado Dourado faz viagens de, no máximo, doze pessoas (em três carros) — o nosso grupo era de seis (em dois carros). Grupos muito grandes podem agradar a alguns turistas, mas, no geral, deixam a viagem bem mais confusa. Os atrativos no Jalapão não têm grande capacidade para turistas e viajar com grupos grandes pode atrapalhar um bocado o andar do tour. Nossa escolha foi propositalmente por dois grupos pequenos para não correr o risco de passar aperto.  

Fervedouro-do-ceica  

Comparativo de atendimento

Para quem nunca foi ao Jalapão, é comum muitas dúvidas antes da viagem. Nesse ponto, um bom pré-atendimento é fundamental. E a Cerrado Dourado se destacou muito neste quesito. A pesquisa entre várias agências para fazer a viagem já permitiu que a Cerrado Dourado saísse na frente com um excelente atendimento, o que fez com ela fosse a escolhida para o teste do roteiro em pousadas. As respostas foram sempre muito rápidas e todas as dúvidas sanadas. Durante a viagem, não foi diferente. O guia Diego Battistella era extremamente atencioso e profundo conhecedor do Jalapão. Com formação em engenharia ambiental, ele ajudava a enriquecer o conteúdo do tour, o que fez muita diferença para entender a região. Os guias (além do Diego, estava no grupo também o Márcio Ribeiro) se desdobravam até mesmo para atender a pedidos especiais dos turistas, como sucos e comidas específicas e as músicas prediletas de cada um para tocar no carro. Excelente equipe e sempre de bom humor.

O primeiro contato com a Korubo não foi muito atencioso. Ao tentar tirar algumas dúvidas por mensagem e e-mail, não recebemos resposta. Depois as respostas foram sempre muito curtas e pouco atenciosas. A primeira má impressão mudou ao chegar na viagem, onde todos os funcionários eram de extrema gentileza e simpatia. O guia Rogério estava sempre disposto a integrar o grupo e até se ofereceu para fazer uma trilha matinal e uma flutuação pelo rio, passeios que não estavam incluídos no pacote da viagem. O pessoal da Korubo ajudou até a tirar as pererecas que entraram no banheiro das tendas. As duas equipes foram excelentes durante a viagem e deixaram o Jalapão ainda melhor. 

  • Fervedouro-do-encontro-das-aguas

    Fervedouro do Encontro das Águas

    Nota: 4.0 de 10 (1)

    O Fervedouro do Encontro pode não ser o maior ou mais bonito do Jalapão, mas certamente é o mais forte! A nascente desse fervedouro tem alta pressão e é muito difícil afundar mesmo com outra pessoa empurrando você para baixo. Com uma nascente única, esse fervedouro é o ideal para quem deseja sentir intensamente a...

  • Cachoeira-da-velha

    Cachoeira da Velha

    Nota:  de 10 (0)

    A Cachoeira da Velha é uma das principais atrações localizadas dentro do Parque Estadual do Jalapão e a maior cachoeira da região. A potência dessa queda d'água oferece espetáculo grandioso para os turistas, que podem chegar bem perto seguindo pela plataforma de madeira construída especialmente para...

  • Cachoeira-da-arara

    Cachoeira das Araras

    Nota:  de 10 (0)

    A Cachoeira das Araras é uma parada estratégica para quem está saindo de São Félix do Tocatins a caminho de Palmas. Ela é um ótimo refresco e também excelente ponto para almoço antes de pegar a estrada até a capital. A Cachoeira não tem uma queda d’água muito grande, mas o...

  • Cachoeira-do-formiga

    Cachoeira do Formiga

    Nota:  de 10 (0)

    O intenso verde esmeralda da água da Cachoeira do Formiga encanta os turistas que visitam o Jalapão. A cachoeira está entre as mais belas da região e, com toda certeza, entre as mais visitadas. A queda d’água não é muito grande, mas a piscina que se forma é maravilhosa! E a boa notícia é que a...

  • Cachoeira-do-rio-soninho-grande-e-pequena

    Cachoeira do Rio Soninho Grande e Pequena

    Nota:  de 10 (0)

    A forte queda, com cerca de trinta metros de altura, desafia os turistas a entenderem por onde escorre a água da Cachoeira do Soninho Grande. O grande volume de água que desce do Rio Soninho desaparece em meio a buracos e fendas esculpidos na paisagem. É hipnotizante observar a dança da água nessa cachoeira. O local não é...

  • Canion-do-sussuapara

    Cânion do Sussuapara

    Nota:  de 10 (0)

    A paradinha é estratégica para quem está chegando ao Jalapão. Depois de sacudir nas estradas de terra, um intervalo no Cânion do Sussuapara cai muito bem. O local está a 12 km de Ponte Alta e é ideal para quem está chegando de Palmas. Por isso é comum que as agências façam uma visita à...

  • Dunas-do-jalapao

    Dunas do Jalapão

    Nota:  de 10 (0)

    O intenso dourado toma conta das Dunas do Jalapão ao pôr do sol. A areia ganha nova tonalidade e leva ainda mais beleza ao lugar. Em meio ao cerrado, o fenômeno único ajudou a dar fama ao Parque Estadual do Jalapão. A cada final de tarde, o espetáculo reforça que a beleza local é mesmo inesgotável.

    As Dunas do...

  • Fervedouro-bela-vista

    Fervedouro Bela Vista

    Nota:  de 10 (0)

    Considerado o mais bonito do Jalapão, o Fervedouro Bela Vista é visita imperdível para quem está na região. A piscina desse fervedouro é a maior entre todos os fervedouros abertos para visitação e conta com 15 metros de diâmetro de água transparente e incrivelmente azul. É impossível...

  • Fervedouro-da-korubo

    Fervedouro da Korubo

    Nota:  de 10 (0)

    A Korubo, agência de turismo que opera um camping safári no Jalapão, oferece aos turistas um fervedouro exclusivo. Apenas quem faz o tour para o Jalapão com a Korubo poderá entrar nesse fervedouro. A má notícia é que os turistas que viajam com a Korubo conhecem apenas este e nenhum outro (antigamente a agência...

  • Fervedouro-do-alecrim

    Fervedouro do Alecrim

    Nota:  de 10 (0)

    O Fervedouro do Alecrim compete em tamanho e beleza com o Fervedouro Bela Vista. O formato dos dois é bem semelhante, assim como infraestrutura de madeira para acesso à piscina. A principal diferença entre os dois é a cor. Enquanto o Bela Vista é azul, o Fervedouro do Alecrim é extremamente verde. Uma cor única entre os...

  • Fervedouro-do-buritizinho

    Fervedouro do Buritizinho

    Nota:  de 10 (0)

    Com água extremamente transparente e de azul intenso, o Fervedouro do Buritizinho se destaca como um dos mais belos do Jalapão. Nadar em meio à natureza que cerca o local é uma experiência incrível e digna de muitas fotos. O Fervedouro do Buritizinho tem formato de gota e a nascente é mais profunda se comparada a outros...

  • Fervedouro-do-ceica

    Fervedouro do Ceiça

    Nota:  de 10 (0)

    Primeiro fervedouro a ser divulgado para o público, o Fervedouro do Ceiça ainda hoje está entre os mais famosos e visitados do Jalapão. O poço tem uma nascente principal e a intensidade da pressão é bem alta, fazendo com que os visitantes flutuem com facilidade. O fervedouro é bem redondo e cercado por bananeiras...

  • Fervedouro-do-rio-sono

    Fervedouro do Rio Sono

    Nota:  de 10 (0)

    O Fervedouro do Sono tem um poço repleto de nascentes e um buriti estrategicamente posicionado que torna o visual ainda mais belo. Ao entrar na água, você poderá escolher a nascente mais forte e se posicionar sobre uma delas para flutuar. A água é um pouco mais gelada que o normal de outros fervedouros, mas o tempo quente ajuda a...

  • Fervedouro-dos-buritis

    Fervedouro dos Buritis

    Nota:  de 10 (0)

    O Fervedouro do Buriti encanta pela linda cor da água, que varia entre verde e azul, a depender do sol, e também pelos grandiosos buritis que cercam o local. Com grau de flutuação leve e muito verde ao redor, esse fervedouro agrada pela grande piscina e transparência da água. Ótimo para cliques subaquáticos! Na entrada...

  • Pedra-furada

    Pedra Furada

    Nota:  de 10 (0)

    O pôr do sol na Pedra Furada é comparável à beleza do pôr do sol nas Dunas do Jalapão. Esculpidos na rocha de arenito em meio ao cerrado, os buracos permitem cenários espetaculares para apreciar o entardecer e, claro, fazer muitas fotos! É o lugar ideal para aquele retrato inesquecível do Jalapão. Do alto...

  • Prainha-do-rio-novo

    Prainha do Rio Novo

    Nota:  de 10 (0)

    Considerado um dos maiores rios de água potável do mundo, o Rio Novo é um dos melhores pontos do Jalapão para um mergulho. Apesar de haver dezenas de pequenas praias ao longo do curso do rio, uma específica atrai a atenção dos turistas. E não é para menos! A Prainha do Rio Novo, localizada a poucos metros da...

  • Serra-do-espirito-santo

    Serra do Espírito Santo

    Nota:  de 10 (0)

    A Serra do Espírito Santo é uma das mais emblemáticas paisagens do Jalapão. O longo e reto platô de arenito é seguido pela formação em pirâmide em uma das pontas, uma silhueta inconfundível e que se tornou marca registrada da região. A Serra do Espírito Santo está localizada ao lado das...

Tudo que você precisa saber sobre Jalapão!

Esse texto sobre Passeios e tours para o Jalapão faz parte do guia de Jalapão no Melhores Destinos

Comentários para Passeios e tours para o Jalapão

  • 76rfy Mirlene Lima há 11 meses

    Eu recomendo a empresa Jalapão Total (https://www.jalapaototal.com/). Me aventurei sozinha nas férias de 2016 e o primeiro destino foi Jalapão. Fui bem recepcionada pela empresa que me buscou na pousada que ela mesma me indicou pois não conhecia nada em Palmas e me devolveu na rodoviária onde seguiria para mais uma aventura :) A excursão foi sensacional e divertida! Conforto e segurança! Super recomendo!

  • Qpddq Deyse Santos há 1 mês

    Oi Mirlene qual pousada você ficou?

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.