Capitólio

Passeios em Capitólio

A oferta de passeios em Capitólio é bem grande e será fácil se manter ocupado durante toda a viagem. Na verdade, é bem provável que sejam necessárias várias viagens para conhecer tudo o que a região tem a oferecer. Os tours têm como principais destinos as atrações do Lago de Furnas (onde lancha ou barco são necessários) e as cachoeiras e regiões onde o acesso é complicado; por isso veículos com tração são mais recomendados. Ainda que esses sejam os passeios mais populares, é possível encontrar opções para diversas outras atrações e também montar roteiros particulares. Tudo pode ser adequado ao desejo do visitante.

Os turistas que viajam em carro próprio e estão dispostos a dirigir não precisarão contratar agência para grande parte dos passeios. O acesso quase sempre é bem tranquilo para carro comum e as trilhas são bem sinalizadas, o que dispensa a contratação de guias. Algumas atrações, entretanto, exigem transporte especial e por isso é quase certo que você precise fazer ao menos um tour enquanto estiver por lá, especialmente se a ideia for navegar pelo Lago de Furnas ou ir até a Pedreira Lagoa Azul. Já quem viaja sem carro não tem outra opção se não contratar agências de passeio. Na cidade, não há oferta de transporte público que leve às atrações e por isso o tour será fundamental para conhecer os principais pontos turísticos. 

É importante frisar que a maneira mais econômica de viajar para Capitólio é em carro próprio, já que o custo dos passeios pode ser alto. O carro ajudará a economizar no orçamento e tornará a viagem mais barata. Outra vantagem do carro próprio é poder escolher os roteiros e passar o tempo que desejar em cada atração. Excelente para quem não gosta de ter o tempo controlado. Em contrapartida, os passeios com agência contam com a vantagem de ter a presença de um guia e também com a comodidade de não precisar dirigir nas estradas, além de ter um roteiro prontinho para quem não quer se preocupar com nada. A escolha de fazer os passeios com ou sem agência vai depender do perfil e verba de cada viajante.

Passeio pelo Lago de Furnas

O Lago da Represa de Furnas é a atração mais procurada de Capitólio e também a principal rota de passeios entre os turistas que visitam a região. Em dias de feriado prolongado, a disputa por uma vaga é grande e a fila de espera para o passeio pode durar horas. Já em dias normais, será fácil navegar pelas águas do lago e aproveitar as belezas do lugar. 

O roteiro do tour pelo Lago de Furnas varia entre as agências. Há percursos com três a sete horas de duração, em diferentes tipos de embarcação, entre elas lanchas e chalanas. As principais paradas oferecidas no passeio são a Lagoa Azul, sendo que para chegar ao topo da cachoeira é preciso pagar o ingresso separado; o Vale dos Tucanos, linda formação rochosa em meio ao cânion; a Cachoeira Cascatinha; os Cânions de Capitólio, com duas quedas d’água; e a Cachoeirinha da Ilha, onde há um animado bar flutuante. Algumas paradas são para banho e outras apenas para contemplação. Vale dizer que até pouco tempo atrás era permitido o banho nas cachoeiras dos cânions, porém, com o grande número de embarcações no local, o banho está restrito.

Os passeios pelo Lago de Furnas partem da Ponte do Rio Turvo (MG-050) e também do bairro Escarpas do Lago (a 6 km do centro de Capitólio). Na Ponte do Rio Turvo, há maior oferta de agências, maior quantidade de turistas e é possível contratar o passeio na hora. Por lá, o mais comum é o passeio de apenas 4h. Já no Escarpas do Lago os passeios costumam sair com grupos fechados (é preciso fazer reserva nas agências locais) e há roteiros com duração de 7h, o que permite curtir com mais calma cada atração. O custo do passeio varia entre R$ 60 e R$ 180 por pessoa.

Passeios para as cachoeiras e outras atrações

O grande número de cachoeiras em Capitólio e arredores faz com que haja uma boa oferta de passeios. As combinações de atrações variam muito entre as agências e é possível contratar também roteiros personalizados. Em alguns casos — como o Mirante dos Cânions de Capitólio, a Cachoeira Dicadinha, a Cachoeira do Filó, a Cachoeira da Capivara, o Poço Dourado e a Trilha do Sol — o passeio funcionará mais como um transfer, já que os lugares visitados não precisam de guias e são fáceis de serem percorridos por conta própria. Já em cachoeiras com estradas mais difíceis — como o Retiro Viking, o Fecho da Serra, a Casca D’Anta e a Pedreira Lagoa Azul —, as agências serão fundamentais devido à dificuldade de acesso para carros comuns, especialmente em época de grandes chuvas. Nesses casos, o veículo 4x4 das empresas será importante.

Os passeios para as cachoeiras quase sempre têm duração de dia inteiro, mas é possível também fazer tours mais curtos. Ao escolher o roteiro, pergunte detalhadamente qual o tempo de parada em cada atração para não ficar decepcionado ao descobrir que serão apenas vinte minutos no local. É frequente que em alguns pontos de parada os guias façam visitas muito rápidas, quase sem tempo para um banho. Converse antes com a empresa para ter certeza que isso não irá acontecer. Outra questão importante a ser discutida com a agência é sobre o valor das entradas nos atrativos, que muitas vezes não estão incluídos nos roteiros. O custo pode sair mais alto que o esperado e, o que é pior, outros turistas podem desistir da visita devido ao valor extra e o seu tour ficar incompleto. Fique atento! Os valores para passeios em cachoeiras, em média, são entre R$ 120 e R$ 200 por pessoa.

Passeio para a Serra da Canastra

A Serra da Canastra está bem pertinho de Capitólio! Permeada por lindas paisagens, grandes cachoeiras e fazendas produtoras de um dos melhores queijos do Brasil, a Serra da Canastra é um universo maravilhoso e vale a visita, mesmo que em apenas um dia de passeio. A região está bem próxima de Capitólio (são apenas 85 km até a cidade de São Roque), mas a estrada, nem sempre amigável, torna os passeios uma boa pedida. Algumas atrações são acessíveis apenas por carros com tração (caso da nascente do Rio São Francisco e a parte alta do Parque Nacional da Serra da Canastra) enquanto outras têm acesso bastante ruim em período de chuvas (caso da Cachoeira Casca d'Anta). Na dúvida, vale o passeio!

Os tours pela Serra da Canastra partem tanto de Capitólio quanto de cidades próximas ao Parque Nacional da Serra da Canastra, entre elas São Roque de Minas. O passeio para a região tem duração de dia inteiro e os roteiros podem variar entre cachoeiras, paisagens e visitas a fazendas produtoras do autêntico e premiado queijo canastra. O ideal é um passeio que junte tudo o que há de melhor por lá em apenas um dia! Os tours para a Serra da Canastra, como saída de Capitólio, têm custo a partir de R$ 200 por pessoa.

Passeios privativos

Ao contratar passeios privativos, você terá liberdade de itinerário e também de tempo de visita em cada uma das atrações. Os passeios privativos, tanto de carro quanto de lancha, são uma ótima pedida para quem está com um grande grupo e quer curtir apenas entre a família e amigos. Tudo por lá é negociável! O importante é não perder a viagem dentro do hotel.

Tudo que você precisa saber sobre Capitólio!

Esse texto sobre Passeios em Capitólio faz parte do guia de Capitólio no Melhores Destinos

Comentários para Passeios em Capitólio

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.