Como chegar

Prepare-se para exercer todo o seu talento em busca de promoções de passagem e organização de itinerário. Para chegar até Mendoza, eles serão extremamente necessários. Mesmo sendo um destino vizinho - e relativamente comum -, ainda é muito caro desbravar os vinhedos mendocinos.

É importante saber quanta verba e tempo você dispõe para fazer esse trajeto. As principais vias de acesso para quem quer chegar a Mendoza são Buenos Aires (distante 1100km) e Santiago (distante 400). Que tal começar avaliando a relação custo-benefício de todas as combinações?

Avião

Esta é a maneira mais prática e rápida de ir para Mendoza, porém nem sempre é a mais barata; pelo contrário: dependendo da cidade em que você estiver, o trajeto pode custa o mesmo que uma viagem para a Europa. Atualmente não existem voos diretos do Brasil para Mendoza. 

As companhias aéreas que operam voos do Brasil para a região são: Latam, Gol e Aerolíneas Argentinas. Todas oferecem voos com escala em Buenos Aires, Córdoba ou Santiago. Se a escala for em Buenos Aires, fique atento à troca de aeroportos. Você provavelmente chegará no Ezeiza, mas pegará o voo de Buenos Aires para Mendoza no Aeroparque. Calcule bem o tempo entre as escalas para não perder o segundo trecho. Algumas companhias aéreas oferecem gratuitamente o transfer entre os dois aeroportos (o valor médio é de 400 pesos por pessoa, quase o preço da passagem de ônibus de Buenos Aires a Mendoza). 

Se o dinheiro não der para fazer todo o trajeto de avião, que tal pegar um trecho aéreo até Buenos Aires ou Santiago e depois escolher outro meio de transporte para Mendoza?

Ônibus

Seguro, rápido e confortável, o ônibus é muito procurado pelos turistas que visitam a região de Mendoza. O transporte é eficiente saindo das duas capitais: Buenos Aires e Santiago. 

- Saindo de Buenos Aires:

São treze horas de viagem para percorrer os 1100km que separam a capital Buenos Aires da província de Mendoza. Os ônibus são extremamente confortáveis e muitos têm poltronas que viram cama, além de oferecer refeição, bebidas, cobertores e entretenimento de bordo. A estrada é de excelente qualidade e duplicada em vários trechos. As empresas rodoviárias disponibilizam diversos horários, incluindo viagens noturnas.

A opção é bem-vinda para quem só tem dinheiro - ou milhas - para ir de avião até Buenos Aires. O trecho custa, em média, 400 pesos e o preço é semelhante à diária do aluguel de um carro. Se não estiver disposto a dirigir, o ônibus é para você!

Empresas de ônibus que fazem o trajeto Buenos Aires – Mendoza:

Andesmar (http://www.andesmar.com);

El Rapido (http://www.el-rapido.com.ar);

Sendas (http://www.vytsendas.com.ar);

Flecha Bus (www.flechabus.com.ar);

Cata (http://www.catainternacional.com);

Chavallier (http://www.nuevachevallier.com).

- Saindo de Santiago, no Chile:

Mais do que um transporte, o ônibus de Santiago para Mendoza é uma experiência lindíssima. A viagem de sete horas percorre 400km e atravessa a Cordilheira do Andes pelos famosos Caracoles (nome dado ao trecho curvilíneo da estrada). Escolha uma passagem no período diurno, cole na janela e aproveite a paisagem.

A viagem é mais curta, rápida e bonita do que por Buenos Aires, mas nem tudo são flores: durante o inverno, não é raro que as estradas permaneçam fechadas por conta de nevascas. A passagem pela fronteira costuma ser demorada, especialmente no verão, e o voo para Santiago custa mais do que para Buenos Aires. Para compensar, o valor da passagem de ônibus é mais baixo: em média, 200 pesos por trecho.

Empresas de ônibus que fazem o trecho Santiago – Mendoza:

Andesmar (http://www.andesmar.com);

El Rapido (http://www.el-rapido.com.ar);

Cata (http://www.catainternacional.com);

Chile Buses (http://www.chilebuses.cl);

Tas Choapa (http://www.taschoapa.cl).

Carro

Para os amantes de estradas, a oportunidade é imperdível. Um veículo será um bem útil e necessário em Mendoza, salvo se você contratar remis. As duas estradas oferecem vantagens. Se você optou por passar os dias na cidade em um automóvel alugado, avalie se não vale já ir com ele até lá. O preço médio da diária é US$ 100.

- Partindo de Buenos Aires:

O percurso de 1.100km passa voando para quem escolhe sair de Buenos Aires de carro. A estrada é de excelente qualidade e o tráfego, tranquilo. Muitos trechos são duplicados e, ao longo de toda a rodovia, há opções de postos de combustíveis e lojas de conveniência. Atenção para os pedágios: eles aceitam pagamentos apenas em dinheiro.

Para chegar a Mendoza, basta pegar a Ruta Nacional 07 e seguir toda a vida. Não tem erro! Próximo à entrada da cidade, uma barreira sanitária para todos os veículos e os “desinfeta” para evitar a entrada de pragas nos vinhedos. Eles também costumam reter produtos de origem vegetal. Se quiser fazer uma parada para dormir, a melhor opção é a cidade de Córdoba, bem na metade do caminho.

Para evitar problemas com a polícia portenha, mantenha sempre os faróis acessos, tenha dois triângulos e um kit de primeiros socorros. Cabo para reboque e lençóis brancos não constam da legislação, mas são exigidos como forma de cobrar suborno. A polícia é famosa por parar turistas e pedir propina. Se for alugar um carro na Argentina, avise à locadora que você trafegará em autoestrada.

- Partindo de Santiago, no Chile:

Para os que buscam uma viagem incrivelmente linda, este é o roteiro! Atravessar a Cordilheira dos Andes dá um gostinho especial a qualquer destino. Encare o desafio de passar pelos Caracoles e curta toda a beleza dos 400km de paisagem.

Atravessar a fronteira entre Chile e Argentina exige paciência. É preciso estar preparado para imprevistos: entre o outono e o inverno, não é raro o Túnel del Cristo Redentor – ligação entre os dois países – permanecer, por horas (às vezes dias), fechado. Se viajar nessas estações, esteja atento às condições climáticas e pronto para um plano B.

A fronteira também costuma atrasar a viagem, principalmente nos finais de semana do verão. É possível que você perca algumas horas parado apenas para fazer a imigração. Esteja certo de que o veículo que você dirige está autorizado a cruzar a fronteira e evite um problema maior. Um estoque de comida e bebida ajuda nessa hora, mas saiba que boa parte do que sobrar pode ir para o lixo na passagem pela fiscalização fitossanitária dos dois países.

A estrada é recheada de pedágios, porém está em excelente estado. Faltam no trecho paradas para reabastecimento e alimentação. Saia com tanque cheio, acesse a Ruta Nacional 07 e buen viaje!

  • Aeroporto Internacional El Plumerillo

    Nota:  de 10 (0)

    Distante 11 km do centro de Mendoza, o Aeroporto Internacional de Mendoza serve a toda a região de Cuyo. Tem como nome oficial Aeroporto Internacional Gobernador Francisco Gabrielli, porém é conhecido como El Plumerillo. Apesar do grande fluxo de passageiros, o aeroporto é bem pequeno. Fique atento ao chamado para a entrada do seu embarque. Este...

Tudo que você precisa saber sobre Mendoza!

Esse texto sobre Como chegar faz parte do guia de Mendoza no Melhores Destinos

Comentários para Como chegar

  • Hzrma Marcelo Rocha há mais de 5 anos

    O que é remis? Os lençóis brancos servem para que?

  • Moniquerenne Monique Renne há mais de 5 anos

    Oi, Marcelo! Remis é o serviço de motorista. Você pode contratar um motorista que oferece também carro próprio (veja mais em "como se locomover"). Os lençóis brancos não são obrigatório (acredito que sejam para cobrir corpo em caso de acidente). Porém, para os desavisados, é bom saber que eles são cobrados pela polícia como forma de suborno. Sabendo a legislação você não terá problemas!

  • Sam1210 Felipe há 5 anos

    Eu fui de Bus Cordoba x Mendoza, foi bem perto e foi barato (não lembro tempo de viagem e preço, + ou - 6 hrs). Ha voos para Cordoba do Brasil e as vezes promoções.

  • Vmymj Neda Blythman De Figueirêdo há 5 anos

    O lencol branco teria várias utilidades, de cobrir corpos como disse a Monique, a sinalizar o local de um acidente, como por exemplo quando um veículo cai numa ribanceira, cortar em tirar pra um torniquete, etc ... É algo útil, mas não é obrigatório.

  • Dyq3g Tiago Araújo há 5 anos

    Quanto tempo é preciso (seguro) para fazer a mudança de aeroporto em Buenos Aires?

  • Img0663 Thiago Mesquita há mais de 4 anos

    Tô querendo viajar em maio, esse preço de 400 pesos ocorre nessa época? Porque nesse final de ano o trecho mais barato na acomodação mais simples não tá custando menos que 600, 1200 ida e volta.

  • Moniquerenne Monique Renne há mais de 4 anos

    Thiago, pesquisei Buenos Aires - Mendoza e a tarifa mais barata que encontrei foi 500 pesos. Só dá pra comprar até novembro. Subiu um bocado o preço desde que fizemos o guia. Levei até um susto! Meu conselho é que você compre a passagem em Buenos Aires, assim você paga em peso e não perde muito dinheiro no câmbio do cartão de crédito. Online você não conseguirá comprar com tanta antecedência. Caso você vá ficar com o carro em Mendoza, eu sugiro que você vá já de Buenos Aires pra lá com ele. É uma viagem muito tranquila.

  • Img0663 Thiago Mesquita há mais de 4 anos

    Pois é, Monique, eu espero que em maio, que é quando viajo, os preços estejam um pouco menores. Também tô pensando em ir de carro, mas não sei se vale a pena pagar mais ou menos USD 100 por diária. Obrigado pela resposta, e o guia está ótimo!

  • Moniquerenne Monique Renne há mais de 4 anos

    Thiago, eu fiz essa viagem de carro e gostei muito mesmo! A estrada, por incrível que possa parecer, é muito boa! Como decidimos não usar o serviço de remis, o carro era necessário para chegar aos passeios. Mas há um porém, não é uma boa dirigir alcoolizado, por isso, se todos do grupo forem beber, é melhor contratar um motorista mesmo :) No ano seguinte viajei outra vez e optei pelo serviço de motorista.

  • Missing Cássiaa há mais de 4 anos

    Olá!
    Vou viajar para BsAs e depois Mendoza em janeiro/2015 e gostaria de saber se é possível comprar as passagens para Mendoza no msm dia que irei pra lá, exatamente dia 09/01/2015?
    Adorei o guia, informações maravilhosa.!!!

  • Img0663 Thiago Mesquita há mais de 4 anos

    Esse é o problema, Monique, seremos 3 pessoas viajando e provavelmente ninguém vai querer ser o "motorista da rodada" em Mendoza. Mas ainda vou esperar esses preços de lotação baixarem, porque senão vai ser mais vantajoso alugar carro mesmo. Obrigado!

  • We763 Anne Cristina há 4 anos

    Olá, gostaria de ajuda de quem já foi! A passagem de Santiago para Mendoza de ônibus custa 415 pesos argentinos, é isso mesmo? Estou pesquisando nos sites acima e me mostra esses valores. Não consigo passagens mais baratas?

  • Img0663 Thiago Mesquita há 4 anos

    Acho que é isso mesmo, Anne, Bue-Mdz tá custando cerca de 900 pesos...

  • Fkj4r Rodrigo Loss Taborda há 4 anos

    Boa noite pessoal,
    escolhi fazer a viagem santiago x mendoza de ônibus pela período da tarde para contemplar a linda paisagem, porém no retorno, de mendoza para santiago, estou querendo voltar a noite pra curtir o dia em santiago.
    Gostaria de saber se existe alguma empresa de ônibus que faz a viagem mendoza x santiago à noite, e se consigo comprar a passagem com antecedência pela internet ou canal de telefone.

  • Moniquerenne Monique Renne há 4 anos

    Oi Rodrigo! Aqui no post estão as empresas que fazem o trajeto. Consultei a Andesmar e vi que tem venda online e uma viagem que sai de Mendoza 22h. Parece ser exatamente o que você procura. As empresas que fazem o trajeto são: Andesmar (http://www.andesmar.com);

    El Rapido (http://www.el-rapido.com.ar);

    Cata (http://www.catainternacional.com);

    Chile Buses (http://www.chilebuses.cl);

    Tas Choapa (http://www.taschoapa.cl).

  • Fkj4r Rodrigo Loss Taborda há 4 anos

    Obrigado Monique!!

  • Rqgkv Daniel Cunha há quase 4 anos

    Olá

    Por favor, Existem empresas de onibus que faz o trageto Buenos aires / Santiago direto ?

  • Img0663 Thiago Mesquita há quase 4 anos

    Daniel, tem sim, entra no site da Andesmar ou Cata e coloca esse trecho lá.

  • Jqjjx Natália Costa Barros há quase 4 anos

    Boa noite, gostaria de saber sobre o preço e empresas que alugam carro em buenos aires para mendonza, estou querendo ir dezembro de 2015 de lua de mel! Obrigada

  • 4h7nt Claudio Henrique há mais de 3 anos

    Também gostaria de alugar um carro, porem seria Santiago/Mendoza/Buenos Aires alguem tem informações de empresas que eu possa retirar o carro em Santiago e entregar em Buenos Aires

  • Ttf3n Emiliana Fernandes há mais de 2 anos

    Gente a passagem mais em conta que achei entre Santiago e Mendoza foi 800 pesos, e de Buenos a Mendoza 1330 pesos. Sem condições esses valores. Um absurdo.

  • Z6am4 Marcos Terra há mais de 2 anos

    Pretendo ir de carro de Santiago para Mendoza no dia 26 de Fevereiro, porém não estou conseguindo nenhuma disponibilidade para retirar o carro em Santiago e devolver em Mendoza. Isso é possível?

  • 4h7nt Claudio Henrique há mais de 2 anos

    Emiliano, devido a esse custo eu optei por fazer este trajeto de ônibus, e não me arrependi, comprei com antecedência no segundo andar do ônibus na primeira fileira, estava no fim da neve, a paisagem esta incrível, cortar os Andes de ônibus é muito bacana.

  • 4h7nt Claudio Henrique há mais de 2 anos

    Marcos, quando eu pesquisei não encontrei nenhuma confiável, e se encontrar a tal taxa que eles cobram de retorno não vale a pena, fiz este trajeto de ônibus, e foi muito tranquilo inclusive com serviço de bordo, a paisagem é um espetáculo, se quiser conhecer mais, sugiro contratar um remis, vai sair mais barato.

  • Z6am4 Marcos Terra há mais de 2 anos

    Claudio, muito obrigado pela dica. Vou de ônibus então. Alugo o carro em Mendoza para rodar somente por lá mesmo

  • Moniquerenne Monique Renne há mais de 2 anos

    Marcos, sugiro que você alugue o carro em Santiago apenas se for voltar pra lá. O custo de devolução será altíssimo. Vale dizer também que a paisagem da estrada é linda e você poderá aproveitar mais se não estiver dirigindo :)

  • Missing Ana Paula Mancastropi há mais de 2 anos

    Meu marido e eu estamos pensando em ir na segunda semana de junho. Porém estamos com uma dúvida: ainda não conhecemos Buenos Aires, com sete dias é possível ficar em Buenos Aires e depois seguir pra Mendonza? Queremos conhecer principalmente as vinícolas. Qual maneira é mais em conta? ônibus ou avião saindo de Buenos Aires? Ou compensa ir somente a Mendonza e depois realizar outra viagem? Obrigada

  • 4h7nt Claudio Henrique há mais de 2 anos

    Olá Ana, sou um pouco suspeito pra falar de tempo, afinal eu fiz um mochilão, passando por Santiago/Atacama/Santiago/Mendoza/Buenos Aires/Uruaguai e Monte Vídeo em 14 dias (Dormir pra que né rsrsrs) digo que cada um tem uma forma e um estilo de viajar, mas 7 dias são bem suficientes em Buenos Aires, inclusive eu tiraria um ou talvez dois desse roteiro para ir de Buquebus até o Uruguai. Devido ao tempo apertado eu fiz Mendoza x Buenos Aires de avião e Santiago x Mendoza de Ônibus. Amigos já fizeram este trajeto de ônibus é falaram que é bem tranquilo, dependendo tem até serviço de bordo, se tiver tempo sai mais em conta, mas pode contar menos 1 dia na sua viagem, pois leva em torno de 12 a 13 horas.

  • Missing Ana Paula Mancastropi há mais de 2 anos

    Obrigada pelas dicas

  • Xdfeh Tereza Neuma Cavalcante Gurgel há 2 anos

    Estarei em Mendoza no mês de novembro. Compramos passagem aérea pela LATAM, não estava caro: 400 reais ida/volta com taxas inclusas. Alguém sabe o valor do táxi do aeroporto para o centro da cidade?

  • An4fh Igor Gois há 2 anos

    Olá Monique, pretendo fazer Buenos Aires - Mendonza de carro, como é muito chão quero fazer uma parada. Vc sugere no seu texto Córdoba, no caso tem q desviar um pouco da rota. Dessas cidades de Beira de estrada como San Luis, Villa Mercedez, Laboulaye... vc tem referencia de alguma delas? pq queria seguir na Ruta Nacional 07 .

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.