Chapada dos Veadeiros

Os olhos dos viajantes se perdem na imensidão que toma conta da paisagem da Chapada dos Veadeiros. Nas cachoeiras e cânions, a força das quedas d’água presenteia os turistas com revigorantes banhos de energia. A intensa beleza do cerrado é potencializada ainda mais pelo dourado do sol que sempre colore os finais de tarde na região. Ir à Chapada dos Veadeiros é certeza de sair apaixonado por cada cenário que recobre esse pedacinho mágico no interior de Goiás. Mergulhe fundo nas águas geladas da Chapada dos Veadeiros e aproveite cada minuto dessa fantástica viagem.

A Chapada dos Veadeiros é um convite irrecusável aos amantes do ecoturismo. A região, que engloba oito municípios do interior de Goiás, tem como principais bases de apoio para os turistas a cidade de Alto Paraíso de Goiás, a Vila de São Jorge e Cavalcante. Grande parte das atrações da região está concentrada nas três localidades, entre elas o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e quedas d'água espetaculares, como a Cachoeira Santa Bárbara, que se tornou famosa pela água em tons de azul Caribe. Não faltará opções de banho nos dias em que você estiver por lá.

Cachoeira-santa-barbara

O que fazer na Chapada dos Veadeiros

As cachoeiras são os grandes atrativos da Chapada dos Veadeiros e não há motivo para negar isto. Na Chapada dos Veadeiros há cachoeiras fantásticas e vale tomar um bom banho em cada uma delas. A Cachoeira Santa Bárbara se tornou uma das mais famosas da região, mas há outras diversas opções que valem a pena entrar no roteiro, a começar pelas cachoeiras do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, entre elas os Saltos do Rio Preto, a Cachoeira das Cariocas e os Cânions. Fora do circuito principal do parque, vale conferir ainda lugares como: a Cachoeira do Segredo, as Cachoeiras Almécegas I e II, o sempre incrível Vale da Lua, a Catarata dos Couros, as Cachoeiras do Prata e muitas outras.

Cachoeiras-do-prata

Com diversas trilhas autoguiadas, a Chapada dos Veadeiros agrada especialmente aos viajantes que preferem o turismo independente. Quase sempre será possível chegar às cachoeiras da Chapada dos Veadeiros sem contratar guias ou agências de turismo, o que torna a viagem mais barata e os percursos mais intimistas. Você terá a sensação de ser o desbravador daquelas belezas. Mas se você não faz a linha explorador, não se preocupe! Será fácil descolar um guia para os passeios na região. Vale dizer que grande parte das atrações tem acesso pago, mas os valores são acessíveis e não pesam tanto no orçamento da viagem. Um ótimo destino para quem não quer gastar muito. Para começar com um lindo trajeto, experimente a Trilha do Mirante da Janela.

Além dos revigorantes banhos gelados, a Chapada dos Veadeiros reserva ainda aos viajantes outras experiências espetaculares, como um final de tarde no Jardim de Maytrea, banhos nas piscinas naturais de águas termais, e, para os mais alternativos, uma grande variedade de tratamentos místicos e holísticos. Sem falar nas deliciosas noites entre os bares, restaurantes e feirinhas da Vila de São Jorge e de Alto Paraíso, ou ainda a vida pacata e tranquila de Cavalcante e do território Kalunga. A Chapada dos Veadeiros é lugar para curtir sem pressa e onde a boa troca de energia é sempre bem-vinda!

Veja mais detalhes sobre o que fazer na Chapada dos Veadeiros.

Cachoeira-do-segredo

Quando ir à Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros pode ser visitada durante todo o ano, porém alguns detalhes na previsão do tempo farão toda a diferença na sua experiência por lá. A região é marcada por longos períodos de chuva e de seca, o que torna a paisagem e as atrações bem diferentes a depender dos meses do ano. 

O melhor período para a viagem à Chapada dos Veadeiros é no final das chuvas e início da seca, especialmente entre os meses de abril e julho. Nesse período, a paisagem ainda está verde, as cachoeiras estão com água e o pôr do sol é sempre espetacular. No auge das chuvas, entre novembro e março, as cachoeiras estarão com visual incrível, mas algumas trilhas podem ser fechadas devido ao risco de tromba d’água. Já no auge da seca, entre agosto e setembro, há maior risco de incêndio, o clima seco pode ser desconfortável e algumas cachoeiras estarão quase sem água. Para compensar, é nesse período que o pôr do sol estará mais deslumbrante.

Veja mais sobre quando ir à Chapada dos Veadeiros.

Jardim-de-maytrea

Onde ficar na Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros é bem grande e vale dividir a hospedagem em diferentes bases para economizar tempo de viagem entre os atrativos. As principais bases da Chapada dos Veadeiros para hospedagem são Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante, sendo que as duas primeiras estão bem próximas e é fácil se locomover entre elas. Já Cavalcante está mais distante e exige mais tempo de estrada até lá.

Alto Paraíso é a base com melhor infraestrutura e comércio, além de maior número de pousadas. É uma boa pedida para quem busca conforto e não faz questão de estar colado à entrada do Parque Nacional.

Já a Vila de São Jorge é o destino certo para quem quer ficar pertinho do parque e procura um clima mais alternativo na região. São Jorge tem boas pousadas, mas como a oferta é menor, os preços costumam ser mais altos por lá. Vale dizer que a Vila de São Jorge é uma delícia à noite e há bons restaurantes para curtir. Apesar de pequenina, ela costuma ser bem animada.

Cavalcante é recomendada para quem pretende explorar as cachoeiras da região, como a Cachoeira Santa Bárbara, a Cachoeira da Capivara, a Cachoeira Candaru e as Cachoeiras do Prata. A cidade não oferece muitas pousadas e restaurantes, mas vale o pouso para facilitar o trajeto até as cachoeiras.

Veja todos os detalhes e dicas de pousadas na Chapada dos Veadeiros.

Vila-de-sao-jorge

Como chegar à Chapada dos Veadeiros

Não há aeroporto na Chapada dos Veadeiros. A opção de aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros é o  Aeroporto Internacional de Brasília (BSB), distante 233 km de Alto Paraíso de Goiás. Sendo assim, para chegar à Chapada dos Veadeiros, será preciso botar o pé na estrada, seja de carro ou ônibus. Podemos adiantar que um carro será bem útil na Chapada dos Veadeiros para chegar às principais cachoeiras do roteiro, o que faz do carro a melhor maneira de chegar à Chapada dos Veadeiros.

O trajeto de Brasília até Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante é 100% asfaltado e a viagem é bastante tranquila. A estrada que liga Brasília à Chapada dos Veadeiros é a BR-010. O trajeto leva, em média, 3h50 até a primeira base, que é Alto Paraíso de Goiás. A partir de Alto Paraíso, serão mais 36 km até a vila de São Jorge e 90 km até Cavalcante. 

Para quem não pretende alugar carro, a melhor opção para chegar à Chapada dos Veadeiros é fazer o trajeto da Rodoviária Interestadual de Brasília até Alto Paraíso de Goiás. Não há ônibus direto até São Jorge ou Cavalcante. Para ir às duas cidades, será obrigatória uma parada em Alto Paraíso. 

Confira todos os detalhes sobre como chegar à Chapada dos Veadeiros e a cada uma das bases.

Alto-paraiso-de-goias

Quanto tempo ficar na Chapada dos Veadeiros 

Para conhecer as principais cachoeiras e atrações da Chapada dos Veadeiros, o ideal é ficar na região por, no mínimo, uma semana. Um roteiro de quatro dias - que casa bem com um feriado - ajudará a conhecer o básico, como as trilhas do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o Vale da Lua, as Cachoeiras Almécegas I e II, a Cachoeira São Bento e a Cachoeira do Segredo. Para ir um pouco mais a fundo, o ideal é ficar na Chapada dos Veadeiros de sete a dez dias. Esse tempo será suficiente para percorrer as cachoeiras mais procuradas de Alto Paraíso, São Jorge e também Cavalcante.

Cachoeiras-almecegas-i-e-ii

Se o que você procura é um destino espetacular para dias de descanso e intenso contato com a natureza, a Chapada dos Veadeiros pode ser a sua próxima parada. Pra ajudar na organização da sua viagem, preparamos um guia completo com várias dicas. Independente do período que você escolher para visitar a Chapada, tenha em mente que estará a caminho de um lugar cercado por misticismo e muita energia. Aproveite e se deixe levar. A cada banho de cachoeira pense que você estará recarregando as baterias para um novo ano que está por vir.