San Andrés

Quanto tempo ficar em San Andrés? [AJUDA]

  • 9qfg2 Eric Araújo    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Oi pessoal, tudo bem?

    Quero ir para San Andrés nas férias, mas ainda estou na dúvida de quanto tempo ficar por lá. Alguém sabe me dizer quantos dias acha suficiente para conhecer e aproveitar a ilha toda?

    Obrigado pela ajuda!

  • Missing rickson    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    7 dias é bom periodo, ainda dar para ir para providencia passar 2 dias desses 7.

  • Missing Anônimo    há mais de 5 anos Balloon-quotation

    QUINZE DICAS ATUALIZADAS DE SAN ANDRES/CARTAGENA/PANAMA/BOGOTA

    Pessoal, saí da ilha em 24/04/2016. Quem desejar pode me mandar e-mail (ma.amelia.santos@gmail.com) com as duvidas ou pergunte aqui no grupo. Peguei varias dicas antes de montar o roteiro.

    As informações abaixo são mais voltadas para SAN ANDRES.

    DICAS

    1) CAMBIO
    Troque dolares no Brasil e leve para cambiar com COP. Melhor lugar é na Wester Uniom ou Bancolombia. Na Wester Union quanto maior a quantidade melhor será o cambio. A taxa inicial no dia estava 2.760 troquei 700 dolares no primeiro dia e consegui 2930. Em cartagena e bogota o cambio tambem é bom. Evite as casas de cambio nos aeroportos. as taxas são as piores

    2) TARJETA DE TURISMO
    As companhias aereas quase obrigam os passageiros a comprar a taxa no check in. Vendem por 25 dolares. Acaba saindo bem mais caro. Diga que estará em conexão e compre quando chegar na ilha. Pagara 53.000 COP o que economizará aproximadamente quase R$ 30,00 pagando com Pesos Colombianos.

    3) HOTEIS

    Nao fique na parte SUL da ilha. Nao tem nada. Muito deserto, muito mato. A noite super escuro. Mesmo se conseguir preço melhor no hotel , tente ficar perto da Peatonal e praias centrais. Tudo ocorre naquela região. Restaurantes, lazer, movimentação e comercio. Ou então nas redondezas próximas a Avenida lãs Américas

    4) PASSEIOS

    Sem duvida alguma tem que alugar uma moto ou a mulle para percorrer em um dia na ilha. O passeio ao redor da ilha é indispensável. Para conhecer tudo, em 02 horas tranquilamente consegue passar nos principais pontos turísticos.
    Jonhy Cay, Acuario, West View, Mirante da Igreja Batista, La Piscinitta, Praia de San Luiz sem duvidas são os mais interessantes. Tem muitas opções também para pessoas que praticam mergulhos.

    Quando ir ate Johny Cay fica uma observação na saída e entrada no barco na ilha. O Barco não encosta direito e as ondas são bem altas. Eu mesma quando sai do barco pisei na água e a onda me jogou na areia. Levantei e um senhor caiu em cima de mim, também ao descer. Muito cuidado com crianças, mochilas e pessoas com dificuldade em locomoção.

    Outra observação é sair da ilha e almoçar no centro mesmo. Tem o retorno as 13:15h que é bem melhor que sair as 15h. O almoço na ilha é pequeno com poucas opções, custando 25.000 COP e os peixes tem muito espinhos.

    Achei que o tour das Mantarrayas não compensou. No aquário tem duas pessoas que traz as mantarrayas aproximadamente as 10:30h e ficam tirando fotos com os turistas. Então o custo para esse passeio achei desnecessário.

    5) ALIMENTAÇÃO

    Estive no Ber Station, El Coral, Juan Valdez, Pollo Kirikiki , Mister Morgan, Restaurante Tradição Islena, Subway, Sanduíches Qbano, Miss Célia, Café - Café e uma lanchonete próximo ao hotel GHL Sunrise.

    Ber Station
    Muito bom. Tem sanduíches e porções. Atendimento ótimo. Fica na praia de peatonal. No interior tem vidro com ar condicionado que fica de frente para praia, ótima opção para descansar e tirar fotos quando está alimentando. O preço varia muito, não é um dos mais baratos.

    EL Coral
    Vi vários em todas as cidades colombianas que passei. Em San Andrés fica ao lado do Ber Station na Peatonal. É uma hamburgeria com combos. Preço bem em conta e ótimas porções de batatas.

    Juan Valdez
    É uma rede, tipo quiosques. No Brasil lembra muito com a CASA DO PAO DE QUEIJO. Tem cafés, chocolate quente, bolos, sucos, croissant, palito que queijo, bolo de saia (muffin), cookies, cappuccino. Os preços não são tão baratos. È bom e o atendimento é excelente. O mais famoso fica ao lado do El Coral. Ideal para café da manha.

    Pollo Kirikiki
    Fica entre a Avenida Lãs Americas com a Calle 5 no meio da rua. Quase em frente ao Hotel El Caribe. Tudo tem frango. Muito bom. Preços baratos. Tem porções de batatas, arroz com feijão, saladas, peças de frango frito e file de frango e nuggets.

    Mister Morgan
    Localizado há um quarteirão do Hostel El Viajeiro. Porções de peças de frango, batatas, arroz, nuggets, pizzas. Muito bom também. O pedido é entregue com rapidez. As porções são fartas.

    Restaurante Trdição Islena
    Em frente ao Jano Pizzas. Próximo ao colégio batista e hotel Bahia sardina. Em preços foi o melhor de todos. Eles te oferecem uma sopa + prato principal + bebida. Preços entre 16.000 a 30.000 COP. Tem pratos executivos, peixes, carnes com acompanhados de batatas fritas. Atendimento é ótimo.

    Subway
    Tem dois. Um na peatonal (bem escondido) fica atrás do Sanduíche Qbano. E o outro na Carrera 1, ao lado da sede governo de Providencia y Catalina. Os preços são semelhantes ao do Brasil. Variam entre 7.400 a 11.800 COP (para sanduíches de 15cm). O que fica no centro é pequeno e fica cheio durante a noite.

    Sanduíches Qbano
    Os preços são mais baratos que o Subway. Não é tão bom. A maioria é feito com pão de hot dog. Fica quase no final da praia central. Subindo do lado esquerdo. Local pequeno.

    Restaurante Miss Célia
    Localizado na Carrera 05. Próximo a noche blanca. Atendimento péssimo. Local escuro, quente. Preços elevados. Pàra mim foi o pior de todos.

    Café – Café
    Está na peatonal em uma esquina. Próximo ao Hotel Decameron Isleno. Porções boas, pizzas e limonada de coco.

    Lanchonete próximo ao Hotel GHL Sunrise
    Não me lembro o nome. Fica na Av.Newbal no conjunto de lojas do prédio ao lado do GHL Sunrise hotel. Tem um ótimo café americano e expresso, preços baratos. Oferece combos para café da manha.

    6) TAXI

    Geralmente são velhos. Cobram entre 14.000 a 25.000 COP ate o hotel de hospedagem. Negocie antes a corrida. Porque eles costumam cobrar mais se não perguntar antes. Mostrem o endereço impresso ou no celular do hotel/pousada. Eles geralmente podem entender errado e deixam o passageiro em outro lugar. Brasileiros que encontrei no aeroporto me falou isso que taxistas deixaram em hotéis diferentes porque os nomes são bem parecidos. E pagaram taxis duas vezes para chegar na acomodação.

    7) ONIBUS
    Aconselho ficar próximo ao centro mesmo e não depender de ônibus. Vi poucos e em estado precários, lotados. A Maioria das coisas pode fazer a pé mesmo. A Ilha é pequena.

    8) ALUGUEL DE VEICULOS
    Melhor locadora sem duvida é a Millenium. Passei em outras seis lojas e o preço melhor foi na millenium em frente a boate coco loco. Tem carros mais novos. Atendimento excelente. Não aluguem o carrinho de golf. Ele é lento, barulhento e caro em comparação a mulle.

    9) COPA/LAN/VIVA COLOMBIA
    Utilizei as três companhias. Todas foram pontuais. A Copa me surpreendeu com a pontualidade e refeições. A Lan é mais confortável. A Viva Colômbia tem preço bom e aeronaves novas Fiquem atentos quem embarcar em Bogotá com bagagem de Mao na VivaColombia. Eles verificam com muito critério o tamanho da bagagem. Se não conseguir encaixar no compartimento de amostragem que possui antes de entrar no portão de embarque, cobram para despachar 50.000 COP. As filas no aeroporto de San Andrés e Cartagena são enormes. Poucos guinches para atendimento. Cheguem mais cedo para sair mais cedo. Em San Andrés o primeiro piso não tem ar condicionado. O calor é desagradável.

    Observação com a COPA. Quem utilizar ela fica atento com mudanças de horário. Uma semana antes de embarcar. Conferi no site e mudaram o horário de ida e volta em mais de 2h. Ou ligue na central de atendimento para confirmar. Tem uma situação desagradável que ocorreu, mais foi resolvida . Viajei com meu marido e filha. Estávamos com 02 malas grandes e uma de mao. Atendente de Guarulhos colocou as duas em meu nome. Retirei no Panamá e pernoitei la. No dia seguinte ao despachar. Eles queriam cobrar de mim. Porque as regras são diferentes. Então cada pessoa tem que ter uma bagagem despachada no Panama. Mostrei o localizador do meu vôo e disse que estava em conexão com pernoite. A atendente do Panamá chamou o gerente e assim me liberaram. Então, quando despachar as bagagens e quem for retirar no Panamá antes de chegar em San Andrés. Peçam no Brasil para colocar somente uma para cada pessoa. Pode ocorrer o mesmo que passei. Esperei uns 15 minutos no guinche do Panamá ate o gerente chegar.

    10) TEMPERATURA
    Sempre quente. Achei Cartagena bem pior. Em San Andrés usem muito protetor solar. Nas praias costuma ter o tempo mais fresco. Usem roupas mais leves e cores mais claras.

    11) SEGURANÇA
    Muito seguro em todas as cidades que passei. Em San ANDRÉS são muito receptivos com turistas. Fiquei perdida na volta com a mulle. Parei um posto policial e o guarda me explicou tudo com calma e ainda ligou para um outro posto seguinte pedindo para me parar e explicar o melhor direcionamento para chegar nos pontos que queria. Achei sensacional atenção recebida.
    Em Bogotá também são ótimos. Precisei de taxi no centro e chamaram, pararam o taxi e ainda pediram os motoristas para ligar o taxímetro Cartagena não vi tanto. Mas, é bem segura.

    12) POPULAÇÃO EM GERAL
    Em San Andrés o comercio, os nativos e hotéis são ótimos. Atenciosos, alegres e bem afetivos. Em Cartagena são menos afetivo que San Andrés, mas atenciosos. Em Bogotá os hotéis e nos pontos turísticos são pacientes. A população em si nas ruas são mais reservadas e não conversam muito. Mesmo assim não chegam ser educadas. Pelo contrario, tudo que perguntarem eles esforçam o maximo para corresponder.

    13) COMPRAS
    Fui em algumas lojas. A LaRivieira a mais famosa de todas. Tem preços bons para maquiagem e perfumes. No mais não vi diferenças expressivas em relação ao DUTYFREE.
    A JR recomendo para doces, batatas pringles, balas importadas e colombianas e m&m’s. Preços razoáveis. Duas lojas próximas a peatonal e centro comercial.
    Roupas são caras e não sei dizer da qualidade. Calçados: acho que tem muita falsificação para os masculinos como a NIKE. Meu marido reclamou quando calçou um e não levou justificando da qualidade e costura. Shampoos, cremes para o rosto e mãos tem promoções de 3, 5 e 8 quantidades com preços a partir de 20.000 pesos. Todos importados. Melhores preços na Perfumaria Paris e na 5ta.Avenue, na mesma rua que partindo da praia central saindo do EL Coral.

    No mais, acho que não compensa fazer compras na ilha. Tem o risco de falsificação de alguns produtos. Brasileiros que encontrei no centro comercial me alertavam que perfumes e eletrônicos tinha muita falsificação.

    14) SUPERMERCADO
    Use e abuse dos supermercados. O maior que achei foi o Super Êxito. Na rua abaixo da delegacia de policia da ilha. Tem bons preços para água, sucos, cerveja, bebidas em geral e comidas congeladas. Bolachas e Achocolatados são caros. Um nesquik estava mais de R$ 14,00. Um Wafer Bauducco mais de R$ 5,30. No mais o restante achei barato. Para quem deseja fazer refeições no hotel é vantagem levar itens dos mini supermercados ou do super êxito e super nosso (maiores da ilha). Funcionam no maximo ate as 20h

    15) APARENCIA DA ILHA
    Não é tão bonita estruturalmente. Tem lixos na rua, resto de construção, passeios quebrados.
    Na parte SUL. Ainda é pior. Casas e construções inacabadas e abandonadas. Acumulo de lixo nas partes externas. Casas com telhados de madeira e tijolos soltos. Portas de casas furadas e remendadas com plásticos e resto de construção. Não imagine uma ilha luxuosa e com imagens internas de construções novas.
    O que surpreende é a simpatia do povo, cor da água, as praias em geral de san Luis, johny cay, rock cay. Quando chegar de avião pegue o lado direito para fotografar, é muito linda a vista do alto. Mesmo assim, vale muito a pena. O lugar é tranqüilo, tem um ótimo custo com alimentação, passeios, hospedagem.
    Em comparação a outros lugares do Caribe é o mais barato.

    Estou a disposição de todos aqui ou por e-mail (ma.amelia.santos@gmail.com) para esclarecimento de duvidas facilitando a programar sua viagem.

  • Yepen Duarte Guga    há mais de 4 anos Balloon-quotation

    caramba.... adorei o post... estou querendo ir pra san adres e cartagena... tb qria saber quanto tempo ficar em cada lugar?

  • Missing Andre Hanesaka    há mais de 3 anos Balloon-quotation

    A Ilha é maravilhosa, mar surreal e bons preços na grande maioria dos casos. Apenas algumas observações:

    1) Existem muitas praias onde alugam tendas, tipo guarda-sol. Principalmente na praia do centro (Spratt Bight), evite alugar. Os preços são caros e não compensa! Tente encontrar uma sombra embaixo de algum coqueiro, que aliás tem vários;

    2) Os nativos não são tão receptivos quanto em outros lugares do Caribe. São educados, mas nada além disso. Por ser um lugar que depende do turismo, esperava mais nesse quesito;

    3) Se possível alugue uma bike por um dia para conhecer algumas praias da ilha. Percebi que os ciclistas são bastante respeitados no trânsito, até mais do que os pedestres (por incrível que pareça!).

Enviar Comentário